sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Até comigo a treinador, só temos uma obrigação para amanhã:

GANHAR !


E não vai ser nada fácil.

Porque, por um lado, nós não estamos bem.

Porque, por outro lado, eles são sempre um adversário difícil e bem orientado (o Daúto monta boas equipas e, além disso, complica-nos tradicionalmente muito a vida, desde os tempos do Estrela da Amadora).


Mas com o plantel que temos - dos melhores de sempre -, com a fúria que seguramente vamos demonstrar para limpar a péssima imagem de Chipre, com o nossa imprescindível vontade de vencer, só vislumbro um resultado. A vitória.


Acredito que VP não faça grandes alterações ao onze que jogou em Chipre, a não ser talvez Fucile/Sapunaru, Walter/Kleber e James/Varela.


Mas, mais importante que os jogadores, são a confiança e a atitude. Venham elas !

3 comentários:

O Situacionista disse...

Ah, só tenho pena que o jogo seja tão longe, porque de outro forma tudo faria para lá estar a apoiar.

Fanático disse...

Éramos dois!

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Após uma semana de muita revolta e tristeza por parte de nós adeptos, todos nós ansiamos que a equipa, que tem o orgulho ferido, dê uma resposta dentro de campo.
Espera-se uma exibição consistente que permita a conquista dos 3 pontos diante de um adversário muito bem orientado pelo Dauto.

As declarações do empresário de Guarin dão a entender que além da má preparação física e táctica da equipa, o treinador não tem "mão" em alguns atletas que pensam que são mais do que aquilo que são.

Era de esperar que um treinador que na época passada por ser adjunto era confidente dos atletas, seja alvo de abuso de confiança por parte dos mesmos.

Esperamos profissionalismo por parte dos jogadores.
A glória é efémera. Tudo o que conquistaram perderá significado na memória colectiva se os resultados actuais envergonharem o clube.

Vamos ver se é desta que acordam pra vida!

Abraço e bom fim de semana

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.com