segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Futebol de pequeninos !



Lamento, mas concordo.
 
E nem o facto de os antiportistas terem ficado .... EUFÓRICOS ... por termos ... empatado ... na casa deles ... me alivia a dor.
 
E se calhar, a corja, sem querer - de tão estúpida que é -, até nos está a fazer um favor. Mas têm razão.
 
Ver um jogador da qualidade de Herrera parecer que não sabe o que é uma bola é assustador !
 
E não pode ser só culpa dele. Não pode. Não pode mesmo.
 
A não ser que seja um Kleber II.
 
Mas se não for, a culpa tem de ser da falta de capacidade de ... libertação. E essa capacidade só o treinador pode ter. Ou não.
 
Depois insistir na duplo pivot defensivo não é normal. Até podia ser teimosia. O que eu aceitava. Mas não me parece.
 
Diria que é ... receio ! A tal estratégia "cautelosa".
 
E sendo-o, quem fica borrado de medo ... sou eu.
 
A tal ponto, que sou forçado a concordar com o Soldado. A jogar "cautelosamente", corremos o risco de perder o campeonato no antro de podridão daqui a 15 dias.
 
E isso deixa-me em polvorosa.
 
Porque ter medo NÃO FAZ PARTE DO ADN PORTISTA.
 
 
 
 
Perder e ganhar é futebol, ter medo é ANTIPORTO !
 
E essa atitude NÃO ACEITO !
 
E, por isso, vou acreditar que PF quer ser feliz. E vai-se deixar de estratégias cautelosas que não nos levam a lado nenhum.
 
O momento está aí à porta.
 
Depois ... já é tarde.
 
SOMOS PORTO

 
 
P.s. - VP tinha muitos defeitos, mas tinha esta excelente qualidade - contra os vermelhos entendia que quem tinha de se vergar eram eles. E por isso nunca perdeu um jogo para o campeonato.

domingo, 29 de dezembro de 2013

Quando o nosso guarda-redes é de (muito) longe o homem do jogo ...

... está tudo dito sobre a única equipa que podia ter ganho o jogo de hoje.
 
 
 
 
Infelizmente, não era a nossa.
 
E, mais do que o resultado, a qualidade do nosso futebol dá que pensar ...
 
 
SOMOS PORTO
 
 
P.s - Gostei de ver Ghilas.
 
P.s. 2 - Como estava com fome de bola também vi o Estoril-Braga. E o Estoril, mesmo perdendo, dá gosto ver jogar.  

Não tenha medo de ser feliz



É o meu conselho a PF para a segunda metade da época.


SOMOS PORTO
 
P. s. - Parece que Ghilas vai ser titular logo. Muito bem.

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

domingo, 22 de dezembro de 2013

Palavra de capitão



É legítimo os adeptos (especialmente os divisionistas) ainda terem muitas reticências sobre as capacidades de PF.
 
Mas é obrigatório que os jogadores, independentemente do nome do treinador, estejam sempre com ele.
 
Muito bem, capitão. 


SOMOS PORTO

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Temos tanto para melhorar ... e tanta margem para isso ...

Jogamos com apenas um trinco.
 
Jogamos com 2 extremos (não vem ao caso, se com os indicados).
 
Jogamos como temos de jogar. Para GANHAR.
 
E marcamos, mais uma vez, de bola parada. Muito importante.
 
 
O defesa esquerdo, Mangala, foi muito mais ofensivo que o direito, Danilo.
 
Aliás, gostaria de dizer que se Alex Sandro não se põe a pau - e o Alex tem jogado muito, muito pouco - não sei não ...
 
Kelvin tem de estar, pelo menos, sempre no banco.
 
Ghilas, lamentavelmente, ainda não foi desta que somou tempo de jogo. O que não se percebe. Até porque o Olhanense tem dificuldade em acertar 3 passes seguidos.
 
Luxo está cansado. Herrera à espreita.
 
Mas, finalmente, parece que começamos a ter uma ideia de jogo mais consolidada. PF, aos poucos, vai percebendo os  sinais e vai ajustando em conformidade.
 
Sobre Carlos Eduardo ainda não vou falar. E só o farei, se for o caso, depois do jogo no antro de podridão.
 
 
SOMOS PORTO

Mensagem perfeita

PF decidiu convocar "apenas" 4 defesas para o jogo de logo à noite contra o Olhanense.
 
Antes do jogo, avanço já - FANTÁSTICA DECISÃO.
 
E o melhor de tudo é a mensagem que esta decisão passa, ou seja, vamos jogar em casa contra uma equipa que nos é muito inferior e temos de ganhar. Dê lá por onde der.
 
Portanto, não podemos facilitar.
 
Carne toda no assador. 
 
 
Ganhar!
 
Ganhar !
 
Ganhar!
 
 
SOMOS PORTO

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

4 MILHÕES / ANO

333.000,00€/mês
83.000,00€/semana
12.000,00€/dia...
 
 
 
 
 
Quem pode, pode (pág. 3) !
 
E não me refiro a quem tem a sorte de o receber ...
 
Embora, confesse, na minha opinião, modesta é certo, é dinheiro bem gasto ! E merecido ! Basta ver o que estes senhores têm valorizado os nossos títulos ...

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Notas da Vila

Fernando, mais ou menos adiante, Luxo e, à frente deste, Carlos Eduardo. Negócio fechado. Não se fala mais nisso (entretanto, podem entrar, para o meio, Defour, Herrera, Josué e Quintero).
 
Varela, decisivo a partir a defesa vilacondense (não, Nuno, o teu defesa não escorregou, ficou foi com os rins desfeitos ...).
 
Carlos Eduardo fez-me lembrar alguém, que nem me atrevo, para já, a dizer quem. E mais ainda depois de ouvir o presidente do Estoril dizer que ele padece(u) de deslumbramento.  
 
Mas uma coisa é certa, se custou 1M de euros é mais um claro sinal dos comissionistas da SAD. 1M de euros, que loucura !!!!!
  
Veremos se o Ghilas não terá sido outro sinal do mesmo. Por falar em Ghilas, notável como o ponta de lança suplente do nosso clube só terá jogado este ano, no campeonato, um total, sei lá, de 45 minutos. Se tanto. Como é possível ???
 
E, sim, Soldado, penso que em muitos jogos, especialmente contra equipas mais fechadas, Ghilas deveria ser titular jogando como um falso ala (embora o que não possa voltar a acontecer é colocar na ala um médio centro).
 
 
 
 
Mas jogue a titular ou não, uma coisa é certa, PF tem de rever os tempos de utilização do argelino.
 
Já tinha saudades de ver a alegria (*) em campo. Sim, Kelvin. Este menino tem de andar sempre por ali. 
 
Sendo certo que muitos jogadores podem e devem fazer uma perninha na equipa B. Como sucedeu com Herrera, Kelvin e Carlos Eduardo. E Reys. E ontem Quintero.
 
Por falar na B, há lá um case study. Kleber. É uma situação que devia ser analisada por psicanalistas. O rapaz não consegue acertar com a baliza. Mesmo sem guarda-redes. Será que alguma vez vai conseguir resolver o problema ? E resolvendo tornar-se-á um pesadelo para os guarda-redes ?  E ser-nos-á ainda últil ? Veremos.
 
 
SOMOS PORTO

(*) - Por falar em alegria:

 

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Oportunidade

Declaro já o meu apoio incondicional à contratação imediata de AVB!


Desde que ele saiu do clube que não jogamos nada.

domingo, 15 de dezembro de 2013

Só os inteligentes mudam !

Os meus parabéns a PF.


(frase dita há cercas de duas semanas por PF, mas que quis chamar agora à colação)


Durante a semana, direi mais coisas - e há muito mais a dizer - sobre o jogo de hoje, mas agora vou apenas terminar com um sonoro:

 
SOMOS PORTO

sábado, 14 de dezembro de 2013

Na Vila, ou vai ou racha ...



Dizer isto que PF disse depois de uma derrota contra os B´s do Atlético que jogaram em passeio, é esticar a corda ao máximo.
 
É que PF sabe que igual exibição, com perda de pontos, contra o Rio Ave, será MORTAL !
 
A corda pode "rachar" ...
 
Quero acreditar que, no entanto, "vai" ...
 
 
SOMOS PORTO
 
 
P.s. - O meu onze para amanhã:
 
-  Helton,
-  Danilo, Ota, Maicon e Alex,
 - Fernando,
 - Luxo e Carlos Eduardo;
 - Varela, Jackson e Ghilas.
 
 
P.s. 2 - Depois de ver o penalti dos verdes que deu origem ao primeiro golo deles hoje, passei a considerar que são candidatos ...

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Falar grosso

Pode parecer paradoxal. É mesmo paradoxal. E, ainda assim, é correcto.
 
PF sabe da importância de respeitar o balneário.  E que no dele tem jogadores que têm um prestígio que PF ainda só vislumbra muito ao longe.
 
Depois, o estilo de PF não é de criar rupturas. Defende a proximidade com os jogadores e causa-lhe impressão críticá-los.
 
Também porque tem noção da sua inexperiência, e do quão mortal seria perder o balneário.
 
O problema é que o momento é de ... rupturas. Ou vai ou racha.
 
Não adianta estar a pensar que se perde o balneário, quando não ganhar o jogo é muito mais grave.
 
O que vieram dizer Fernando e Luxo devia ter sido dito por PF. Mas como este não o diria, os jogadores avançaram.
 
E bem, muito bem, na minha ideia. Embora não fosse a eles que competia.
 
Mas uma coisa teve de formidável:
 
Agora, PF já deve ter percebido que, por vezes, os próprios jogadores querem alguém que também saiba, nalguns momentos, falar-lhes grosso.
 
Sem que isso signifique falta de respeito, mas sim forma de MOTIVAÇÃO. 
 
No domingo, na Vila, é muito clara a mensagem  - NINGUÉM PODE FALHAR.
 
Nem jogadores, nem treinador.
 
Quem falhar, NÃO PODE DIZER QUE NÃO ESTAVA AVISADO !
 
 
 
 
Isto é muita pressão ?
 
 
Claro que é, e ainda bem. Ou se sabe o que é o FC Porto ou é melhor ficar em casa.
 
Tenho muita pena de não poder ir à Vila apoiar os nossos jogadores e o nosso mister.
 
Tragam a vitória !! 
 
 
SOMOS PORTO

Penalti a nosso favor

Jackson, Luxo, Danilo e Josué, falharam. Nunca vi, que me lembre, nenhum dos outros marcar.
 


Quem marca o próximo ?
 
É que se for na Vila, a adrenalina vai estar no máximo.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Não demos luta

Perdemos contra o Atlético B, com eles a jogarem em ritmo de treino.
 
Jogamos tanto como eles, ou sejam, quase nada. Ainda assim, eles marcaram dois golos e nós nenhum.
 
Nem penaltis conseguimos marcar. E, atenção, não culpo o pobre Josué que, ainda para mais, na ala, já está sacrificado que chegue.
 
Penso que a culpa está na MENTALIDADE ! O que é preocupante. E já vem de trás ...
 
Mas hoje ficou visto que não tínhamos estaleca para a champions.
 
Centremo-nos no campeonato e nesse terrível jogo em Vila do Conde. 
 
 
SOMOS PORTO

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Vencer em Madrid

Não podemos regredir. Depois da segunda parte contra o Braga, é proíbido repetir a primeira. E, quando assim é, nada melhor do que um jogo de dificuldade máxima.
 
Depois do mérito de todos no último sábado, onde inevitavelmente se tem de incluir o treinador, este precisa de manter o rumo que ali foi esboçado.
 
Mais ainda porque só vencendo temos hipóteses de continuar na champions.
 
Depois, neste momento, passa-se um fenómeno interessantíssimo - os divisionistas entendem que a vitória sobre o Braga foi apenas fogo de vista.
 
Sem qualquer mérito do mister. Como se irá, infelizmente, comprovar em Madrid e, logo depois, em Vila do Conde. Dizem eles. Ainda segundo os mesmos, contra o Braga, PF teve a sorte de ver Luxo lesionar-se.
 
E como só tinha um suplente no banco, qualquer um tinha apostado em Carlos Eduardo ... e conseguido a motivação que todos trouxeram na 2.ª parte. Digo-lhes eu ! 
 
São leituras. Ambas legítimas.
 
 
 
 
Eu, com o excelente plantel que temos, e sem desculpas, considero perfeitamente possível vencer um excelente At. Madrid, orientado por um grande treinador.
 
Para 4.ª feira, com Luxo em dúvida e sem podermos contar com Carlos Eduardo, o meio campo tem de ser 1x2, jogando, na provável falta do comandante, Fernando (6), Defour (6/8) e Herrera (8).
 
E o ataque Varela, Jackson e Licá (que vai recuperar em Madrid a qualidade perdida; além do mais, colocar Josué na ala é jogar com 10 mais um espectacular marcador de bolas paradas; ora, temos de jogar com 11 e em Madrid não é o jogo indicado para o português).
 
 
SOMOS PORTO 


ADITAMENTO:
 
 
 
Li agora que Luxo vai a Madrid. Assim sendo, como é um jogo à medida do capitão, sai Licá, entra Luxo.

sábado, 7 de dezembro de 2013

Para homens de barba rija

 
 
Quando a bola queima, só os mais fortes conseguem sobreviver.
 
E dizer presente.
 
Foi o que aconteceu hoje ao FC Porto.
 
Parabéns aos jogadores e ao treinador.
 
A ATITUDE esteve lá.
 
E com ela obtiveram uma vitória muito importante.
 
Claro que há ainda muita coisa a melhorar, mas hoje o fundamental foi feito. E com todo o mérito.  
 
Agora, em Vila do Conde, há que confirmar a retoma.
 
 
SOMOS PORTO
 
 
P.s. - Os divisionistas é que têm sorte. Podem zurzir no treinador como se não houvesse amanhã e festejar como se fossem ... situacionistas. É tirar a sorte e a terminação. No fundo, é a magia do futebol ... 

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Alerta aos jogadores do Futebol Clube do Porto:

Na minha opinião, temos um plantel equilibrado que permite formar um ONZE de muito boa qualidade. Admito que falte apenas um ala. E, agora, sem Fucile, será aconselhável mais um lateral.

 
Por isso, em Coimbra, por muito que gritem os divisionistas contra o treinador, de uma coisa estou certo – há culpa também dos jogadores.

 
Não foram os principais culpados, mas têm a sua quota parte. 

 
Aqueles jogadores, com aquela categoria, não podem, não podem de todo, fazer aquele jogo. Mesmo que lá não estivesse qualquer treinador. Mais, mesmo que não tivessem tanta qualidade.

 
Até porque, além da categoria, já deram no passado mais do que provas do carácter que possuem.
 
Daí que, custe mais a engolir Coimbra.
 
Convém, portanto, no sábado, que deem à perna e que joguem, pelo menos, os mínimos do que sabem e podem.
 
Relembro que a responsabilidade por este momento também é deles.
 
E nunca se esqueçam de uma coisa – os portistas perdoam tudo, menos FALTA DE ATITUDE !
 
E, claro, sábado tem de ser só o início de um novo alento porque logo a seguir temos de vencer também em Madrid e em Vila do Conde.
 
 
SOMOS PORTO
 
 
P.s. - Com Fernando impedido de jogar e pretendendo PF insistir no 2x1 no meio campo, penso ser preferível jogar Luxo e Defour e, mais adiantado, Josúe, Quitero ou Carlos Eduardo. 

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Todos os dias duvido das minhas capacidades


O jogo de Coimbra foi riquíssimo. Para além de termos assistido à pior exibição (de que tenho memória) da equipa de futebol do FCP, tivemos o privilégio de ouvir uma "pérola", proferida por aquele treinador que, de forma coerente e consistente, conduz as equipas que orienta ao terceiro lugar dos campeonatos.

"Eu nunca duvidei das minhas capacidades".

Não sei se o arquiteto que fez este prédio, disse o mesmo:


Queria deixar claro o seguinte: eu, pessoalmente, coloco em dúvida as minhas capacidades todos os dias. A nível profissional, qualquer pessoa que queira melhorar tem de o fazer. A humildade é fundamental, no processo de aprendizagem contínua das nossas vidas.

É também por isto que subscrevo, na íntegra, a opinião de Manuel Serrão, publicada no Jornal de Notícias (admitindo que a minha capacidade de julgamento não seja a melhor): Paulo Fonseca é um monumental "erro de casting".

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Como não pode deixar de ser

Há um princípio sagrado no FC Porto. O clube é dirigido de dentro para fora e não de fora para dentro. Felizmente.
 
O que quer dizer que enquanto o responsável máximo entender que o treinador tem condições, fica. Independentemente da contestação, maior ou menor, que possa existir por parte dos adeptos.
 
Digam os divisionistas (*) aqui do blog o que disserem.
 
Quando e SE se verificar que não há condições, então o NGP trocará de treinador.
 

 








Visto de fora, a minha opinião é só uma - neste momento o treinador tem TODAS as condições para se manter.
 
Digo mais - e continuará a tê-las seja lá qual for o resultado de sábado. Tem é de haver ATITUDE da equipa.
 
Repito, digam lá os divisionistas o que dissererem. 
 
Sábado, lá estarei a apoiar. Ao lado dos divisionistas ! Que sorte a minha ...
 
 
SOMOS PORTO
 
 
(*) - O futebol, como a vida, de que o primeiro necessariamente faz parte, tem enredos que não nos podem passar ao lado.
 
Vem isto a própósito do seguinte: corria o ano 2004 quando um grupo de amigos que partilha(va)m uma grande paixão decidiu começar a debater, entre si, via e-mail, todas as incidências desse grande amor que os unia, o Futebol Clube do Porto.
 
Nessa altura, como agora, o treinador (Vitor Fernandez) era contestadíssimo. Como agora, eu defendia a continuação do treinador. Os meus amigos a sua imediata demissão.
 
Vai daí, surgiram os divisionistas e o ... Situacionista. Como já em 2011 aqui tive oportunidade de contar.
 
Curiosamente, Vitor Fernandez foi demitido depois de um jogo no ... Dragão, contra o ...Braga, treinado por  ... Jesualdo Ferreira. Perdemos, creio que, 1-3. E não fomos campeões. "Apesar" do título MUNDIAL !
 
 
SÁBADO VENCEREMOS !

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Autoconfiança ou Insconsciência?

(foto "roubada" do Facebook do "Memes da Bola")

Não sei qual é a vossa opinião, mas parece-me que o cão não está a duvidar minimamente das suas capacidades...

sábado, 30 de novembro de 2013

Não tem que enganar

Perdemos.
 
Foi justo.
 
Não jogamos nada. Nadinha.
 
Ainda assim, acreditei até aos 94 minutos que íamos ganhar.
 
Perdemos.
 
Tenho o telemóvel carregado de sms´s a dar cabo de mim pelo apoio que tenho dado ao PF. Não estou a mentir se falar em mais de 10 mensagens.
 
E apetecia-me não estar aqui a ter que reconhecer que ... não jogamos nadinha.
 
Ainda por cima, perdemos.
 
Estou de rastos.
 
 
 
 
Mas pela primeira vez vi o PF analisar devidamente o que se passou em campo.
 
Eles foram melhores. PONTO.
 
Não há postes, barras, penaltis falhados, ... não, eles foram superiores.
 
Perdemos.
 
E agora ?
 
Agora ... Agora,  temos de ganhar ao Braga.
 
Meu caro PF, se não houve determinação e agressividade, é simples: há que colocar em campo quem a tenha ! Uma e outra !
 
Seja lá quem for.
 
De outra forma, o responsável, saberemos quem é ...
 
 
SOMOS PORTO
 
 
P.s. - Por favor, não leiam isto como sinal de procura de um bode expiatório, porque nada tem a ver com isso, mas faz-me muita confusão ver o Alex Sandro andar a pastar em campo ....

P.s. 2 - Lamento, mas, para mim, trocar de treinador, neste momento, seria um grave erro. Aceito que possa não estar certo, mas é esta a minha opinião. E nunca temo partilhá-la.

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

A regra, a excepção e a tarimba

Ontem, o Eterno chamou-nos a atenção para a importância das contas na vertente do tremendo prejuízo que o nosso treinador já nos causou com a (falta de) qualidade do futebol que a equipa vem praticando.
 
Sim, as contas são importantes, mas valem o que valem. Digo eu.
 
E não estou a desvalorizá-las. Aliás, eu também resolvi fazer contas.
 
E os resultados das minhas contas são os seguintes: 120 - Y = ZERO.
 
Passo a explicar: em 120 anos de existência, nunca o factor Y (demissão de treinador durante a época  - e várias aconteceram -) culminou com a conquista do título no final dessa mesma época.
 
Temos, portanto, que a regra não deixa margem para dúvidas.
 
Ou seja, pelas contas, é impensável demitir o treinador.
 
Devo, no entanto, reafirmar, que não é esse o meu entendimento.
 
Não, não estou a defender o que todas as regras têm, leia-se, excepções.
 
Estou apenas a tentar dizer que, apesar das contas, não perfilho da ideia de que é "impensável deixar cair o treinador".
 
Apenas que, neste momento, tal cenário nem sequer deve ser equacionado.
 
Por isso, não tenho dúvidas que só um erro de palmatória do NGP pode dar vida a essa hipótese.
 
De facto, alguém com a experiência e a tarimba do nosso presidente, seguramente que só pensa num único cenário:
 
VENCER EM COIMBRA !
 
 
 
E depois contra o Braga.
 
E assim sucessivamente.
 
E se tal não suceder vai sentir que a culpa é dele - NGP - e que, como tal, tem dar ainda mais apoio ao mister e colocar toda a malta a esforçar-se mais ainda para regressar às vitórias e lutar pelo título.
 
Portanto, a missão é só uma - VENCER EM COIMBRA !


SOMOS PORTO

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Impensável, não é, insensato, seria !



Além do mais, meu caro VP, acabaste de perder a oportunidade de ter um cartaz assinado pelo Eterno e pelo Soldado ...

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Reforço para janeiro

Ora aí está um bom reforço para janeiro:

http://www.theguardian.com/football/2013/nov/26/andre-villas-boas-tottenham-manager

Se ele ficar desempregado nesta altura em que estamos sem treinador...

P.S. - Situacionista, vai preparando o cartaz para o "homem da cadeira de sonho"

4 pequenas sugestões a PF:

- Deixe cair o duplo pivot defensivo;
- Desista de Josué na ala; ou no centro do terreno ou no banco;
- Tenha sempre um avançado no banco (seja Ghilas, seja Kleber, seja Caballero, seja André Silva, seja quem for ...);
- Não prescinda de Kelvin nos 18 e inscreva-o na europa em janeiro;
 
E já agora, mais uma  - não se exponha da forma ingénua como o fez ontem no final do jogo. Não lembra ao diabo ter-se deixado ficar para último a sair do relvado ...
 
E toca a ganhar em Coimbra !
 
 
SOMOS PORTO

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Exigência versus insensatez

Exigência, sim.
Muita, melhor ainda.
Máxima, perfeito.
Mais do que todos os outros, fantástico.

Foi assim que chegamos onde chegamos.
É assim que queremos continuar.
É assim que vamos seguir o nosso caminho.

Quem dá tudo pela equipa, tem direito a dela exigir em igual medida.

Sucede que, por vezes, quem tanto dá, perde a noção do que pode, e mais grave, deve exigir.

E pensar que se pode, pior, deve exigir, neste momento, a substituição do treinador, é cair num terrível e grave erro de avaliação.

Na perspectiva de quem decide, seria, desde logo, má gestão. Até mesmo gestão danosa.

Na perspectiva do adepto, é insensatez.

É pois fundamental saber equilibrar e potenciar ao limite a exigência, sem nunca perder de vista a sensatez.

E quando eu constato que até boa parte dos meus bons amigos aqui da confraria cometem esse tremendo erro, conhecendo-os eu como conheço e sabendo bem do seu modo equilibrado de estar e pensar, mesmo no que diz respeito ao futebol, tenho de concluir que só a sua paixão cega pelo nosso Futebol Clube do Porto é que pode explicar o afastamento da sua habitual clarividência !

Aliás, como bom exemplo, parece-me que para eles, e para a maioria da nossa família azul e branca, há dois dados objectivos:

Um, jogamos mal há dois anos e meio;
Dois, o responsável é o ... PF;

Ou seja, faz-se uma associação temporal a um período por eles entendido como de futebol desagradável e responsabiliza-se o actual treinador - há escassos meses ao comando  - pela totalidade daquele espaço de tempo.

Vai daí, dois anos e meio é tempo demais ! Rua com o treinador !
 
Como se a mudança de chip fosse fácil e imediata.
 
Para mais de alguém que chegou a um porta-aviões, vindo de um bote (Aves) e de uma fragata (Paços), e sem qualquer experiência anterior a nível de grandes clubes.
 
E como se o NGP fosse contratar um treinador sabedor de todos estes aspectos e, depois, lhe fosse exigir que tivesse aquela experiência.
 
E não digo nada disto por estarmos a protestar como se não houvesse amanhã apesar de estarmos em primeiro no campeonato e ainda com, ténues é certo, mas reais, esperanças na champions.
 
 
 
 
Não, apenas o faço porque, neste momento - e não sai se em Maio vou estar ou não feliz -, me parece claramente despropositado, sequer, falar em tal cenário (saída do treinador).
 
Por isso, exigência, sim, mas com clarividência.
 
E agora vou mas é concentrar-me no jogo de logo onde penso estar no Dragão a apoiar. Independentemente do resultado - que já se saberá - da Rússia.
 
 
SOMOS PORTO
 
P.s. - Eterno e Soldado, não esquecer o cartaz... 
 

domingo, 24 de novembro de 2013

O cadeireiro é que é bom ...


 
Já sei que este post é um disparate porque bom, bom, mesmo bom, era o VP. 
 
Por falar em VP, será que o Eterno e o Soldado já têm o cartaz pronto ?
 
Com isto, não quero dizer que o PF não preciso de melhorar. E bastante. Mas daí a  demitir o treinador ... nem quero pensar o que vai ser quando o NGP deixar o clube daqui a 25 anos ...
 
 
SOMOS PORTO
 
 
P.s. - Esta semana, aproveitando o nome do adversário que nos calhou no sorteio da taça de Portugal, vou ver se faço um post sobre algo que aconteceu há uns anos, depois de sermos eliminados precisamente pelo Atlético.