domingo, 29 de dezembro de 2013

Quando o nosso guarda-redes é de (muito) longe o homem do jogo ...

... está tudo dito sobre a única equipa que podia ter ganho o jogo de hoje.
 
 
 
 
Infelizmente, não era a nossa.
 
E, mais do que o resultado, a qualidade do nosso futebol dá que pensar ...
 
 
SOMOS PORTO
 
 
P.s - Gostei de ver Ghilas.
 
P.s. 2 - Como estava com fome de bola também vi o Estoril-Braga. E o Estoril, mesmo perdendo, dá gosto ver jogar.  

4 comentários:

Nightwish disse...

Não era suposto a outra equipa jogar alguma coisa para merecer ganhar?

Eterno Dragao disse...

Quando O Situacionista diz isto, está tudo dito. Estarei a detetar algum divisionismo?

O Soldado Azul disse...

De facto, é um autêntico sofrimento ver a nossa equipa jogar...
Antevejo, com este fraco nível exibicional... muitas dificuldades na Luz...

Tiago Stuve Figueiredo disse...

Meus caros,

Voltou o duplo pivot. Com Lucho ainda se disfarça, uma vez que ele é muito forte tacticamente.

Foi mais uma exibição demasiado fraca. Enfim...

Para isto jogava-se com os menos utilizados, agora com uma única alteração nos jogadores de campo, não se admite.

O que mais me deixou preocupado foi, para não variar, a flash interview. Como é possível dizer que o resultado se aceita, que utilizámos muitos jogadores novos e que fomos a jogo com muitas cautelas? Qu'esta **rda?

cumprimentos

Tiago Stuve

http://opequeestamaisamao.blogspot.pt