terça-feira, 31 de março de 2009

Será que o Luisão vai parecer supersónico ?

Depois de terem faltado ao jogo treino no fim de semana que passou, ontem não treinaram e hoje o
.

Treino (está) em stand by
JÁ ESTÁ COM UMA HORA DE ATRASO

O treino do E. Amadora estava marcado para as 16 horas mas os jogadores continuam sem subir ao relvado. Desconhece-se se a sessão de trabalho desta terça-feira ainda se vai realizar
.”
(Record)



Percebo totalmente os motivos (absolutamente legítimos) dos jogadores, agora não me parece é que esta seja a melhor forma de manifestarem a sua indignação por tamanha vergonha directiva.

É que por este andar vão defrontar no próximo fim de semana os vermelhos sem terem treinado durante a semana.

Já estou a ver o Luisão parecer um F1…

Espero bem que se a situação dos salários em atraso continuar, o que desejo bem que não aconteça, contra o FC Porto (ainda vamos ter dois jogos com o Estrela), por uma questão de igualdade, também se recusem a treinar…
.
.
.

ADITAMENTO:

"Jogadores recusaram regresso aos treinos
MARCO PAULO JUSTIFICOU POSIÇÃO DE FORÇA

O treino que estava marcado para as 16 horas desta terça-feira não se realizou e os jogadores já abandonaram mesmo as instalações do clube da Reboleira. O capitão Marco Paulo justificou a posição de força com o facto de as expectativas de receber parte dos salários em atraso não se terem confirmado.

"Decidimos não treinar em virtude dos problemas que afetam o clube. Estavamos à espera de uma resposta e como não apareceu, decidimos manter a decisão.

Tínhamos a perspectiva de receber hoje uma verba, o que não aconteceu", explicou o veterano médio dos tricolores aos jornalistas.

De qualquer forma, Marco Paulo garantiu que a presença no encontro com o Benfica, a realizar no domingo, não está em causa.

"A situação não nos agrada. Preferíamos estar a treinar e a preparar o próximo jogo, mas não colocamos a hipótese de falhar o jogo com o Benfica. Vamos esperar que amanhã ou depois haja novidades", acrescentou o capitão do Estrela.

Naquele que seria o primeiro treino da semana, apesar de Lázaro e restante técnica terem estado no relvado para dar início ao trabalho, os jogadores não apareceram, mantendo-se reunidos no balneário.

Recorde-se que a equipa amadorense tinha marcado um particular com o Estoril-Praia na passada sexta-feira, mas o plantel decidiu não comparecer. Ontem também não houve treino e Vidigal afirmou que podia "haver notícias nos próximos dias”
(Record)

segunda-feira, 30 de março de 2009

Abril, jogos mil...

8 jogos – o que dá uma média de 1 jogo por cada 3,75 dias.
Campeonato, seguramente, 4 - Guimarães (F), Estrela (C), Académica (F), Setúbal (C).
Champions, possivelmente, 3 - Man United e, se passarmos, 1ª mão das meias finais.
Taça de Portugal, seguramente, 1 - 2ª mão da eliminatória com o Estrela.

Ainda para mais vamos começar este ciclo demolidor com o problema do desgaste físico e/ou psicológico dos internacionais (Bruno Alves, Rolando, Meireles, Sapunaru, Luxo, Lisandro e Rodriguez). Para piorar o cenário, os sul americanos (Luxo e Rodriguez – Lisandro está castigado), só regressam na próxima 5ª feira. Depois de uma viagem intercontinental. E o jogo contra os fulanos que, sem vergonha na cara, queriam entrar pela secretaria na Champions é já no Sábado.

Não vai ser fácil.
Vai ser necessário fazer opções.
E correr riscos.

Relembro apenas que o nosso objectivo principal é o campeonato … e todos já percebemos como os campos vão estar inclinados em nosso desfavor ... e a favor dos nossos adversários que, no mesmo perío
do, vão ter uns esgotantes 4 jogos...
.
.
.
.
P.s. - Ia ser lindo obrigar o Hermínio Loureiro a trazer duas...

sexta-feira, 27 de março de 2009

JÁ NEM DISFARÇAM....

.
“O FC Porto enviou na passada semana (19 de Março) uma carta dirigida a Pedro Silva Pereira, ministro da Presidência, que tutela o Desporto, reclamando a entrega do troféu de campeão nacional da época 2007/08. No próximo dia 5 de Abril, cumpre-se um ano desde que o FC Porto goleou o Estrela da Amadora e garantiu, matematicamente, o tricampeonato, conquista que ainda não foi assinalada com um dos prémios a que tem direito.

Apesar de a Federação Portuguesa de Futebol ter entregue o troféu que lhe competia logo na primeira jornada - Gilberto Madail até chegou a ser assobiado no Estádio do Dragão - a Liga de Clubes, entidade que organiza o campeonato e que também entrega um troféu, ainda não oficializou essa conquista. O FC Porto não sabe o porquê e já deu sinais disso na sua página oficial, em jeito de comentário à recente Taça da Liga, cujo troféu foi entregue logo após o encontro.

Pedro Silva Pereira e Laurentino Dias, secretário de Estado da Juventude e do Desporto, a quem também foi enviada uma missiva a 11 de Dezembro de 2008, não deram qualquer resposta ao pedido de esclarecimento feito pelos tricampeões nacionais.

Ao que O JOGO apurou, o FC Porto equaciona dois cenários: espera que o presidente da Liga, Hermínio Loureiro, vá ao Estádio do Dragão entregar ao capitão de equipa o respectivo troféu num dos próximos jogos caseiros; ou aguarda que a Liga indique local e data para o clube levantar a taça.

Em Fevereiro último, Hermínio Loureiro abordou publicamente o assunto, admitindo o atraso na entrega. "Há tantas outras coisas a fazer. Antigamente, essa entrega era feita em galas que já não existem. Mas, também falta entregar a taça de campeão da Liga Vitalis, ao Trofense, e a de fair play, ao Santa Clara", justificou em entrevista à Antena Um.
.
Ora, entretanto, o Trofense e o Santa Clara já receberam os respectivos troféus e o FC Porto continua sem receber o seu."
(OJogo)

.
.
.
Ó Hermínio, se as mãos te pesarem muito (o que eu compreendo perfeitamente, até porque já faltou muito mais...), não tem problema. Avisa que aqui a malta do blog junta-se e vai com todo o gosto ali à Rua da Constituição e levanta o símbolo de mais uma conquista.

OK ?

quinta-feira, 26 de março de 2009

O mérito do FC Porto

FC Porto conquista adeptos pelo mérito, Sporting e Benfica valem-se da sugestão familiar

O FC Porto é o clube de futebol que mais adeptos conquista pela meritocracia, enquanto Sporting e Benfica garantem apoiantes pela área geográfica ou influência familiar, segundo Carlos Liz, autor do estudo "O Futebol, as marcas e os adeptos".

Na conferência Sports Marketing 09, hoje organizada no Porto pelo Instituto Português de Administração de Marketing (IPAM), Liz defendeu que os "azuis-e-brancos" têm crescido de forma evidente no número de adeptos por causa da mentalidade vencedora instaurada.

"No nosso estudo, as pessoas mais velhas, para cima dos 40 e tal anos, são do Benfica e Sporting, mas quando se desce na idade, particularmente para as crianças, verifica-se um aumento de adeptos do FC Porto. Não há o critério de família ou região, mas da meritocracia. E o FC Porto tem sido mais ganhador, logo, os mais jovens, vão para o que consideram melhor", disse.

O director-geral da Área de Planeamento e Estudos de Mercado (APEME) concluiu que, há anos atrás, os adeptos escolhiam os clubes porque os pais assim o exigiam ou desejavam e afirmou também que, a criação de um novo modelo familiar também terá alterado as possibilidades de escolha.

"O FC Porto é escolhido pelo mérito. Por isso, os outros clubes (Benfica e Sporting) têm de fazer pela vida para continuarem a merecer a atenção dos adeptos. Estamos perante um novo modelo de escolha", explicou.

Carlos Liz aludiu também, no estudo, a outra inversão no fenómeno do futebol: de acordo com o especialista em marketing, cada vez mais as pessoas se agrupam pela amizade para assistirem a espectáculos desportivos.

"É particularmente interessante verificar que se vai ao futebol em grupo e, cada vez mais, com a inclusão de elementos do género feminino. Há uma grande renovação de mentalidades", afirmou.

O especialista também considerou que "alguns dos aspectos mais polémicos do futebol não contaminam as marcas, porque estas são poderosas".


fonte: O JOGO

quarta-feira, 25 de março de 2009

ESTÁDIO DO ALGARVE

ESTÁDIO DO ALGARVE = OS 2 MAIORES ROUBOS DESDE HÁ 30 ANOS = VERMELHOS = CALABOTES = ESTORILGATE = TAÇA DA LIGAGATE




COMO É EVIDENTE OS VERMELHOS ATACAM SEMPRE DA ESQUERDA PARA A DIREITA....

OS VERMELHOS A GOZAR À BRAVA NA CARA DOS VERDES...


.


.

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

terça-feira, 24 de março de 2009

FRASES MUITO FORTES

"É totalmente falso que tenha dado o que quer seja a Augusto Duarte, que ele tenha ido a minha casa para ser influenciado.

.
Se não estou a falar a verdade, que caiam sobre a pessoa que eu mais amo, a minha filha, todos os males do mundo."





"Toda a gente viu o que aconteceu. Em todos os jogos há polémica, em todos os jogos os árbitros erram e ninguém faz nada. Acho que alguém tem que tomar medidas. Perguntei-lhe quem assinalou e ele diz que não sabe? Então se ele é o árbitro por que assinalou? Isto é uma brincadeira.

.
Não foi penálti. Que o meu filho morra se foi penálti".
.
.

Mais um discípulo do Calabote que acelerou a fundo no "autódromo" do Algarve...


“Pais António responde pela alcunha de "Ferrari"

O árbitro assistente que apoiou Lucílio Baptista na controversa decisão de assinalar grande penalidade contra o Sporting na final da Carlsberg Cup, disputada com o Benfica no Estádio Algarve, ganha a vida como 1.º Sargento de Infantaria do Exército e reside no concelho de Setúbal, onde, segundo O JOGO apurou, é conhecido pelo seu …. benfiquismo, que não reprime nem mesmo no curso de árbitros.
.
A afeição pela cor forte do emblema da Luz - o encarnado - levou inclusivamente a que Pais António recebesse a alcunha de "Ferrari", numa alusão directa aos modelos (e à cor) de referência da famosa marca italiana de carros de alta cilindrada.

Aos 37 anos, o homem que, estando a cerca de 40 metros da zona da bola, acabou também por ficar ligado ao grave erro de arbitragem - com influência no resultado - que ensombrou a final da Carlsberg Cup, além de fazer parte do quadro principal de árbitros assistentes do futebol português, desempenha o cargo de presidente da Assembleia Geral do Núcleo de Árbitros de Setúbal. Neste e noutros circuitos de enquadramento social, são muitos os que conhecem Pais António pelo cognome de "Ferrari".
(...)"
(retirado d´OJogo)
.
.
BEM DIZ O ORELHAS QUE SÓ CONFIA NOS MILITARES ....

segunda-feira, 23 de março de 2009

LEMBREI-ME DESTA CAPA...



(Cliquem na imagem para aumentar e leiam a citação do patrão da verdade desportiva e da transparência. É de ir às lágrimas...)

O milagre da multiplicação dos "Calabotes"

1ª mão das meias-finais da Taça de Portugal
Estádio do Dragão, no Porto
Árbitro:
Paulo Baptista (Portalegre)

FC PORTO: Nuno; Sapunaru, Stepanov, Bruno Alves e Cissokho; Lucho «cap», Fernando e Raul Meireles; Mariano (Tarik aos 84m), Lisandro (Farías ao 65m) e C. Rodríguez (Hulk aos 65m);
Treinador: Jesualdo Ferreira;

E. AMADORA: Nelson «cap»; Hugo Gomes, Vidigal, Moreno e Ney; Fernando Alexandre e Marcelo Goianira; Celestino (Pedro Pereira aos 52m), Jardel e Varela; Anselmo (Ndiaye aos 69m (Vítor Vinha aos 82m));
Treinador: Lázaro Oliveira;

Resultado final: 2-0;
Marcadores: Lucho (aos 34m, g.p.) e Raul Meireles (aos 38m);

domingo, 22 de março de 2009

Taça da Calabotagem

O árbitro.
É mau. É muito mau. É vermelho. Não consegue ser isento.
Rouba para os vermelhos nos seus jogos.
Rouba contra nós nos nossos jogos.
Uma carreira inteira nisto…

O Benfica
O jogo de ontem mostra bem que têm um presidente aldrabão. É esta a verdade que ele defende?
Mostra também que os adeptos que acreditam no presidente, na sua luta pela verdade, andam a fazer papel de palhaços.
O Quique, para não falar de arbitragem, desculpou-se que também no Dragão não tinha falado… Ainda isso?... Ainda não viu o penalty sobre o Lucho nesse jogo?... O perfeito anormal.
A rede de influencia vermelha continua.
Mas é muito bonito vê-los festejar esta taça menor e roubada…

O Sporting
Chora, chora e chora, quando há erros contra eles.
Quando há erros que os favorecem, desvalorizam-nos, e esquecem-nos rapidamente.
Veja-se como foram beneficiados nas meias-finais desta Taça da Liga.
Mas eles lá vão chorando para tirar dividendos para o campeonato…

A Taça da Liga
Competição na qual a pouca vergonha de arbitragens é descarada.
É tipo Parque de Diversões para árbitros.

O Calabote
O outro, o original, faz hoje 50 anos que fez de tudo para nos roubar o campeonato.
O actual, o Lucilio, prestou-lhe uma pequena homenagem.

quinta-feira, 19 de março de 2009

E para os quartos?


Desta vez é o Jesualdo que tem de correr pela linha lateral a festejar os nossos golos!
Na nossa sondagem não era nada o desejado...
O resultado da sondagem foi:
Bayern: 36%
Villareal: 31%
Arsenal: 11%
Liverpool: 8%
Barcelona: 6%
Manchester: 6%
Chelsea: 3%
Mas... lá vamos ter de eliminar os campeões da europa...
1ª mão a 7/8 Abr; 2ª mão a 14/15 Abr

quarta-feira, 18 de março de 2009

COMISSIONISTAS

Não sei se já vos disse que para mim a nossa SAD é uma cambada de chupistas, oportunistas, gatunos, ladrões, lambe botas, etc. (podia continuar durante mais 10 linhas, pelo menos).
.
Ainda por cima não percebem patavina de futebol.
.
A razão é muito simples - só compram camiões e camiões de jogadores (e cada camião tem vários contentores) absolutamente miseráveis e por preços que são a prova provada que o guito só pode ir para os bolsos dos administradores da SAD (os Caldeiras, os Gomes, os Reinaldos e afins).

Não incluo o Pinto da Costa porque ele está velho, ultrapassado, e, como já não manda nada na SAD, limita-se a fazer figura de corpo presente.

Aliás, já penso isto desde há vários anos. Mais precisamente desde que começamos a ganhar campeonatos e títulos nacionais e internacionais em barda....

Até podia fundamentar a minha opinião recorrendo ao histórico dos últimos 4 anos.

Mas para não ser maçador vou apenas retroceder ao início da presente época. Vejamos:

Rolando - fiasco
Sapunaru - buraco
Cissokho - para fazer número
Fernando - miniatura de jogador
Guarin - nem para os distritais
Rodriguez - miserável
Tomas Costa - só se for para o futsal
Mariano - trepo
Hulk - com este nome deve ser para rir (5 milhões de euros por metade do passe ???? É esta a surpresa do NGP ???? A SAD está completamente a saque !!! É o fim da picada !!)

Isto é uma vergonha !

Quem é que se lembra de comprar estes mecos ???

Venderam (Quaresma e Zé) e deixaram fugir (Assunção) os dedos (porque já não tínhamos anéis) e compram estas "próteses" ???

Só podem estar a gozar connosco !

RUA COM A SAD !!!!!!

O PINTO DA COSTA É UM PAU MANDADO !!!!!



P.s – Certamente todos se lembram de um disco riscado que foi tocado à exaustão e que versava sobre a lenga lenga dos comissionistas, não lembram ? Acredito que, pelo menos, os que se recusaram a entrar nessa cantoria se lembram. Quanto aos outros …
.
P.s. 2 - Tenham muito cuidado com as EUFORIAS. Não se esqueçam que o nosso treinador nasceu com medo...

terça-feira, 17 de março de 2009

Pergunto eu, quem é a “musa” ?

Numa interessante entrevista hoje ao JN o Fernando Gomes, administrador da SAD portista, a páginas tantas, diz isto:


"Pergunta - Chegou a temer que o F. C. Porto não jogasse a Champions em 2008/09?

Resposta - Foi um episódio muito negro e que só sucedeu porque houve uma pessoa que, exorbitando as suas competências, funcionou como "musa inspiradora" do senhor Cunha Leal, que, apesar de não perceber nada de regulamentos e de ter sido responsável por dois grandes escândalos do futebol português - a inscrição de Ricardo Rocha pelo Benfica e a permissão da realização do jogo Estoril-Benfica no Algarve - lançou a nuvem do artigo 1.04, gerando um alarido que levou a UEFA a abrir o processo.
.
Foi também essa "musa" que deu todas as dicas ao "renomado" José Manuel Delgado, permitindo-lhe que efectuasse uma campanha lamentável contra o F. C. Porto no jornal A Bola.
.
Ainda mais grave é um clube que não logrou atingir a Liga dos Campeões ter agido sem pensar nas consequências para o futebol português. E depois ainda tiveram a lata de vir dizer que, se ganhassem esse direito através dos tribunais, não iriam participar. Só dá mesmo vontade de rir!
.
( http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Desporto/Interior.aspx?content_id=1171365 )

segunda-feira, 16 de março de 2009

Apesar da arbitragem do "Collina", vitória na batalha "Naval"

22ª jornada da Liga 2008/09
Estádio do Dragão, no Porto
Árbitro:
Cosme Machado (AF Braga)


FC PORTO: Helton; Sapunaru, Rolando, Bruno Alves e Cissokho; Andrés Madrid (Tomás Costa aos 59 min), Raul Meireles e Lucho «cap.»; Mariano, Lisandro (Farías aos 79 min) e C. Rodríguez (Tarik aos 79 min);
Treinador: Jesualdo Ferreira;

NAVAL: Peiser; Carlitos, Paulão «cap.», Diego Ângelo e Daniel Cruz (Baradji aos 46 min); Bruno Lazaroni, Godemeche, Alex Hauw (Dudu aos 46 min) e Davide (Bolívia aos 72 min); Marinho e Marcelinho;
Treinador: Ulisses Morais;

Resultado final: 2-0;
Marcadores: Mariano (aos 29 min) e Lucho (aos 68 min);

domingo, 15 de março de 2009

Vamos lá cambada...

Basta!!!
Não podemos falhar mais no Dragão.
Cada ponto perdido adia o golpe de misericórdia sobre os nossos rivais.

Hoje temos mais uma oportunidade.
Que pode ajudar a definir a Liga e a afastar o fantasma que, este ano, tem assolado o Dragão.

É, pois, chegada a hora de voltar a impor o temor no nosso domínio. E de dar aos adeptos o sossego que tanto merecem.

Por mim, estarei no Dragão para dar o meu apoio INCONDICIONAL até ao fim.
” peço atitude, vontade e eficácia.

A minha equipa para hoje: Hélton; Sapunaru, Rolando, Bruno Alves e Cissokho; Andrés Madrid, Lucho e Raul Meireles; Lisandro, Farías e C. Rodríguez.

E até os comemos, carago!!!

Um abraço a todos e um forte POOOOORTOOOOO!!!

quinta-feira, 12 de março de 2009

Fala quem jogou com os três

Abel Resino, treinador do Atlético de Madrid, ao El Mundo:

Queríamos intentar llegar al área rival y lo hicimos, pero también hay que valorar al contrario. El Oporto no es el Barcelona ni el Real Madrid. La velocidad que tiene arriba este equipo no la tiene nadie en el fútbol español. Si hubiéramos atacado tanto, el resultado podía haber sido escandaloso.

http://www.elmundo.es/elmundodeporte/2009/03/12/futbol/1236813092.html

Bom... se é assim, venha o Barcelona!

Ó PALHAÇO, TIRA LÁ A BOLINHA COM O NOME MÁGICO OUTRA VEZ ...

.
...Lindo menino ! Agora , se quiseres, podes enfiar um tronco...

quarta-feira, 11 de março de 2009

Os irredutíveis Dragões...

2ª mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions League
Estádio do Dragão, no Porto
Árbitro:
Pieter Vink (Holanda)

FC PORTO: Helton; Sapunaru (Tomás Costa aos 83m), Rolando, Bruno Alves e Cissokho; Lucho «cap», Fernando e Raul Meireles; Lisandro (Farías aos 90m), Hulk (Mariano aos 89m) e C. Rodríguez;
Treinador: Jesualdo Ferreira;

ATLÉTICO DE MADRID: Leo Franco; Perea, Pablo Ibáñez, Ujfalusi e Antonio López; Maxi Rodríguez «cap» (Diego Forlán aos 54m), Paulo Assunção, Raul Garcia (Maniche aos 72m) e Simão; Pongolle (De las Cuevas aos 79m) e Aguero;
Treinador: Abel Resino;

Resultado final: 0-0;

terça-feira, 10 de março de 2009

A eles!

Confiante? Sim, estou.
Receoso? Também estou.

Vamos ter um jogo de enorme tensão…

O ataque do Atlético é poderosíssimo.
E muito difícil de o anular durante 90 minutos.
Por isso, temos de jogar a altíssimo nível. Defender muito bem. Ocupar todos os espaços. Não deixar jogar.
Mas é muito difícil não sofrer golos.
Logo, temos de marcar.
E inaugurando o marcador.
É que nós temos jogado melhor fora de casa, do que em casa. Porque os adversários não estão tão fechados, e a nossa equipa funciona melhor assim.
Portanto, não será muito positivo deixar o Atlético fechar-se atrás.
Temos de aproveitar o facto de eles terem de, logo e inicio, abrir no ataque, para desferirmos golpes mortíferos.

E é importantíssima a atitude do público do Dragão.
Temos de pressionar o Atlético.
E já que temos lá os simpáticos Simão e Assunção, assobiemo-los!
Vamos aproveitar todos os lances para enervar os madrilenos.
E empolgar os nossos!

Onze: H; Tommy, BA, Rol, Cis; F, RM, Luxo; CR, Hulk e Licha
Banco: Nuno, Sapunaru, Stepanov, Madrid, Mariano, Tarik, Farías
Resultado: 3-1! Com 3 golos de Hulk!

:-)

Dúvida...

Esclareçam-me por favor:
Há algum prémio para quem sofre 12 golos?
Ou é só puro divertimento?

TOUCHÉ FATAL ! O ESTREBUCHAR FINAL DE UMA CONSPIRAÇÃO !


.
.
.

.
.

.
.
.
.
.
.

..
.
..
.
.
.



“Filipe Vieira conspirou contra Pinto da Costa, acusa ex-namorado de Carolina

Paulo Lemos, testemunha de defesa de Pinto da Costa no "caso do envelope" do "Apito Dourado", afirmou, esta terça-feira, em tribunal que o presidente do Benfica conspirou com Carolina Salgado, ex-companheira do líder do F.C. Porto, para incriminar o dirigente portista.

Na quinta sessão do "caso do envelope", um apêndice do mega-processo de corrupção desportiva Apito Dourado, em julgamento no Tribunal de Gaia, Paulo Lemos, ex-companheiro de Carolina Salgado, revelou alguns dados dos
encontros entre o líder "encarnado", Luís Filipe Vieira, e a autora do livro "Eu, Carolina".

"Num jantar em Lisboa, Luís Filipe Vieira disse a Carolina: O que tens para mim e quanto queres por isso?", contou Paulo Lemos, inquirido pelo advogado Gil Moreira dos Santos, representante legal de Pinto da Costa.

"Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, tentou, nesse jantar, incriminar Pinto da Costa, juntamente com Carolina. Estava também presente Leonor Pinhão (jornalista)", afirmou, admitindo ter presenciado essa conversa.

A testemunha de defesa, que chegou a ser acusado, com Carolina Salgado, do crime de fogo-posto aos escritórios do advogado Lourenço Pinto e de Pinto da Costa, falou de três jantares no restaurante "propriedade de Baba", uma mulher que disse ser esposa do empresário de futebol Jorge Baidek.


"Carolina, nos três jantares nesse restaurante em Lisboa, falava sempre em privado com Baba. No último jantar, com Luís Filipe Vieira, estava Leonor Pinhão e outras pessoas que não conheço", disse o confesso adepto portista e actualmente sem qualquer relação com Carolina.

Fernanda Freitas, co-autora, com Carolina Salgado, de "Eu, Carolina", falou igualmente da relação de Leonor Pinhão com o livro.

"Foi Leonor Pinhão que me pediu para tirar a fotografia à cómoda [onde alegadamente estava o dinheiro que Pinto da Costa usava para subornos] da casa da Rua do Clube dos Caçadores, em Gaia", disse.

Fernanda Freitas, que adiantou ter trocado alguns e-mails com Pinhão, disse ainda ter escrito o livro após notas tomadas em conversas com Carolina Salgado e
afastou-se completamente dos capítulos que referem o caso Apito Dourado e os subornos a equipas de arbitragem, assim como tráfico de influências.

Também testemunha de defesa de Pinto da Costa, o juiz conselheiro José Manuel Matos Fernandes enalteceu hoje no tribunal "a seriedade" do dirigente e afirmou nunca lhe ter constado qualquer tentativa de suborno na arbitragem.”

(JN)

Termino citando as sábias palavras do Penta no post anterior:

"Quanto à corja jornaleira desprezível e medíocre que por aí pulula ansiosa por ajudar a concretizar o desígnio nacional de levar os abutres a campeões, que ponha os olhinhos nestas declarações e tenha VERGONHA na cara. E que saiba respeitar o passado e presente glorioso deste clube, único em Portugal a levar o bom nome do País a todo o mundo.
.
Mas se quiserem continuar a esconder a cabeça na areia, pois muito bem... que o façam. A nós resta-nos continuar a ganhar dentro de campo, pois um futuro igualmente glorioso espera-nos.
.
Um abraço a todos e um forte POOOOORTOOOOO!!!"

segunda-feira, 9 de março de 2009

Dentro ou fora dos relvados, mas sempre... MÁGICO!!!

Maisfutebol (09/03/2009)

F.C. Porto era melhor que o Barcelona

Deco pode dar-se ao luxo de dizer que já tem dois títulos de campeão europeu, e por equipas diferentes. O internacional português conquistou a «Champions» pela primeira vez com a camisola do F.C. Porto, e depois repetiu a dose pelo Barcelona. Na comparação entre duas equipas campeãs, a preferência de Deco vai para os «dragões».

«O Barcelona jogava um futebol muito bonito, mas penso que o F.C. Porto era mais forte. Quando marcávamos primeiro, o jogo estava acabado», disse o luso-brasileiro, em entrevista ao jornal inglês «The Times».

Os elogios a Mourinho aparecem de imediato, e embora Deco tenha chegado a Stamford Bridge já depois do técnico português ter saído, ainda dá pela presença dele. «O Lampard e outros jogadores daqui são grandes jogadores, de qualquer maneira, mas consigo ver a influência de Mourinho neles», disse.

Quando Deco se transferiu para o Chelsea, o treinador já não era português, mas era um brasileiro com forte ligação às quinas. O médio mudou-se para Londres a pedido de Scolari, mas pouco tempo depois o técnico acabou por sair. Há quem duvide, por isso, que Deco possa render nos «blues», mas o jogador garante que ainda tem muito para dar.

«Claro que é difícil quando um treinador te quer e depois vai embora. Trabalhei com Scolari vários anos, na Selecção, mas também joguei sem ele muitos anos. Tenho contrato com o Chelsea, não com Scolari. Preciso provar que o Chelsea fez uma boa escolha, ao contratar-me», disse o internacional luso.”

Provar??? Para mim não precisas provar nada.
E muito “stupids” serão eles se não perceberem a tua inquestionável “magia”.
Mas se o teu valor não for reconhecido, não tenhas problemas: Volta para casa que as portas do “Dragão” estarão sempre abertas para ti.
.
Quanto à corja jornaleira desprezível e medíocre que por aí pulula ansiosa por ajudar a concretizar o desígnio nacional de levar os abutres a campeões, que ponha os olhinhos nestas declarações e tenha VERGONHA na cara. E que saibam respeitar o passado e presente glorioso deste clube, único em Portugal a levar o bom nome do País a todo o mundo.
.
Mas se quiserem continuar a esconder a cabeça na areia, pois muito bem... que o façam. A nós resta-nos continuar a ganhar dentro de campo, pois um futuro igualmente glorioso espera-nos.
.
Um abraço a todos e um forte POOOOORTOOOOO!!!

Quando, SEMPRE a 1 metro do árbitro, a mão passa a ser na cara e vale arrancar jogadores adversários pela raiz ....

Resumo do roubo anunciado (há 5 posts atrás !!) no jogo entre a Naval e os vermelhos:
.

.
.

"Luís Filipe Vieira (LFV) - Eu não quero entrar mais em esquemas nem falar muito...(...)

Valentim Loureiro (VL) - Eu penso que ou o Lucílio... o António Costa, esse Costa não lhe dá... não lhe dá nenhuma garantia ?

LFV - A mim ?! F.., o António Costa? F... Isso é tudo Porto !

(...)

VL - E o João Ferreira ?

LFV - O João... Pode vir o João."

.

Mais palavras para quê....

.

P.s. - Ó geloso Santos, com que então o Leixões estava comprado em termos gerais e o Beto, o Laranjeiro, o Diogo Valente e o Hugo Morais em termos específicos, sendo que este último deveria vir publicamente explicar porque jogou a bola com a mão (curioso que, neste lógica, do auto-golo do Elvis a semana passada não falou ele...). Espero que o FC Porto não perdoe este tipo declarações incendiárias ....

domingo, 8 de março de 2009

Há Mar e Mar, há ir e... GANHAR

21ª jornada da Liga Portuguesa 2008/09
Estádio do Mar, em Matosinhos
Árbitro:
Rui Costa (AF Porto)

LEIXÕES: Beto; Laranjeiro, Elvis (Joel aos 46 min), Nuno Silva e Angulo; Roberto Sousa, Bruno China «cap.», Hugo Morais (Zé Manuel aos 58 min) e Ruben (Chumbinho aos 37 min); Diogo Valente e Rodrigo Silva;
Treinador: José Mota;

FC PORTO: Helton; Tomás Costa, Rolando, Bruno Alves e Cissokho; Fernando, Raul Meireles (Andrés Madrid aos 68 min) e Lucho «cap.» (Lisandro aos 79 min); Mariano, Farías e Hulk (Tarik aos 75 min);
Treinador: Jesualdo Ferreira;

Resultado final: 1-4;

Marcadores: Lucho (aos 23 min, g.p.), Hulk (aos 49 min), Raul Meireles (aos 65 min), Farías (aos 76 min) e Diogo Valente (aos 89 min);

Um grande jogo de um grande Porto.

Aquele que só costuma aparecer nos jogos disputados longe do Dragão. E que atingiu (em jogos fora) a sua sétima vitória consecutiva.

Desta vez, perante um adversário que, com um orçamento de tostões, fez a vida negríssima a muitas equipas de milhões, a nossa incluída. Mas que ontem foi impotente para travar um Porto ao seu melhor nível.

Fui um dos afortunados que esteve no Estádio do Mar. E durante o jogo dei por mim a pensar, será que não dá para trocar o lugar anual por bilhetes para os jogos fora? Que tranquilidade em comparação com os jogos disputados em casa.

Com Tomás Costa a titular (era assim tão difícil de perceber?) a demonstrar ser a alternativa mais válida para aquela posição, JF surpreendeu os adeptos ao colocar Farias no lugar do Lisandro, mas este respondeu à altura com um golo e uma assistência.
.
Um jogo bem disputado na 1ª parte, com as duas equipas a jogar de forma intensa, mas com o FCP sempre mais perigoso nas suas intenções.

Na 2ª parte esperava-se a natural reacção da equipa leixonense, mas o 2º golo ditou o destino do jogo e a partir desse momento desmoronou-se animicamente o bravo Leixões.
.
Lamentáveis os confrontos nas bancadas durante o jogo.

Os nossos golos:



As palavras dos nossos intervenientes:
Jesualdo Ferreira
«Estava à espera de ganhar, mas o resultado ia depender do que conseguíssemos fazer. O F.C. Porto fez um jogo muito bom, constante e mesmo nos momentos em que o Leixões esteve por cima, a equipa teve capacidade para se juntar, para não fugir aos processos. O Leixões é uma equipa muito organizada e era importante que o F.C Porto jogasse a pensar. Sabíamos o que tínhamos de fazer para ganhar o jogo e aconteceram golos que, às vezes, noutros jogos, não têm acontecido. Tivemos mais uma ou outra ocasião para fazer um resultado mais robusto, mas seria pesado para o Leixões. Mas fica o registo de um bom jogo do F.C. Porto, com boa intensidade, para admitirmos também que estamos num bom momento. A equipa está coesa e solidária e isso é importante para que queremos, que é continuar líderes.»
Sobre se haverá demasiado optimismo para a Champions: «Não, porque todos os adeptos do F.C. Porto perceberam que, em Madrid, fizemos um jogo perfeito do ponto de vista táctico e imperfeito na finalização. Mas também viram o Atl. Madrid ganhar ao Barcelona e empatar com o Real Madrid, e isso diz muito. O grupo quer muito passar a eliminatória e tem de estar muito concentrado. Os meus jogadores vão atrás desse jogo, vamos com tudo para a partida.»
.
Um abraço a todos e um forte POOOOORTOOOOO!!!

sábado, 7 de março de 2009

A única (parte de) capa de jornal que hoje traz esta notícia BOMBÁSTICA

.
...
Para os doentes facciosos, informo esta curiosidade - esta decisão foi tomada pelo MP de .... Lisboa !
.
.
Vistas as capas dos jornais, foi como se esta BOMBA ATÓMICA não tivesse existido !!!!
.
.
Lembrei-me logo de uma crónica que escondia a MAIOR ROUBALHEIRA DE TODOS OS TEMPOS do futebol português, vulgo Calabote (Vermelhos-CUF), e que, com o consentimento presumido do Reflexão Portista, passo a citar:
.
.
.
" «Estava escrito! Estava escrito que o Benfica perderia o campeonato! Eram estas, no final do empolgante e dramático jogo da Luz, as duas frases que brotavam dos lábios de uma grande parte dos adeptos benfiquistas.
.
Nem um grito de revolta, nem uma recriminação, nem um queixume. Apenas esta frase, dorida, magoada, impregnada de resignação e conformismo: "Estava escrito!".
.
Ela bastava, porém, para dizer tudo: para fazer justiça à grande e desafortunada exibição dos jogadores "encarnados"; para evocar as muitas oportunidades de golo perdidas por alguns dos seus avançados; para lastimar as atitudes de exacerbada hostilidade dos jogadores cufistas; para gritar o seu protesto contra a fatalidade de um campeonato perdido nos derradeiros instantes.
.
Mereceria o Benfica ter perdido este campeonato?
..
A pergunta talvez não tenha cabimento nas linhas desta crónica, que tem de cingir-se, apenas, aos acontecimentos do encontro da Luz.
.
Calma e imparcialmente, porém, temos de convir que na medida em que a questão do título estava dependente do número de golos que o Benfica marcasse na Luz, os seus jogadores e adeptos têm razão para se sentirem injustamente despojados do triunfo final.
.
É que, independentemente das circunstâncias em que decorreram os últimos minutos deste histórico domingo de futebol; independentemente mesmo do grande nível da exibição produzida pela equipa "encarnada", o Benfica poderia, deveria e merecia ter vencido a CUF por diferença superior a 6 golos.
.
(...) a CUF não jogou, exclusivamente para si, mas também para uma outra equipa (a do FC Porto) que estava á margem da luta travada na Luz.
.
Se assim foi – e por legítima temos a presunção – cremos existir aqui um problema de ética, digno de, em melhor oportunidade, ser devidamente apreciado e analisado.
.
(...) Até que ponto é lícito a uma equipa defender, contra outra, de maneira ostensiva e contrária ás leis e espírito de jogo, os interesses de uma terceira?
.
Não será esse procedimento tão incorrecto e anti desportivo como o inverso, isto é, o de facilitar, propositadamente, com o fim de prejudicar os interesses doutrem, a vitória do adversário?
.
As perguntas aqui ficam, por ora sem resposta. Mas talvez valha a pena, em próxima oportunidade, tomá-las para tema de um artigo.» "
.
.
.
.
Sinceramente, para o presidente da assembleia geral dos vermelhos poder dar largas aos seus apetites, só tenha pena que os membros da corja jornaleira antiportista primária não sejam todos strippers...
.

quinta-feira, 5 de março de 2009

As duas faces de Licha















.....................NA CHAMPIONS ........................................................NA LIGA
.
Depois do falhanço das negociações para a renovação das condições salariais de Licha, Fernando Hidalgo, representante do jogador, produziu várias afirmações de teor preocupante:

Lisandro não renovou o contrato, válido até 2011, nem renovará se a proposta salarial não subir.

Quando se pede por um jogador, tem de se lhe pagar por aquilo que ele vale. O FC Porto pode pedir o que quiser pelo Lisandro, mas o jogador também tem o direito a exigir um aumento salarial."

Na última reunião, em que também esteve o Lisandro, a posição do FC Porto foi clara: não quer melhorar o contrato. Por isso, não há mais nada a falar. O Lisandro vai continuar a jogar
até terminar o contrato."

"Parece que o caso do Lisandro não foi visto da mesma forma como o de outros jogadores que estão no plantel."

Nessa altura, publiquei um post sobre esta matéria que aqui reproduzo em parte:

… a posição do FC Porto parece clara. Pretende renovar a ligação com Lisandro por mais 1 ano, mas não a todo o custo.

Até porque Lisandro já teve, em tempos, o seu contrato revisto e aumentado, sendo
actualmente um dos mais bem pagos do plantel.


Considerando (penso eu) que não pode ficar refém das mudanças de humor de atletas com contrato em vigor e com duração a médio prazo. Ou seja, que os contratos são para se cumprir e que embora possa haver uma natural abertura para uma melhoria das condições contratuais, a mesma não poderá ser imposta pela via de uma suposta desmotivação.

Por outro lado, é o FCP que dá o flanco para tal, ao aceitar (se for verdade) dar a um jogador recém-chegado e ainda sem provas dadas no clube, um vencimento superior ao de jogadores de qualidade já demonstrada.

E qual o papel de Lisandro no meio disto tudo? Não parece, infelizmente, muito claro.

Por um lado, garante que quer ficar para sempre no FC Porto.

Por outro, dá sinais preocupantes de insatisfação, os quais foram por demais evidentes no jogo contra o Sporting ao praticamente não festejar o golo. Tal atitude, num jogador sempre efusivo nas suas celebrações, não deixa margem para dúvidas. Ainda para mais sendo o seu 1º golo para a Liga.

Mas já antes se sentia que algo corria mal. Pois o jogador há muito que andava tristonho em campo. Embora sempre esforçado.

Assim sendo, as declarações do seu empresário assumem outra gravidade.

Porque o comportamento de Lisandro em campo faz com que (legitimamente) se suponha que não são apenas palavras de sua autoria (empresário). Pelo contrário, parece que o jogador as ratifica. Pior, parece que estará disposto a embarcar numa guerra fria com o clube, caso as suas condições não sejam satisfeitas.

A ver vamos os próximos capítulos.


Ora bem, os capítulos sucederam-se e o que temia confirmou-se.
A estrela de Licha já não brilha com a mesma intensidade e, se dúvidas subsistissem, depois da entrega e da raça que lhe vimos no jogo contra o Atlético de Madrid ficamos todos esclarecidos: Licha quer sair e até lá vai, conforme afirmou o seu representante, continuar a jogar. O problema é que para a Liga joga a meio-gás (continuando a ser, apesar do eclipse, um jogador importante) e o verdadeiro Lisandro já só aparece a espaços, leia-se, na “montra” da Champions.

Independentemente do que possa vir a suceder, Licha já entrou na história do FCP (não me lembro, aliás, de outro jogador com a sua impressionante capacidade de luta durante 90 m.).
Cabe-lhe a si pensar na forma como quer ser relembrado. Se como um grande jogador e um grande profissional. Se "apenas" como um grande jogador.

Um abraço a todos e um forte POOOOORTOOOOO!!!

quarta-feira, 4 de março de 2009

É pena ! Mas comprem, pelo menos, o RUBEM MICAEL

F.C. Porto não está interessado em Nené
O F.C. Porto não está interessado em Nené, avançado do Nacional. No seguimento das declarações de ontem do presidente do clube madeirense, o
www.fcporto.pt falou com o director-geral do futebol azul e branco, que assegurou que os Tricampeões não desejam contratar o atleta.
«O F.C. Porto não está nem nunca esteve interessado em contratar Nené», começou por vincar Antero Henrique. «O nosso quadro de atletas para 2009/10, de resto, está praticamente definido e privilegia jovens portugueses com potencial de crescimento», acrescentou.
O director geral do futebol dos Dragões fez ainda questão de «lamentar» a existência de pessoas que «utilizam o nome do F.C. Porto com objectivos comerciais, sem estarem mandatadas ou habilitadas a fazê-lo».”
(Site do FCP)

Já agora, aproveito para dizer que estou a gostar das contratações e dos regressos anunciados de alguns emprestados para a próxima época (Miguel Lopes, Cissokho, Varela, Nuno André Coelho … ).
.
.
Depois só falta contratar um treinador à altura do FC Porto...

terça-feira, 3 de março de 2009

ADIVINHA - Quem é o árbitro do Naval-vermelhos ?



Só dou uma pista:

"Luís Filipe Vieira (LFV) - Eu não quero entrar mais em esquemas nem falar muito...(...)

Valentim Loureiro (VL) - Eu penso que ou o Lucílio... o António Costa, esse Costa não lhe dá... não lhe dá nenhuma garantia ?

LFV - A mim ?! F.., o António Costa? F... Isso é tudo Porto !

VL - Exacto, pronto ! (...) E o Lucílio ?

LFV - Não, não me dá garantia nenhuma o Lucílio !
.
VL - E o Duarte ?

LFV - Nada, zero ! Ninguém me dá ! ... Ouça lá, eu, neste momento, é tudo para nos roubar ! Ó pá, mas é evidente ! Mas isso é demasiado evidente, carago ! Ó major, eu não quero nem me tenho chateado com isto, porque eu estou a fazer isto por outro lado.(...)

VL - Talvez o Lucílio, pá !

LFV - Não, não quero Lucílio nenhum ! (...)

VL - E o Proença ?

LFV - O Proença também não quero ! Ouça, é tudo para nos f... !

VL - E o João Ferreira ?

LFV - O João... Pode vir o João."

Pensam mesmo que os PORTISTAS são estúpidos



.
.

.
.
.
.
.

.
.
.
.
..
.--------------(ONTEM)-----------------------------------------(HOJE - notem bem que hoje me estou a referir à notícia do cantinho superior direito....)

segunda-feira, 2 de março de 2009

Ele está (hoje) de volta à TV (I 24h) !

.
BOA SORTE, DR. PÔNCIO !
DÊ-LHES COMO O ARQUIVO NA CABEÇA !!! :-))

Que saudades, Correio da Manhã !!!!

.
.
Para os mais distraídos, alerto para o facto de o CM, e restante corja jornaleira antiportista primária, estar a "preparar" o ambiente para o julgamento de Pinto da Costa, sobre o FC Porto-Beira Mar, que, finalmente, começa amanhã. E em que a principal testemunha da acusação é uma funcionária do próprio CM. A Sr.a D. Carolina...
.
.
P.s. - Eles devem pensar que nós somos estúpidos. Só pode !

domingo, 1 de março de 2009

Jogo de empatas

20ª jornada da Liga 2008/2009
Estádio do Dragão, no Porto
Árbitro:
João Ferreira (Setúbal)

FC PORTO: Helton; Pedro Emanuel «cap», Rolando, Bruno Alves e Cissokho (Tomás Costa aos 72m); Lucho (Farías aos 83m), Fernando e Raul Meireles; Hulk, Lisandro (Tarik Sektioui aos 89m) e C. Rodríguez;
Destreinador: Jesualdo Ferreira;

SPORTING: Tiago; Pedro Silva, Daniel Carriço, Polga e Grimi (Caneira aos 29m); Pereirinha, Rochemback (Adrien Silva aos 83m), João Moutinho «cap» e Izmailov (Yannick Djaló aos 69m); Derlei e Liedson;
Treinador:
Paulo Bento;

Resultado final: 0-0;

Estava eu no café em “estágio” para o jogo quando soube da notícia. Pedro Emanuel iria ocupar a posição de defesa direito.

Perante isto, fiquei esclarecido sobre a vontade do nosso “destreinador” para o jogo de ontem.
Optou pelo jogador que, de certeza, não iria ultrapassar o meio-campo, reduzindo de forma intencional a nossa capacidade de criar desequilíbrios na frente de ataque pelo lado direito e fornecendo ao adversário uma potencial avenida para explorar em velocidade. E o que sofreu, por vezes, o eterno Pedro com 2 ou 3 jogadores a aparecerem-lhe pela frente.

Felizmente, o Sporting demonstrou que não queria muito mais do que manter a distância de 4 pontos.
E, como tal, limitou-se a montar uma autêntica rede em volta da defesa e do meio-campo unicamente à espera de um erro nosso, mas sem fazer praticamente nada para o provocar.

O que, aliado ao facto da nossa equipa ter alguns jogadores que parece que apenas têm vontade de jogar na Champions e à cerrada marcação a Hulk (sempre com 2 ou 3 adversários em cima), só podia dar no que deu: um jogo feio, incaracterístico e quezilento. Praticamente sem jogadas de grande perigo. E então do nosso lado foi um verdadeiro deserto.

Tudo isto, sob a estupenda passividade de JF, o qual não viu motivos para fazer o que quer que fosse para tentar alterar os acontecimentos que se desenrolavam no terreno de jogo. Afinal de contas, que importância tem mais uns pontinhos perdidos no Dragão.

Uma palavra para C. Rodríguez: Irreverente e corajoso. Foi um dos poucos que conseguiu criar verdadeiros problemas ao meio-campo e defesa sportinguista.

P.S.: Mais um penálti a nosso favor por assinalar. Ao qual será dado o habitual "destaque" pela corja jornaleira desprezível que temos.

As palavras dos nossos intervenientes:
Jesualdo Ferreira
«Foi um jogo quezilento, com pouco controlo emocional e muitas paragens. Perdemos dois pontos para o que desejávamos. Mas analisando o jogo com frieza, acho que nenhuma das equipas merecia ganhar, embora o F.C. Porto tenha feito tudo para ganhar. Fomos uma equipa que quisemos ganhar sempre, teve sempre o controlo do jogo, teve muitas jogadas de perigo, mas a defesa do Sporting esteve bem. O adversário não jogou ofensivamente, mas defendeu bem. Nos clássicos com grandes decisões para se tomarem não estamos habituados a ver grandes espectáculos. Hoje também não o foi. O Sporting e o F.C. Porto fizeram o quinto jogo esta época, conhecem-se muito bem, há princípios de natureza táctica que são conhecidos de parte a parte e não é possível inventar nada. O factor surpresa não cabe aqui.»
.
Um abraço a todos e um forte POOOOORTOOOOO!!!