quarta-feira, 2 de abril de 2014

Vamos a isso

 


SOMOS PORTO


P.s. - Quem nos lê há mais tempo seguramente que sabe a opinião que temos aqui no blog sobre MST. Quando fala sobre o nosso Clube, é porque se enganou na medicação. Daí que não espante as barbaridades que diz. Daí que tenhamos deixado de lhe passar qualquer cartão. Daí que a pessoa que dentro do nosso Clube se lembrou de, pelos vistos, lhe propor uma acção, só pode ter percebido mal o problema, que é da medicação (e não de DELITO DE OPINIÃO). Daí que urge tomar rapidamente a decisão de anular a acção que, pelos vistos, o FC Porto propôs contra ele. Daí que ontem já era tarde. Daí que hoje é mais tarde ainda ...
 
(eu percebo que as barbaridades que diz MST são o maior trunfo dos ordinários dos antiportistas primários, e respectiva corja, para também dizerem as maiores barbaridades e passarem impunes porque, pura e simplesmente, o FC Porto tentando metê-los em tribunal, os alarves poderão sempre dizer "ah, o MST disse pior ainda e nada lhe acontece ...", mas uma coisa é certa: não parar já com esta acção será a pior forma de resolver esta questão)
 
(eu até admitiria a acção se, ao invés de se pedir, pelos vistos, 1M de euros, se pedisse, simbolicamente, 1€, mas como assim não se fez, só tem uma solução -retirar já a acção !!! JÁ !!!)

2 comentários:

André disse...

Gostava de saber onde andavam os verdadeiros portistas quando o MST era o único a defender o clube e o presidente durante o apito dourado.
Pode não perceber muito de futebol mas ninguém defende o clube como ele. Ao contrário do que afirma no seu seu post, é um dos portistas mais odiados pelos rivais pela forma como defende o FCP (lembre-se das polémicas com os GF), basta passear pela blogosfera adversária.
O MST é um dos nossos, este processo é uma barbaridade.

Sabino Arruda disse...

O artigo do MST aborda, fundamentalmente, as comissões excessivas nas transferências de jogadores e a decisão de contratar Paulo Fonseca. Quanto à segunda questão tentou emendar-se a mão tarde e a más horas pelo que o tempo veio dar razão ao MST. A questão das comissões é que parece ter incomodado as agora virgens ofendidas do nosso Clube. Haverá algum adepto de futebol, que não se interrogue como se pagam valores tão elevados sabe-se lá a quem? MST limitou-se a passar a escrito essas dúvidas, nada mais. Alguém acha que os fundos que compram partes do passe de alguns jogadores o fazem sem garantias de que o investimento tem retorno (e que retorno!)? E a quem pertencem os fundos? Para quem vai realmente o dinheiro? Dou apenas um exemplo: parte do passe do Moutinho foi vendido a fundo que certamente o Situacionista (que muito estimo apesar de não ter o prazer de conhecer) poderá descobrir qual foi; passado algum tempo foi readquirido pelo Clube; no processo perdeu-se cerca de 1 milhão de Euros. É contra este estado de coisas, que infelizmente se vulgarizou, que MST se insurge. MST é um Portista de verdade, sem grilhetas, que nem sempre acerta é claro, mas que ao longo dos anos esteve sempre na primeira linha na defesa do nosso Clube. Clube Bicampeão do Mundo que desta vez teve atitude de clube pequenino certamente a fazer jus à "grandiosidade" de algumas figurinhas que de há um tempo a esta parte se pavoneiam pelos corredores. Força FCP e todos ao estádio contra o Sevilha pois este ano ainda há muito para ganhar. Não desperdicemos energias a atacar os nossos, enquanto os adversários tantas vezes saem impunes.