sábado, 7 de abril de 2007

Goleada, Anderson e Pepe...

1. Vitória Fácil
Ontem construímos um resultado robusto, num jogo fácil.
As mudanças no meio campo resultaram bem. Os não habituais titulares foram esforçados e estiveram bem.
Ainda bem que temos tanta polivalência em alguns jogadores, que nos vai permitindo colmatar as ausências por lesão.



2. Lesão de Pepe
Mais uma lesão! Pelo menos 4 semanas… Incrível!
Grande perda para a nossa segurança defensiva e confiança da equipa.
Este ano lutamos não só com os nossos adversários, como também contra todas estas adversidades!...
Mas o JF referiu um facto que temos de ter em conta: os árbitros não marcam faltas, nem mostram cartões, com facilidade aos adversários do FC Porto. Isto permite maior dureza da parte deles, e consequentes lesões dos nossos jogadores.




3. Anderson
Fez 45 minutos para ganhar ritmo e confiança.
Proporcionou-nos o momento da noite: o nosso 5º golo!
Bom posicionamento no terreno, percepção da movimentação dos adversários, excelente toque, remate para o sitio certo.
A diferença de um “craque” para um jogador médio é esta: não falhou! E em comparação com Cech e Postiga que minutos antes e em posição idêntica não conseguiram marcar.





4. Assistência no Dragão
Mais de 40000! É fundamental manter este apoio. Muito bem.

6 comentários:

AZUL DRAGÃO disse...

Tal e qual !

F.C.Limpa Tudo disse...

Caros Bi-Campeões

Está visto que os ares da mouraria, fizeram-vos mal.

Por aqui parece tudo derrotado, não observo rasgos de génio, como já observei por aqui muitas das vezes.

Quanto ao jogo, o Azzuli, sintetizou muito bem o jogo.

Gostaria de sublinhar apenas, o regresso do nosso menino, e a alegria demonstrada por toda a gente, nomeadamente, jogadores, equipa técnica e principalmente por todos nós os sofredores, por finalmente termos o privilégio de continuar a ver o nascimento de uma das maiores estrelas do futebol mundial.

Saudações Portistas

meirelesportuense disse...

Do jogo retenho esse incontornável facto do Anderson ser mesmo um jogador extraordinário: em qualidades futebolísticas e também moral e psicológicamente. Não é qualquer um que se bate da forma como ele se bateu depois da lesão que o atingiu! Mostrou coragem, força e técnica suficientes para dar e vender! Quanto à lesão de Pepe também concordo que ela acontece um pouco porque os adversários se sentem protegidos quando entram duramente sobre os nossos jogadores! Veja-se o que aconteceu no Benfica Porto e a actuação do árbitro em faltas e entradas algo semelhantes. A disparidade de critérios é assustadora...O máximo que lhes pode acontecer é ser-lhes marcada uma falta....

Azzulli disse...

fc limpa tudo:
derrotados? NUNCA!!!
Passamos a fase mais delicada da época nestes ultimos 3 jogos.
E cá estamos! Na frente!
Daqui nos recusamos a sair.

Meireles:
O Anderson é extraordinário, como diz. Noto nele ainda falta de ritmo, algum medo. Precisa de mais jogos.

E parece que o Nem do Braga foi expulso no ultimo minuto de jogo.
Por palavras...
Quem é que beneficia com esta expulsão?...

Fanático disse...

1) Jogo limpo e de classe: mesmo com adversidades dos lesionados (e ainda não estou a falar do Pepe), dos castigados, das arbitragens que nos penalizam a nós e beneficiam os outros, mostrámos clareza de princípios, rigor táctico, soluções vindas do banco (bem vindo sejam Jorginho e HP) e o segundo resultdo da época.

A confirmar em Coimbra, ainda que tenha havido dois factores que facilitaram a vida: um de natureza alheia ( o Setúbal tem uma equipa fraca) e outra mista, construída por nós e pela aquela pontinha de sorte reservada aos Bi-Campeões (o termos marcado cedo)

2) Anderson: puto maravilha, simplicidade de princípios, a técnica ao serviço da eficácia (às vezes esquecida pelo RQ), uma disponibilidade para recuperar e defender quando é preciso (não parecendo que esteve cinco meses parado) e claro um saber escolher do momento para passar e rematar só reservado aos melhores:isto é bem vindo seja e é, para já, o grande reforço para às ultimas seis finais, à espera que a ele se juntem o aparentemente regressado HP, Ibson e o Lisandro

3) Pepe: ainda mal refeito das últimas adversidades, a lesão no, à data, o jogador mais importante da equipa.E agora, quem o substitui? o RC (até se me dá arrepios), JP (lesionado na 5ª e sem saber se recupera para Coimbra, ainda para mais um jogador que, por causa das lesões, quase não tem minutos nas pernas), ou seja, venha o o diabo e escolha...

O Soldado Azul disse...

Bom,
Antes de mais estamos à frente ! Ponto ! Continuamos na prossecução do nosso objectivo! Estou confiante apesar das adversidades...

Amigo Azzulli,

Bem sei que não "morres de amores" mas sinto ser da mais elementar justiça acrescentar outro ponto ao teu Post: Jorginho ! Por duas razões:
A primeira tem a ver com a sua consecutiva e bem sucedida presença a meio-campo: abriu o marcador e tornou o desafio fácil... (o que custa é o primeiro)...
A segunda tem a ver com a injustiça do Prof! Eu já vou conhecendo-o e até tive oportunidade de dizer ao Situacionista (com quem tive o prazer de ver o jogo) que o Jorginho seria substituído pelo Anderson... O Prof não muda uma "palha" na sua estrutura de alterações independentemente do resultado... Não é que não esteja de acordo com a entrada do nosso "menino" muito antes pelo contrário mas reconheço que o Jorginho não merecia... Segunda boa exibição !
No mais inteiramente de acordo! Considero que a lesão do Pepe (apesar do estiramento e não roptura vai ficar de fora nos próximos jogos...) é uma enorme adversidade! Contudo acho que estamos confiantes e acredito que não vamos perder mais pontos, independentemente de quem jogue! Ninguém ainda falou, mas a minha particular preocupação vai para o Belenenses, se calhar, embora em casa, o jogo mais dificil do que resta...
Saudações