domingo, 6 de agosto de 2006

Naufrágio em Amesterdão

Não quero "bater muito", até porque estamos no início da época, mas a nossa participação no Torneio de Amesterdão foi mesmo muito má.
 
Julgo que ambos os maus resultados fazem renascer os fantasmas da dificuldade de Adriaanse em vencer "jogos grandes". Contudo, os "medos" não ficam por aqui... Está provado que temos um excelente meio-campo (perfeitamente capaz de exercer o domínio sobre o jogo), mas... só isso! Guarda-Redes, Defesa e Ataque são três sectores que fazem tremer:
 
  • Guarda-Redes - O Helton está fora de forma; O Baía esteve bem melhor - talvez não fosse má ideia "assustar" o Helton dando a titularidade ao Baía no jogo da Supertaça.
  • Defesa - Parece-me que não há um único a jogar bem. Sei que há um que, mais uma vez, deu provas de uma imensa falta de categoria (e de jeito) - Bruno Alves. Depois, há jogadores que, noutras ocasiões, já mostraram ter valor (Bosingwa, Pepe, Pedro Emanuel), mas que têm estado mal...
  • Ataque - Absolutamente calamitoso. O que se passa com o Lisandro? Por que razão não joga?
 
Esperemos por melhores dias! Há, pelo menos, algo de muito positivo: a atitude e a vontade de vencer, mesmo com resultados muito adversos.
 
P.S. - Adriaanse continua a falar em excesso nas conferências de imprensa. Começo a ansiar o "blackout"!

2 comentários:

ze disse...

Quem é o Jorginho quem é, parece que tem medo de andar dentro de campo, como joga tanto tempo, dispensa nrº1 Jorginho
nrº2 Jorginho

O Situacionista disse...

Eterno,

Muito pertinente a alusão ao Lisandro. Que se passa ?

Subscrevo no íntegra a ...contenção verbal...