quarta-feira, 15 de abril de 2009

Faltou só um danoninho...

2ª mão dos quartos-de-final da UEFA Champions League
Estádio do Dragão, no Porto
Árbitro:
Massimo Bussacca (Suíça)

FC PORTO: Helton; Sapunaru (Tomás Costa aos 80m), Rolando, Bruno Alves e Cissokho; Lucho «cap» (Mariano aos 31m), Fernando e Raul Meireles; Lisandro, Hulk e C. Rodríguez (Farías aos (63m);
Treinador: José Gomes;

MANCHESTER UNITED: Van der Sar; O’Shea, Ferdinand, Vidic e Evra; Anderson (Scholes aos 77m), Carrick e Giggs; Cristiano Ronaldo, Berbatov (Nani aos 68m) e Rooney;
Treinador: Alex Ferguson;

Resultado final: 0-1;
Marcadores: Cristiano Ronaldo (aos 6m);

13 comentários:

dragao vila pouca disse...

Não sou adepto de vitórias morais, mas também não sou de chorar sobre o leite derramado. Assim como não embandeiro em arco nas vitórias, não dramatizo demasiado as derrotas.
Estou orgulhoso do trajecto do F.C.Porto na C.League e muito contente por verificar o crescimento desta equipa, que na fase de grupos, chegou a dar a ideia de não ter capacidade para ir mais longe. Eramos o adversário preferido nos oitavos-de-final e eliminamos os espanhóis do Atlético, que ficaram surpreendidos com a nossa qualidade.Voltamos a ser o adversário preferido nos quartos-de-final e discutimos até ao último minuto, da segunda-mão, com o Campeão da Europa, do Mundo e de Inglaterra, a passagem às meias-finais e mais do que isso, no conjunto das duas mãos, não fomos inferiores. Espero sinceramente, que os profissionais do F.C.Porto tenham o mesmo sentimento que eu tenho, não se sintam tristes, desiludidos e muito menos, abatidos. O sonho acabou, mas não acabou a época e há uma Liga e uma Taça para conquistar.

Em Coimbra, no próximo Domingo, tenho a certeza que os adeptos portistas vão acorrer em massa e manifestar todo o carinho e apoio, à equipa, dizendo-lhe claramente, que nos sentimos orgulhosos por tudo que foi conseguido até aqui e dizendo-lhe também, que estarão do lado dela nesta fase importante da temporada, para a ajudar, com a sua presença, a atingir as vitórias necessárias para a conquista dos grandes objectivos desta época: o Campeonato e a Taça de Portugal.
Sobre o jogo, não posso deixar de dizer que esperava mais. Da equipa, mas também, de alguns jogadores, que hoje, não corresponderam às expectativas: Hulk, C.Rodriguez, principalmente, não jogaram nada, o que juntamente com a lesão de Lucho, fez o F.C.Porto, ficar aquém do rendimento esperado. Entramos mal no jogo, acusamos demasiado a responsabilidade, não fomos tão competentes, como temos sido e isso, contra equipas como o Manchester, é a morte do artista. Na primeira-parte então, foi o Porto do início de época que esteve em campo e não aquela equipa que surpreendeu a Europa.

Melhoramos um pouco no segundo período, mas ficamos longe, mesmo assim, do que já mostramos. Era preciso um Super-Porto, com todos no máximo das suas capacidades e hoje no Dragão, isso não aconteceu.

Nota final: o Manchester ontem, foi uma grande equipa e principalmente, uma equipa que fez valer a sua grande experiência. Defendeu exemplarmente e depois, teve em Anderson, um pivô que dinamizou todo o jogo da equipa. Tem jogadores com uma dimensão, que o F.C.Porto não tem, mas mesmo assim, não ganhou a eliminatória, da forma como esperava e teve de sofrer muito. É o melhor elogio que se pode fazer ao F.C.Porto.

PS- Hulk: espero que alguém coloque o Givanildo na ordem pois ele está a ter comportamentos de prima-dona e a discutir mais que a jogar. Está aliás, a ficar parecido com o pior Quaresma, o que não é bom augúrio.

Um abraço

Eterno Dragao disse...

O Manchester foi melhor no jogo de ontem, mas isso não invalida o facto de o Futebol Clube do Porto ter estado muito bem nesta eliminatória.

Custa sempre perder, mas o futebol também tem uma componente de sorte. O Manchester teve sorte no primeiro golo em Inglaterra (foi uma oferta) e no golo do Ronaldo, ontem (dificilmente voltará a marcar um golo igual). Depois, associou a essa sorte uma enorme competência defensiva e tática, no jogo de ontem.

Para o ano, voltamos a tentar ir mais longe. O importante é melhorar esta equipa, vendendo os que não querem ficar no clube (como Lisandro) e os que têm menos qualidade. Depois, é necessário pensar se não necessitamos de um "médio de combate" e... de um guarda-redes que domine a grande área e não apenas a linha de baliza.

Antes de tudo isto, se não se importam, vamos lá CONSEGUIR ESSE TETRA e buscar o caneco a Oeiras, faz favor! :-)

Poooooooooooooorto!

José Campos disse...

em 3 horas de futebol mostramos que fomos superiores e só não conseguimos o apuramento porque perdemos em detalhes e nesta competição os detalhes são fundamentais.
caimos de pé e perante o campeão europeu e mundial.
abraço

a nação azul e branca
http://anacaoazulebranca.blogspot.com

Fanático disse...

Não passámos a eliminatória, é verdade, porque no jogo de ontem, ocorreu uma mistura, explosiva, de falta de sorte,competência e experiência do MU após golo e,fundamentalmente, porque os jogadores do FCP não se conseguiram superar.

De qualque forma, gostava de ver como o jogo seria se o MU não tivesse marcado tão cedo, com o relógio a passar e ansiedade de um marcador a desforável a crescer... Mas isso de "ses" de nada releva agora.

Demonstrámos que somos a única equipa,e como competência, portuguesa que consegue ser parte do lote restrito das 8 melhores da Europa!!

Agora, há que refocar os objectivos e fazer a dobradinha, retomando o trilho das vitórias, no jogo decisivo por ser o próximo, com a Académica!

bLuE bOy disse...

Pequenas notas apenas:

Caimos... de pé, sem vergonha!
Vendemos (muita) cara a eliminação!
Impusemos medo nos de Manchester!
Golo... numa estirada indefensável!
Primeira parte... lenta!
Segunda parte... de mta raça e bravura!
4 oportunidades... 0 golos!
Não entendi... CR10 out, Hulk in!
Inferiores... em nada nos 2 jogos!
Público do Dragão... FABULÁSTICO e INCANSÁVEL no apoio até aos 94 min... e mesmo ainda já depois do apito final!
Eliminados... mas nunca derrubados!
Um sentimento... frustração!
C'est fini... mas sempre orgulhoso!
Pró ano há mais... e melhor ainda que este, aposto!!!

ps - não, nada tem a ver com o golo; pode parecer, mas não é de todo... mas só pelos manguitos, constantes provocações pás bancadas do Dragão, reafirmo o que sempre disse desse produto McDonald's, com tiques de FILHO DA PUTA da pior estirpe: CR7, ontem uma MERDA, hoje MERDA, amanhã e para todos sempre, um MERDAS!!!

camilo disse...

Obviamente triste, mas tb
MUITO ORGULHO EM SER PORTISTA, e orgulho no comportamento da nossa equipa.
Agora todos a Coimbra, com a equipa, para a conquista de uma vitoria rumo ao TETRA.
E assim para o ano lá estaremos de novo!

POOOOOOOOOOOOOORTO!!!!

Azzulli disse...

Sofrer um golo aos 6 minutos, e perder o Lucho à meia hora, são 2 rudes golpes. Vacilamos em ambos, mas aguentamos e recuperamos.

Continuo a achar o Helton mal batido no golo. Sim, é um remate forte e colocado, mas foi feito a 30 metros…

A inexistência do Hulk inviabilizou a grande maioria das nossas saídas para o ataque. E sem chegarmos lá à frente, sem criar desequilíbrios, não dá para marcar golos.
Acho que ele jogou os 90 minutos, na esperança de tirar um coelho da cartola.

Estivemos bem, compactos, lutadores. Fizemos um jogo bom. Pressionamos.
Mas com muito pouco poder de fogo.
Faltam remates com perigo.

Saímos da Champions perdendo 3-2 com o Campeão em título, nos quartos-de-final.
Diria que entre a desilusão da eliminação, podemos estar satisfeitos com a nossa campanha.

Agora, vamos dedicar-nos ao Campeonato e Taça.
E nada de desânimos no plantel. Só 4 equipas ficaram na Champions! 3 inglesas e o Barça.
Vamos recuperar fisicamente, e vencer a Académica já no fim-de-semana!
Força PORTO!

Mr.Duke disse...

Bastante orgulhoso mas muito triste...

Os nossos melhores jogadores no jogo de ontem penso terem sido o Cissokho e o Mariano.

Disputamos até ao fim a eliminatorio com o Campeão Europeu, tivemos oportunidades mas não soubemos aproveitar, em 2004 se calhar não tivemos oportunidades tão boas mas tínhamos um striker algo que penso ser a maior pecha deste plantel, temos Farias mas certos jogos é preciso alguém que vá lá cima de cabeça e isso já não tínhamos o ano passado nem temos este ano.

Basta recordar os 2 assombrosos golos do Benny em 2004 para o perceber.

Outra palavra de ódio e desprezo total para o palhaço com a camisola 7 de vermelho espero que não ganhe mais nada na vida pois o melhor do mundo também tem de ser um exemplo e um puto cheio de tiques de vedetismo e arrogância, quando perde foge e não fala e quando ganha é o maior da terra dele não interessa a ninguém, talvez volte a apoiar uma selecção quando houver a selecção do Norte ou do Porto até la não quero saber de mais desgraçados nem de jornais de merda nem comentadores nem o povinho que ontem logo no fim do jogo já ligava para a TSF a dizer que era patriota e como tal ia apoiar o Manchester até ao fim e que o Porto não merecia e afins, para esses só lhes digo que continuam a precisar de nos para estarem tristes ou felizes porque dá parte das equipas deles só têm azia e desgraça.

Força Porto fomos grandes continuamos grandes e seremos para sempre grandes, grandes no campo, grandes fora do campo enfim completamente grandes, regionais e internacionais!!!

Mr.Duke disse...

Um outro grande bem haja para o nosso Guarda-Redes não sou o seu maior fã mas o que vamos vendo por essa Europa fora seja O Cech seja o Reina.

Esteve bem a acabou o jogo com uma defesa brilhante ao remate do nrº7 adversário, remate esse que em Inglaterra tem sucesso muitas vezes.

O Situacionista disse...

Já só penso em ganhar em Coimbra.
Todas as baterias já estão apontadas para a cidade do Mondego. Onde tudo irei fazer para marcar presença.

Quanto a ontem - ambiente FENOMENAL !

Adoro as noites europeias.

Ontem foi mais uma grande noite.

Parabéns ao Manchester. Muito mais experiente (não há qq comparação) e com jogadores fabulosos. Destaco um que sempre me fascinou ver jogar. Pena não ter sido mais com A Camisola. De seu nome Anderson. FABULOSO ! Aplaudi de pé.

Em jogos contra estas equipas não pode haver o mínimo deslise. E nós tivemos pouquíssimos em relação à experiência da equipa. Mas tivemos. Lá e cá.

Ontem, foram 2:

- primeiros 15 minutos. Muito maus.
- substituição do Rodrigues. Só podia ser o Hulk.


Mas o saldo desta eliminatória, apesar de mau (porque perdemos), foi digno e honroso.

E o jogo EXTRAORDINÁRIO da 1ª mão já ninguém nos tira.

Nem a evolução BRUTAL dos nossos miúdos.

O FUTURO SERÁ NOSSO !

DO FUTEBOL CLUBE DO PORTO !

A COMEÇAR JÁ EM COIMBRA !

Justiceiro Azul disse...

Não me parece que a defesa do manchester tenha sido tão exemplar como isso. Na 2º parte, em alturas de maior pressão do Porto na área deles, era ver balões e cortes trapalhões da defesa.

Infelizmente perdemos, e deixa-me um grande amargo de boca, porque o Manchester apesar dos nomes que tem, não me pareceu estar tão bem como isso. Acho mesmo, que com o Arsenal não têm hipóteses, e se passarem, porque entre equipas inglesas tudo pode acontecer, na final são presa fácil para o Barcelona.

O Situacionista disse...

Hoje fizemos capa na Bola e até no Record ...

rapariga do norte disse...

A noite de quarta pode não ter sido feliz, mas apesar de termos sido eliminados, só tenho uma coisa a dizer que é sentir um enorme orgulho nesta nossa equipa, e dizer muito obrigado.