quarta-feira, 3 de junho de 2009

PARABÉNS CAMPEÕES



Já está !


Venha agora o Hóquei (falta uma vitória).


9 comentários:

Vasco disse...

Sou benfiquista ... mas dou os parabéns aos novos campeões que o foram com justiça. Benfica, digno vencido. Todavia, aqueles cânticos do SLB .. eram escusados. De resto venceu o desporto.
Relativamente ao nome do Blog ... Nunca foram campeões do mundo e muito menos Bi (tem que ser seguido) ... Já viram o CAMPEONATO DO MUNDO DE CLUBES? Não está lá o FêQuêPê ...

Steward492 disse...

Vasco, essa dor de cotovelo não te fica nada bem. Quanto aos canticos, antes isso que ter uma claque ilegal que serve de suporte a crime organizado. Ah, e quanto ao Álvaro Pereira desculpa lá qualquer coisinha...

O Situacionista disse...

5, 4, ... 3


"Assinei em 4 minutos
Álvaro Pereira está radiante com o facto de ter assinado pelo FC Porto. O JOGO contactou-o no hotel em que estagia a Selecção do Uruguai e Álvaro Pereira não podia ser mais eloquente: "Estou radiante. A decisão foi rápida, mas boa. Bastaram quatro minutos para assinar contrato. Vou para a melhor equipa de Portugal". Uma declaração que tem a curiosidade de derrubar o anterior recorde de contrato mais rápido pertença de Cristian Rodriguez, que, ao trocar o Benfica pelo FC Porto, declarou ter levado escassos cinco minutos a assinar pelos Dragões. “
(OJogo)


Bom ... eu gostava ainda mais (era) de ver Cissokho assinar a renovação em 3 minutos ... mas já percebi que deve estar muito complicado ...

Fanático disse...

Gostei especilamente da frase: "Vou para a melhor equipa de Portugal"

Também já tinha pensado que o Aly deve ter propostas das arábias...

O Situacionista disse...

Vasco, apesar de vermelho, seja bem-vindo.

Agradeço os seus parabéns. Fica-lhe muito bem a atitude. Devemos sempre saber reconhecer os melhores. Sem arranjar desculpas (esfarrapadas).

Sim, concordo, foram uns dignos vencidos. Aliás, como começou por reconhecer o nosso fantástico treinador, Carlos Resende, mal falou para a TV.

Quanto aos cânticos, contra os quais desespero quando entoados em jogos onde não entram os vermelhos, porque os considero totalmente redutores, não tenho qualquer dúvida em os considerar perfeitos quando o adversário seja ... esse !

Aliás, eu no seu lugar, sendo adepto de um clube que, independentemente da modalidade, tenta ganhar (de forma patética, ridícula e degradante) na secretaria o que perdeu, de forma humilhante (23 pontos !), em campo, até teria vergonha de criticar um simples cântico ...

Quanto ao nome do blog, são comentários como o seu que o engrandecem ainda mais. Sabe, tal nome e sua fundamentação (única em Portugal e raríssima no mundo !)são o nosso ORGULHO e a INVEJA dos outros. Quer melhor ?

De resto, fiquei então a saber que o FCPorto também não é bi-campeão europeu, nem bi-tricampeão nacional, muito menos bi-tetra campeão nacional, nem para o ano poderá vir a ser bi-penta campeão nacional ... OBRIGADO !

Mas também lhe digo o seguinte - o meu SONHO é ser BI-TRI... bem seguidinho...

Fanático disse...

Vasco,

No andebol,como no futebol, a vitória foi sem espinhas, sem secretaria, sem apitos, sem carolinas!!

No tocante a BICAMPEÕES DO MUNDO, é um motivo enorme de satisfação e orgulho poder ostentar este nome e que ao FCP, e apenas este, se deve por ter atingido um feito que muitos outros (todos) clubes gostavam de poder usar!

De resto, já pensou tomar um Kompensan que isso passa?

dragao vila pouca disse...

Ontem, mais uma vez lá estive e posso dizer que o ambiente, fez lembrar os melhores tempos do Américo de Sá.
Fomos os melhores da 1ª fase, dos play-off e naturalmente, somos uns Campeões indiscutíveis.

Um abraço

Del Giorgio disse...

não tem nada a ver mas publiquem a vinheta do "rapinar o uruguaio" :)

http://www.ojogo.pt/jogo_sistema.asp

Ricardo disse...

Foram justos vencedores. Mereceram suceder ao Benfica no título de campeões.

É pena não ser assim em todas as modalidades. O desporto seria mais bonito se os melhores ganhassem e os vencidos pudessem dar os parabéns aos vencedores por tudo se passar na maior das legitimidades. Mas isso são velhas contas de quem já não acredita que o futebol algum dia se regenere.