quinta-feira, 25 de junho de 2009

Vendas vs. Aquisições

E cá estamos nós a viver mais uma "novela veraniana" :
- Se o Lisandro sair (para o Lyon) poderá entrar o Luis Garcia... Sinceramente, com ou sem Lisandro, sendo bom jogador será sempre será bem-vindo... Pode-se sempre questionar se a titularidade será facilitada sem o Lisandro... Por outro lado, não será de descurar a eventual possibilidade de jogarem em simultâneo...
- Se o "dentuça 1" sair (para o Milan) já temos alternativa...
- Se o Lucho sair (para o Marselha) teremos alternativa? Eu acho que é melhor ficar... Mas há certamente quem pense o contrario....
- Se o Meireles sair (ontem em entrevista no Jogo o proprio considerou a possibilidade...): espero que seja isso mesmo, ou seja, que não passe de eventual possibilidade, caso contrario...
- Se o Helton "dentuça 2" sair, já temos alternativa! Reconheço que há quem pense que faz falta... Sinceramente , acho que acaba por não fazer...
- Já perdemos o Nene (que seria uma excelente contratação para colmatar eventual saída do Lisandro...)
Enfim, pretendo com este "abrir" a discussão..
Saudações

8 comentários:

O Situacionista disse...

Vou ser polémico.
Mas é a minha opinião.
Então cá vai:

Eu acho (mesmo) que devíamos comprar o Quaresma.

Ele nunca me enganou.

Ora leiam só esta:

"Quaresma: As razões da rejeição da candidatura

CARTÕES DE SÓCIO ILEGÍVEIS E NÚMEROS RASURADOS, ENTRE OUTRAS


Fotocópias de cartões de sócio ilegíveis e números de associados rasurados são algumas das falhas que motivaram a rejeição do processo de candidatura de Carlos Quaresma às eleições no Benfica, segundo o que o processo, ao qual a Lusa teve acesso.

Carlos Quaresma anunciou quarta-feira que interpôs uma providência cautelar no Tribunal Cível de Lisboa, alegando como fundamentos para ação irregularidade das candidaturas de Luís Filipe Vieira, "por violação clara dos estatutos", e de Bruno Carvalho por "não ter cinco anos de sócio efetivo".

No processo de candidatura de Carlos Quaresma, entregue na secretaria-geral do clube a 22 de junho, são visíveis documentos rasurados, listas de nomes escritas à mão, fotocópias ilegíveis de cartões de sócio, associados inelegíveis e nomes sem a respectiva indicação do cargo ao qual se candidatam.

Um dos documentos da candidatura a que a Lusa teve acesso mostra mesmo um candidato apenas identificado como Maximiano."

( http://www.record.pt/noticia.aspx?id=bb6c245e-8017-47ea-834a-e32ba072e9d9&idCanal=00000011-0000-0000-0000-000000000011 )


POR FAVOR, NÃO SE RIAM ....


... incluindo tu, Maximiamo...


Ora digam lá, é ou não é o clube mais grande democrático do mundo ?

O Situacionista disse...

Falando mais a sério (embora ainda me esteja a rir com a do Maximiano !!!!), eu acho que devíamos comprar mais um médio centro. Que não seja dependente mas ao mesmo tempo goste de posse de bola. Já aqui sugeri o Rubem Micael.

De resto, e depois das compras que já fizemos, penso que só devemos comprar de acordo com as vendas que venham a ser feitas.

Orgulhoazulebranco disse...

Diz n'"O Jogo" que o nosso Aly está de rastos pelo falhanço na transferencia para o AC Milan.O empresário diz estar mesmo muito preocupado com a situação psicológica dele,principalmente por ser ainda muito novo.
E é mesmo isso: ele é muito novo,e tem toda a chance de um dia ingressar num clube que lhê real valor e que tenha mais consideração por ele.Claro que seria fantástico num ano ir da 2ªliga francesa ao Milan,mas não foi possível. Ele tem a carreira à frente dele,calma.

Contudo,eu não sei como funciona a cabeça dele.Cada um tem a sua forma de reagir às adversidades e também por ser muito novo,pode ter mais dificuldade em reagir a isto.E acredito que tem.Só ele sabe o quanto custa. Se o Cissokho está assim tão mal cabe a todos nós levantar-lhe a moral e fazer com que ele recupere a alegria. E eu tenho a certeza que isso vai acontecer sabendo como funciona a estrutura do FCP,e a mística e união que caracterizam o grupo de trabalho.

Saudações =)

O Situacionista disse...

Orgulhoazulebranco,

Totalmente de acordo quanto ao que vai acontecer.

Aliás, quem deve estar ainda mais de rastos do que o Cissokho é o empresário dele ...

Sempre disse...

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
Revolucionar o Futebol profissional em Portugal, pela implementação de um novo modelo de gestão, financiamento e organização.

http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

Azzulli disse...

Acho que no meio campo temos de ter mais uma ou duas soluções. Um trinco e um médio de bom toque de bola.
Jovens. Da formação, de preferência.

Também devemos ter extremos. Não sei se o Candeias e o Diogo Viana vão ficar no plantel... mas precisamos de extremos.

De resto é colmatar as saídas.

O Situacionista disse...

Ora cá vai mais uma sugestão de leitura:


"Gémea de Carolina Salgado diz que mentiu sobre "envelopes"

Ana Salgado apresenta queixa no Ministério Público e alega pressões da irmã para incriminar Pinto da Costa

A gémea de Carolina Salgado apresentou uma terceira versão no Apito Dourado. Após ter acusado Pinto da Costa de a subornar, alega, agora, ter sido pressionada para mentir em favor da irmã. E envolve um procurador numa queixa.

Aparentemente de forma voluntária, a 15 de Maio passado, Ana Salgado deslocou-se ao Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) do Ministério Público do Porto para apresentar a referida "queixa", segundo a qual, ao denunciar, a 4 de Março passado, que foi paga por Pinto da Costa em envelopes mensais de cinco mil euros em notas para mentir, pretendeu apenas beneficiar a irmã.

Ana diz, agora, que aquela denúncia é falsa e foi feita por pressão de Carolina, que estaria preocupada com o processo dos incêndios dos escritórios do presidente portista e do advogado Lourenço Pinto, cujo julgamento está marcado para o próximo mês. A ideia seria desacreditar Pinto da Costa, preparando assim caminho para a sua absolvição. Sobre o dirigente recairia, também, a suspeita de crimes de suborno e instigação a falso testemunho.

Na queixa, segundo informações recolhidas pelo JN, Ana Maria descreveu como, alegadamente, reatou relações com Carolina e combinou a versão incriminatória para Pinto da Costa apresentada num inquérito da Procuradoria-Geral da República (PGR) que averigua o "teor e circunstâncias" do depoimento que, em Junho de 2007, prestou do DIAP do Porto (ver coluna ao lado).

Descreveu, também, a forma como, na madrugada de 4 de Março passado - no primeiro dia do julgamento do caso "envelope", em Gaia, no qual Pinto da Costa acabou absolvido -, foi levada e recebida na PGR pelo procurador-geral adjunto, Agostinho Homem, após contactos com os advogados de Carolina. Ana afirma que este magistrado lhe disse que nunca acreditou na sua primeira versão. E diz, ainda, que assinou o auto com as declarações contra o presidente do F. C. Porto sem o ler.

Contactado pelo JN, Agostinho Homem, jubilado desde o passado dia 3, admite ter conhecimento da nova versão de Ana. "Não merece comentários. Fiz tudo com toda a legalidade. Em 40 anos de trabalho, dei sempre a ler as declarações às pessoas inquiridas e advogados", frisa.

O ex-vice-procurador-geral da República acrescenta que não se sente "atingido" pelas declarações de Ana e que, para já, não apresenta queixa--crime: "Se vier a esclarecer o que diz, poderei participar dela na devida altura".

( http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1274479 )



Pois é, Sr. Procurador. É o que dá ouvir, inexplicavelmente, pessoas à 1h da manhã ... e depois ir a casa delas para as continuar a ouvir ... agora, aguente ...

O Situacionista disse...

Já que falei nas versões das salgadas, cada qual melhor do que a outra, vou falar noutro episódio, este REAL, mas que parece mais uma versão das salgadas.

Então não é que o Orelhas, presidente demissionário e em período eleitoral, acaba de celebrar um contrato com a nova moda do futebol - as cervejeiras - por um prazo de ..... 12 anos ???!!!!

Vou repetir, 12 anos !!!!!!!!

ORELHAS FOREVER !!!!