quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Não se riam....

...se não levam um soco...lari !

24 comentários:

Anónimo disse...

Que vergonha.

http://www.voteyourteam.com/

E vocês já votaram hoje?

Vá lá o FCP precisa de mais votos.

Podem votar de hora em hora.

Anónimo disse...

Ás vezes os treinadores perdem a cabeça, estou-me a lembrar de um que arrancou a bola da mão a um jogador adversário quando se preparava para lançar a bola rapidamente,um que rasgou a camisola de um jogador adversário, e disse que ele devia morrer em campo.Enfim....

Eterno Dragao disse...

Tenho uma certa simpatia pelo nome do jogador sérvio: DRAG...UTINOVIC... Não deixa de ser irónico que se transforme no símbolo do ocaso de Scolari.

Mais grave do que a agressão é a entrevista. Mais grave do que a entrevista é a leitura de jogo a partir do banco. Tudo muito mau.

Ai se tivesse sido o Oliveira a dar o "gancho"...

Azzulli disse...

O Scolari está em queda livre, e está a arrastar a selecção com ele...

É este o momento de o despedir com justa causa.

Constista disse...

Também, não é preciso "esculhambar"... :-)

contista disse...

Naturalmente, o comentário anterior deveria estar assinado como "contista".

Fanático disse...

Quem devia ter levado um (ou dois ou arraial de porrada) era o palhaço deste que se diz treinador.

Não construiu a equipa como devia (RQ e HA); não substituiu quando devia e depois ainda se põe armar em carapau de corrida numa arrogância inacreditável.

E ainda há gente que o defende!!

Não tenho paciência para escrever mais sobre este assunto.

justiceiro azul disse...

Se a direcção da nossa federação tivesse um mínimo de nível, a esta hora o Scolari já deveria estar despedido com justa causa.

O Situacionista disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Situacionista disse...

Com o nosso patrocínio:

E tapeão é...soco...

pessoa não partidária da situação política existente disse...

Tudo começou por não terem devolvido a bola como mandam as regras do fair-play.
Adivinha: Quem foi o primeiro clube a fazer isso?

O Situacionista disse...

Parece que o Cartelista Escolari vai dar uma conferência hoje às 18.30h.

Sugiro a todos os jornalistas, mesmo àqueles que fazem parte da corja jornaleira, que levem capacete de protecção, tipo aqueles que são usados pelos guarda-redes de hóquei em patins. Nunca se sabe.

É que ele pode querer continuar a defender o Quaresma do ataque de que este estava a ser alvo por parte dos marcianos ...

P.s. – Especialmente os vermelhos, mas também os verdes, desde sempre ferrenhos e facciosos adeptos deste personagem - que, depois de os analisar, os conquistou com uma simples e básica atitude antiporto - , ontem “perderam” mais um herói. O segundo num espaço de 4 dias. Um sargentinho e uma escritora de METADE de livros. Que belo par !
É duro ... mas nada que uma caixa de kompensan não cure...

P.s. 2 – Para os que comem muito queijo, relembro apenas que o personagem em questão teve o desplante de dizer que não vinha ao Porto porque era muito longe e chegou a ter o atrevimento de intimidar um ou outro jornalista (sobretudo os poucos não amestrados) quando estes lhe faziam perguntas de que ele não gostava retorquindo-lhes, em tom ameaçador, se eram do Porto....

Eterno Dragao disse...

Depois, vai à Grande Entrevista com a Judite, à RTP.

Presumo que amanhã seja recebido em S. Bento e em Belém.

Eterno Dragao disse...

a Judite... de Sousa, claro.

O Situacionista disse...

Eterno,
Quem vai ter de ir, um dia destes, à outra “Judite” é o Mafioso Apitador Vermelho. Vai ter muito que explicar.

Mas não falemos disso hoje porque eles são muito frágeis e já tiveram dose que chegue ...

Eterno Dragao disse...

Estou muito comovido com a conferência de imprensa do Scolari. Já enchi o teclado de lágrimas...

Eterno Dragao disse...

Meu povo: peço desculpa pela ironia do meu comentário anterior. Se errei, peço desculpa. Valeu?

Eterno Dragao disse...

Já pedi desculpa?

O Situacionista disse...

Também vi !

F-A-B-U-L-O-S-O !!!

Como ele, apesar de só ter defendido o Quaresma dos marcianos, pediu desculpas a todos e a mais alguém, devo confidenciar-vos que o meu cão, como é muito sensível, já me comunicou que as aceita...

Eterno Dragao disse...

Programação da RTP alterada: "Grande Entrevista" substituída por "Perdoa-me".

O Soldado Azul disse...

Pois é... quanto o vento não corre de feição eis que o "lider de tudo e de todos" passa-se e ... cá vai alho!!! Totalmente inaceitável...
É impressionante como este homem(com certeza muito mais pela antipatia com o nosso clube do que pelos resultados já conseguidos pela Selecção) consegue ser ... idolatrado... pelo, por ex. Dias Ferreira, como se viu na Sic Noticias !!!
É igualmente impressionante como há homens que quando perdem, perdem mesmo, até a cabeça...
Não tenho dúvidas que a sua grande qualidade (e se calhar a única) é a motivação que incute no grupo, mas como "técnico" é um verdadeiro desastre!!! Não sabe fazer substituições e continuou a apostar numa dupla de centrais (que pelo facto de serem muito parecidos tecnicamente) ... não funciona! Se Jorge Andrade estava no banco, qual a dúvida? Não chegou o jogo da Polónia? Enfim...
Bem sei que o árbitro ajudou muito à festa mas ... a Selecção não joga !!! Quem a voiu e quem a vê...

Anónimo disse...

Para individuos que não acharam graves as atitudes do Mouro inho ( rasganso de camisola e manifestação do desejo de um futebolista morrer em campo), do Deco (agressão do ábitro á botada), do Ferndo C.,(este levou a árbitro de marcha atrás de uma baliza á outra), etc...etc...etc... estão muito criticos

Anónimo disse...

O episódio da agressão a Dragutinovic não é virgem no currículo de Scolari. No passado já aconteceram outras cenas de pugilato do seleccionador, um homem capaz de soltar uma lágrima com a mesma facilidade com que dá um murro quando ferve.

Desde o início da carreira de jogador, aliás, que Scolari é conhecido pelo carácter durão. Ele que era um central forte, implacável e feroz. Os episódios mais marcantes, porém, surgiram já desde que o brasileiro se tornou treinador.

O primeiro, pelo menos entre os mais mediáticos, surgiu em 1995, e teve do outro lado o treinador Wanderlei Luxemburgo. Foi durante uma meia-final da Taça Brasil, disputado no Olímpico de Porto Alegre entre o Grémio e o Flamengo.

Scolari era na altura treinador da equipa da casa e irritou-se com as queixas constantes de Luxemburgo sobre o comportamento dele no banco. No final do jogo, dirigiu-se ao adversário e deu-lhe um encontrão ao qual Luxemburgo não reagiu.

Em 1997, quando já treinava o Palmeiras, numa final do Brasileirão, Scolari teve outra cena que ficou para a história no Brasil. Desentendeu-se com o jogador Valber, do Vasco da Gama, junto à linha e bateu-lhe com a bola a cara.

O episódio mais marcante surgiu porém em 1998. Também no Palmeiras. No final de um treino, Scolari falava com os jornalistas, quando Gilvan Ribeiro, repórter do Diário Popular, lhe perguntou por que não deixava os adeptos ver o treino.

O treinador ficou irritado e respondeu que não tinha sido ele a determinar o treino à porta fechada, o jornalista insistiu que recebera indicação do guarda do recinto, os dois começaram a trocar acusações até que Scolari deu um murro na boca do jornalista.

Dois anos depois, ainda no Palmeiras, Scolari foi apanhado por uma televisão a pedir aos seus jogadores que batessem, cuspindo se fosse preciso, no avançado do Corinthians Edilson, num jogo da Taça Libertadores da América que era decisivo.

Portugal também teve um cheirinho do carácter difícil de Scolari quando se irrita. Numa conferência de imprensa, o seleccionador teve uma reacção agressiva para um jornalista que lhe fazia perguntas sobre Baía, repetindo «você está abusando, você está abusando».

Pobres V.Baia.S,Conceição e sobretudo ZEQUINHA!!!!!!

Anónimo disse...

O Dr.Bexiga levou muitas mais, sabemos todos a mando de quem.