domingo, 13 de abril de 2008

Venha o 2º round...

Estádio do Bonfim, em Setúbal
26ª Jornada da bwin Liga 2007/2008
Árbitro: Elmano Santos (AF Madeira)

V. SETÚBAL: Eduardo; Jorginho (Ricardo Chaves, aos 46 m), Auri, Robson e Adalto; Elias (aos 46 m), Hugo e Bruno Ribeiro; Kim (Cláudio Pitbull, aos 58 m), Filipe e Paulinho;
Treinador: Carlos Carvalhal;

FC PORTO: Nuno; Fucile (Bosingwa, aos 46 m), Stepanov, João Paulo e Lino; Lucho Gonzalez (Hélder Barbosa, aos 75 m), Bolatti e Kazmierczak; Mariano Gonzalez, Lisandro Lopez (Adriano, aos 66 m) e Ricardo Quaresma;
Treinador: Jesualdo Ferreira;

Resultado Final: 1-2;
Marcadores: 0-1, Lisandro Lopez (aos 25 m); 0-2, Mariano Gonzalez (aos 29 m); 1-2, Hugo (aos 37 m);

Confesso-vos que vi o jogo muito tranquilo.
Qualquer que fosse o resultado para mim o jogo já estava ganho.
Horas antes. Por goleada.

E o marcador de serviço foi o NGP.
Com uma intervenção poderosa. Na sua melhor forma. Corrosiva. Explosiva. Acutilante. Implacável.
Como nunca. Como sempre.

Deixo-vos o essencial das suas declarações: "Quanto mais vitórias temos, mais os invejosos e os desonestos vão montar cabalas. Podem constituir-me arguido todos os dias, podem dizer que fiquei com o dinheiro da Dona Branca, podem dizer que ando com pó branco nos pneus do meu automóvel, podem dizer o que quiserem e dar credibilidade a quem quiserem, por mais desonesto que seja. Apesar de viver num país em que o Procurador-Geral da República não sabe se tem o telefone sob escuta - sabe menos que eu, porque eu sei que o tenho - mas se ele não o sabe, eu digo que temos de esperar tudo. Podem dizer o que quiserem, inventem o que quiserem, porque eu acredito na justiça divina e hei-de lutar eternamente para que o FC Porto seja o maior. Não recuarei... E até podem comprar testemunhas nas feiras, que eu hei-de continuar a orgulhar-me de ser do FC Porto e de Portugal."

O NGP, imparável, também não deixou passar a goleada dos “milhafres”, dizendo que: "É evidente que os tris se vão banalizando. A esta hora, em Coimbra, também se festeja um tri." E acrescentou: "Ontem estava estava num concerto, no terceiro aniversário da Casa da Música - mais um tri - e o meu telefone não parava de receber mensagens. Eu já nem percebia nada, porque o teatro estava escuro e depois falavam-me em lampiões e candeeiros. Mas recebi uma que vou guardar. Era da minha filha e dizia: Deus não dorme. Há-de ir tudo para o sítio certo."

A “corja jornaleira” também não escapou: "Não vamos ficar pelo tri, vamos estar conscientes que cada vez vamos ter mais inimigos, cada vez mais esses jornais, que estão ao seu serviço, vão continuar a mentir e a difamar, vão continuar a vender à custa da porcaria que escrevem."

Quanto ao jogo em si, bom... foi um típico jogo entre duas equipas nitidamente com o pensamento na Taça de Portugal. Em gestão.
.
O FCP, sem 7 titulares habituais, dominou na 1º parte, embora se notasse a menor rotina de jogo do conjunto. Felizmente que fisicamente a equipa não comprometeu, graças aos jogos da Liga Intercalar que muito úteis são para manter os jogadores menos utilizados com um decente ritmo de competição.

Na 2ª parte o Setúbal (boa equipa) soltou-se e criou uma série de oportunidades de golo. O empate seria um resultado justo.

O jogo de terça-feira promete.

P.S.: Tanto os chamaram que eles aí estão: "A PSP do Seixal foi, ontem, chamada ao centro de estágio do Benfica, com o intuito de controlar um grupo de adeptos que se dirigiu ao complexo para interpelar os jogadores no final do treino. Rui Costa foi o principal interlocutor e apaziguador da insatisfação dos simpatizantes pela humilhante derrota da véspera ante a Académica. Os agentes haviam sido chamados pelos seguranças do complexo encarnado, como forma de garantir a saída dos jogadores sem incidentes. Os futebolistas foram abandonando o centro de estágio nas viaturas particulares, sempre cabisbaixos e sob olhares de alguma incredulidade, embora não se registassem quaisquer desacatos."

As palavras dos nossos intervenientes:
Jesualdo Ferreira
"Duas partes distintas. O FC Porto fez uma primeira muito boa, até aos 30/35 minutos. Impôs um ritmo forte, com bom jogo colectivo, jogadas ofensivas de muita qualidade e dois golos. O Vitória animou com o golo e fez uma segunda parte melhor. Jogou com muita qualidade e, acima de tudo, com muita raça. Ganhámos bem pelo que fizemos na primeira parte. Acima de tudo, chegámos aqui com vontade de ganhar, apesar da distância que temos dos nossos adversários. E este é o registo mais importante: a atitude e o profissionalismo dos jogadores do FC Porto. Notou-se também que os atletas com menos jogos acabaram por usufruir das provas intercalares. Neste contexto, este jogo foi importante, porque criou motivação para o próximo jogo e porque sentimos as dificuldades que teremos aqui para a Taça. O Vitória é, realmente, uma equipa muito boa, muito bem organizada e com uma excelente estrutura de jogo. Está em aberto um bom jogo na terça-feira."

Um abraço a todos e um forte TRI... CAMPEÃO!!!

8 comentários:

O Situacionista disse...

Jogo agradável de seguir.

Gostei de ver a nossa equipa. Especialmente alguns dos jogadores menos utilizados, como Bolatti, Kaz e Mariano.

Os centrais também não comprometeram.

Pena o dia mau do grande Nuno. Acontece aos melhores.

Adoro o espírito competitivo do FC Porto. É SEMPRE PARA GANHAR !


O Setúbal mostrou que joga MUITO. Mesmo muito. Tal como nós, tem um conceito de jogo. Uma ideia de futebol. Independentemente de quem joga.


3ª feira vai ser um jogo TERRÍVEL. Em que nós somos apenas ligeiramente favoritos.

Penso que poderá haver alguns factores decisivos a nosso favor - a condição física e o banco. Temos é de os saber aproveitar. Até porque o jogo pode ir a prolongamento (prof., treine os penaltis).

Muita atenção que o Setubal é MUITO MAIS do que comissionista Pitbull.

Como sempre o Futebol Clube do Porto não brinca em serviço e ficou em estágio na terra do Palmelão.

Repito, é este o ESPÍRITO DO DRAGÃO !


QUERO IR A OEIRAS !
QUERO IR A OEIRAS !
QUERO IR A OEIRAS !
(e, no caminho, atacar um leitão...)

Termino com uma curiosidade - vou estar muito atento a Janício.

dragao vila pouca disse...

É preciso um Porto bem melhor na terça-feira e acredito que vai aparecer.
O Situacionista vai estar atento ao Janício, para quê?
Um abraço

O Situacionista disse...

Penta,
De facto, o discurso de ontem do NGP foi ... À MODA ANTIGA !

ARRASADOR.
(se aparecer no youtube seguramente que o colocarei no blog)

Ou como tu brilhantemente dizes, ele esteve "Como nunca. Como sempre."


Vila Pouca,
Apenas porque quero avaliar (ou melhor, confirmar que/) se seria uma boa opção ao Zé, se este for embora.

Penta disse...

Também já andei à procura do video e ainda não encontrei.

dragao vila pouca disse...

A canção para Domingo tem como refrão: não ganham nada, é só choradeira, chora o Rui Costa, chora o Chalana e chora o Vieira.
Um abraço

Fanático disse...

O melhor: a vitória, a exibição da primeira parte, a jogada do 2º golo (parecia bilhar geométrico), o espírito vencedor e, acima de tudo (num misto de fé e desejo), a vantagem psicológica para 3ª feira.

Menos: o nervosismo do Nuno que foi, decerto, passageiro e augurar uma exibição em grande na 3ª feira,não só porque tem sido opção para taça, como parece que o Helton não está recuperado.

E para fim, mesmo o melhor: O NGP!

A corja jornaleira (vg o Rui Geloso Santos, ontem) ainda não percebeu que esta é única (além das vitórias e títulos, o que mais lhes dói) resposta possível aos ataques de que o FCP e NGP têm sido alvo e que ninguém, além de nós vê ou quer ver.

E a melhor forma de dar continuidade aos ataques é ganhar na 3ª feira.

Azzulli disse...

Foi um jogo muito estranho, cheio de segundas escolhas de parte a parte.

Jogamos bem, mas é grande a diferença para o nosso onze principal.

Venha lá esse jogo para a Taça!

Quanto à SportTV, expliquem-me a escolha do vermelho Helder para comentador.
Tirou agora um curso de especialista em futebol? Ou basta ter sido jogador dos vermelhos? Que falta de seriedade...
O homem nem se expressa bem.

Expliquem-me também porque é que o Coroado disse, na Antena 1, durante e depois do jogo, que o 1º golo do FC Porto foi em fora de jogo, quando se vê perfeitamente que é legal? E no dia seguinte n’O Jogo, diz que o golo foi legal…

nelote disse...

E o segundo também foi legal, isso nem se põe em causa, golos do porto são todos legais, mesmo que não sejam.
Perceberam? Ou querem um desenho?