sexta-feira, 30 de maio de 2008

Pensar alto: Independentemente do que ficar decidido até final de Junho, estas capas, este jornal e um certo clube, jamais serão esquecidos





..
.
.
..
..
.
..
.
.
.
.
.
.
.
.
.
..
.
P.s. – Para memória futura – Continuo com a firme convicção que vamos estar na Champions para o ano. Mantenho, portanto, a serenidade. Completa. Baseada, como sempre, na confiança absoluta que deposito no maior dirigente desportivo de todos os tempos – Jorge Nuno Pinto da Costa.
No entanto, se a decisão final, que deverá ser conhecida, no máximo, até ao dia 30 de Junho (na eventualidade de o caso chegar ao TAS), for no sentido de afastar o FC Porto, tenho a certeza absoluta que o NGP saberá, como sempre, retirar todas as ilações.

9 comentários:

nelote disse...

Estou a chorar com pena de vocês.

O Soldado Azul disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Soldado Azul disse...

Eu vou aguardar pela decisão final mas deixo-vos já um desabafo:
Começam a ser vários os acontecimentos no minimo estranhos... em particular, para já, o Paulo Assunção! Eu não quero acreditar que o FCP não tenha chegado a acordo por causa do salário, quando jogadores muito menos importantes têm salários mais elevados... Perder um jogador muito influente que poderia muito bem jogar mais duas épocas ao nível a que nos habituou é, no minimo, muito... estranho!
Aliás, desde a "inoportuna" viagem do Bosingwa a Londres que a Direcção do nosso clube não vive os melhores dias... Parece que a Direcção anda a tomar decisões nada
habituais em comparação com a conduta e a firmaza com que sempre demonstrou o nosso NGP .. o que me deixa particularmente muito preocupado e temeroso com os próximos tempo... contudo tenho a esperança que esta preocupação "seja sol de pouca dura"...
Saudações

Eterno Dragao disse...

Obrigado, Nelote. É nestas alturas que se conhecem os amigos. A sua presença neste espaço virtual, num momento tão difícil para nós, deixa-nos sensibilizados e eternamente gratos.

Eterno Dragao disse...

Situacionista: para já, limito-me a subscrever as tuas palavras.

nelote disse...

Não tem que agradecer meus caros é um sentimento que me vem não sei de onde e me faz não sei o quê e eis senão quando desato a chorrar compulsivamente, pensando quão tristes estarão os meus amigos portistas....

Barba azul disse...

Obrigado Nelote, sei que és uma alma sensível e te preocupas conosco, mas quero-te descansar: não sei ao certo o que estou a sentir com isto, mas tristeza não é!
Qualquer coisa me diz que se efectivamente a nossa exclusão se verificar, será melhor comprares mantimentos e não saíres à rua por uns tempos...Passa palavra aos teus amigos

dragao vila pouca disse...

Deixo aqui um comentário que também
coloquei no blog Bibó-Porto:

É difícil, eu sei, manter a calma numa situação como esta.Eu sem paternalismos, mas porque já passei por situações como portista, muito complicadas, entendo que devemos dentro do possível, manter a calma e confiar.
Na altura própria os responsáveis do F.C.Porto darão todas as explicações necessárias: sobre o Mercenário e sobre a C.League.
Nessa altura e só nessa altura eu poderei dizer o que penso.
A hora é de cerrar fileiras, de unidade, para resolver este gravíssimo problema, depois haverá tempo para o resto.Se começarmos já a falar em demissões para a frente e para trás, se nos dividirmos, se abandonarmos o barco...então as coisas ainda ficarão piores e vão ser precisos muitos anos para voltarmos a ser o clube que somos.
Como o Lucho eu espero até à decisão final que pode não ser quarta-feira.
Só mais uma nota: não se deixem impressionar com algumas notícias que já começaram a surgir, são sempre os mesmos, que nos colocam numa situação pior do que é.
Este momento serve também para ver quem está e quem não está, dentro do próprio F.C.Porto.
Um abraço

O Situacionista disse...

No dia 4 de Junho, a próxima 4ª feira, o FC Porto vai provavelmente ser castigado pelo Conselho de Disciplina da Uefa.

O circo está montado nesse sentido.

De outra forma seria até estranho que a Uefa tivesse aberto o processo disciplinar.


A questão está em saber como vai decidir o Comité de Apelo da Uefa, para onde o FC Porto recorrerá.

É aqui que todos os trunfos se jogarão.

E eu acredito que, no final de Junho, estaremos a analisar os nossos adversários na Champions.