terça-feira, 20 de junho de 2006

INQUÉRITO

Hoje o desafio é um inquérito, nova moda dos jornais:
 
    1) Faz falta ao plantel um defesa direito?
 
    2) Quem é mais indispensável, o Sokota ou Benni Macarthy ? (não é provocação e parece não ser dilema para o treinador)
 
    3) O FCP é o favorito para próxima edição da Liga 06/07?
 
    4) Com o plantel que tem e com a experiência da época anterior, até onde pode chegar o FCP na próxima LC?
 
    Respondam e sugiram novas perguntas.

7 comentários:

Fanático disse...

1) Sim, claro. Apesar de opniões em sentido contrário de famosos participanyes deste blogue (sim, estou a falar do Sitacionista, para que não restem dúvidas), desde logo porque só temos o Zé Bozinga e que é não lateral de raiz, apenas de experiência.

2)Não percebo a fixação do treinador no croata que passa mais tempo no departamento médico do que a treinar(já não falo em jogar). De qualquer forma, eu gosto do BM, ainda que reconheça que não é bom profissional.

3)Sem dúvida.

4) No mínimo à segunda fase de grupos.

Eterno Dragao disse...

1) Claro que sim. Não há nenhum!
2) A pergunta está mal redigida. Devia ser "Quem é mais dispensável"? Feita a correcção, a resposta é "os dois"
3) OBVIAMENTE
4) Só posso responder depois de saber onde é a final, no próximo ano

O Situacionista disse...

1) Como disseste e bem, a minha resposta é não. No actual sistema de 3 defesas não há melhor que o Zé. Depois ainda há o RCosta.

2) O mais indispensável vai ser vendido...

3) Deverá ser esse o(s) objectivo(s) n.º 1, 2 e 3 para a próxima época (prescindo do 4 e 5)

4)Os objectivos n.ºs 4 e 5 passaram a ser chegar aos oitavos !!

Mas estou como o Eterno, depende do local da final...se for no Dragão temos de arrasar !!! Mas só se for no Dragão !!!

Blue dragon disse...

1- nao creio ser necessario um defesa direito de raíz. o bosingwa é uma fantastica soluçao para o lugar, ja que quem ocupar esta posiçao terá de ter muito pulmao e rapidez. tem de cobrir lateral, centro da defesa e meio campo defensivo.
o sokota fica pois pela idade e pelo pouco que jogou nao tem valor de mercado. nao é possivel transferi-lo. daí que seja sempre uma soluçao extra para a posiçao. 2- O benni é sem duvida um grande ponta de lança, desde que devidamente motivado. Mas está em final de contrato e irá certamente ser transaccionado neste defeso. Caso nao surjam ofertas, ou aceita renovar ate final do ano, ou irá passar psrte da epoca a treinar á parte.
3- penso que mantendo a equipa o campeonato irá ser nosso, aguardo sim com curiosidade a champions...

klupi disse...

1- nao creio ser necessario um defesa direito de raíz. o bosingwa é uma fantastica soluçao para o lugar, ja que quem ocupar esta posiçao terá de ter muito pulmao e rapidez. tem de cobrir lateral, centro da defesa e meio campo defensivo.
o sokota fica pois pela idade e pelo pouco que jogou nao tem valor de mercado. nao é possivel transferi-lo. daí que seja sempre uma soluçao extra para a posiçao. 2- O benni é sem duvida um grande ponta de lança, desde que devidamente motivado. Mas está em final de contrato e irá certamente ser transaccionado neste defeso. Caso nao surjam ofertas, ou aceita renovar ate final do ano, ou irá passar psrte da epoca a treinar á parte.
3- penso que mantendo a equipa o campeonato irá ser nosso, aguardo sim com curiosidade a champions...

Azzulli disse...

1)Sim. O Boz tem bons jogos mas tem outros muito fracos. Precisamos de um defesa direito estável.
2)Vendemos o Benni e oferecemos o Sokota ao Vila Meã
3)Sim, claramente
4)Chegar aos Quartos de Final. A final é em Atenas.

Dragão Lisboeta disse...

1)Precisamos e com urgência. O Boz é bom mas algo inconstante.
2)Por mim mantinha os dois. O Sokota é dos melhores pontas de lança em Portugal, a meu ver, mas jogando com outro ao lado. O Benni só tem o problema da motivação, que renovando contrato seria ultrapassável. E estar a comprar outros avançados que não sejam alternativas para entrar de caras no onze titular é sempre um risco.
3)Favoritíssimo
4)O minimo exigivel são os oitavos, a partir daí é uma questão de sorte e do momento de forma em que a equipa se encontra.

Saudações