sexta-feira, 16 de junho de 2006

Reflexões a (des)propósito do Costinha

O Costinha não anda bom da cabeça. É extraordinário como o Mourinho consegue pôr jogadores com "falta de equilíbrio mental" a jogar de forma extraordinária - Costinha, Maniche e McCarthy são exemplos disso.

Visto de outro prisma: da equipa campeã europeia, o único que continuou em grande nível, longe das "asas" do Mourinho foi o Deco.

Quanto à selecção... já compraram o relógio da federação? E o plasma lá para casa? Isso é que importa!

Que Nossa Senhora do Caravaggio nos ajude contra o Iran!

4 comentários:

O Situacionista disse...

Eterno,

Em relação à parte com a qual concordo, só te faltou fazer uma pergunta: Já pintaram as vossas ruas ????

Discordo da alusão ao vosso guru.
O mérito está no clube e não no treinador !!!

Eterno Dragao disse...

Situacionista: nestas coisas, o melhor é não pensar a "preto e branco". Há méritos do José Mourinho e, certamente, méritos do "nosso clube".

Por exemplo: uma pessoa como o Maniche só é jogador de futebol em condições no FCP e com o Mourinho. O resto da carreira é um deserto.

O Situacionista disse...

Eterno,

Embora a contragosto, tenho de conceder !!!

Mas repito, a contragosto...

O Situacionista disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.