domingo, 6 de julho de 2008

Última hora – O Primeiro Ministro (PM) de Portugal, José Sócrates, foi SUSPENSO !!! Bronca monumental no Governo…

Acabei de saber que o PM foi suspenso preventivamente.
É verdade.

Tudo se terá passado assim:
Numa reunião do Conselho de Ministros em que se discutia a questão do TGV e constava da ordem de trabalhos a decisão, de entre 3 candidatos, sobre o vencedor do concurso público para atribuição da construção de tamanha empreitada, surgiu o insólito.

De facto, aquando da votação para a empresa vencedora, uma vez que um dos concorrentes levantou um incidente de recusa ao Ministro Mariano Gago, por este ser simultaneamente perito ligado a outra empresa do sector, o PM decidiu, no uso dos seus legítimos poderes, deferir o pedido, impedindo, assim, o Ministro Gago de votar esta questão para evitar conflito latente de interesses.

Mas, nesse momento, eis que surge uma rebelião de ministros. Com o Ministro Mariano Gago a não aceitar a decisão soberana do PM.

Instalou-se então a anarquia. A confusão foi a tal ponto que o PM teve de encerrar o Conselho de Ministros, até que, noutra data, as condições se mostrassem reunidas.

Mas o mais ridículo terá sido que a maioria dos Ministros, depois de o PM ter encerrado os trabalhos, foram jantar e, posteriormente, resolveram … voltar ao Conselho de Ministros.

E, aí, os ministros, por iniciativa do ministro Mariano Gago, o qual tinha sido legitimamente declarado impedido de votar pelo PM, decidiram o impensável - instaurar um processo disciplinar ao … PM e suspende-lo preventivamente (reparem neste pormenor do "preventivamente", é que o mesmo é decisivo para se poder dizer que o PM deixava, no acto, de ter voto na matéria...), quando este já se encontrava a caminho de casa !

Não contentes, o Ministro Mariano Gago, tomou as rédeas da nova reunião e passou a desempenhar as funções de PM.

Acto contínuo, passaram à votação tendo decidido (com um voto contra) que o consórcio vencedor é aquele de que o Ministro Mariano Gago é perito …. Aliás, decisão essa que vem no seguimento do que já tinha sido noticiado dias antes.

Convirá não esquecer que o Ministro Mariano Gago fundamentou a sua decisão na relevância do teor de escutas consideradas por um Tribunal perfeitamente irrelevantes e, ainda, no depoimento de uma testemunha considerada pelo mesmo Tribunal como totalmente mentirosa.
.

Mais, o ministro Mariano Gago já veio publicamente dizer que o PM estava de cachecol ao pescoço, referindo-se à empresa que, legitimamente, apresentou o requerimento de recusa.

.
É este o ponto da situação.

Entretanto, a Bola, o Record, o Correio da Manhã, entre outros da mesma cartilha, já atestaram que a decisão do Ministro Mariano Gago e demais Ministros que estiveram no conclave é perfeitamente legal.
.

.
Meus caros, salvo as devidas proporções, qualquer semelhança entre isto e as eleições no Zimbabwe é pura … realidade.

19 comentários:

dragao vila pouca disse...

O insuspeito Marcelo Rebelo de Sousa, acaba de dizer na R.T.P., que a decisão tomada pelos CINCO VILARINHOS, não é válida.
Não é uma pessoa qualquer que o declarou, é alguém com grande capacidade jurídica e um Professor Universitário. A esta hora os miseráveis estão a engolir em seco e a correr rapidamente à caixa de Kompensan.
Um abraço

O Situacionista disse...

Pois é Vilapouca.
Também ouvi.
E vinha cá dizê-lo.

Mais até do que a capacidade jurídica, que é indiscutível, realçava a força mediática e, como bem diz, a insuspeitabilidade de alguém que que, azar dos azares (para a corja), é sempre antiporto e anti-Pinto da Costa.

Marcelo foi arrasador !

As pseudo-deliberações do CJ não têm qualquer valor ! ZERO !

Zé Luís disse...

Vamos ganhar isto de goleada. Outra vez.
Quanto ao Conselho... de Ministros, chapeau, Situacionista.

Mas nessa matéria, como em questões desportivas que podem implicar severas indemnizações, os próprios ministros, como os conselheiros do CJ, deviam ter sobre eles um geniozinho (não o seboso eugénio queirós) a lembrar que podem pagar do seu próprio bolso medidas levianas tomadas até com aparente ar de legalidade e em reuniões legítimas.

Porque governar assim e atirar para o ar que o aeroporto pode ser na Ota ou na pqp também eu faço.

Quem vier atrás que não bata com o nariz na porta.

O Situacionista disse...

Connfiram aqui as declarações de Marcelo Rebelo de Sousa:

http://ww1.rtp.pt/desporto/index.php?t=Marcelo-decisoes-do-Conselho-de-Justica-da-FPF-sao-nulas.rtp&article=154468&visual=5&tm=1&Top=17Futebol+Nacional

O Situacionista disse...

Confiram aqui as declarações de Marcelo Rebelo de Sousa:

http://ww1.rtp.pt/desporto/index.php?t=Marcelo-decisoes-do-Conselho-de-Justica-da-FPF-sao-nulas.rtp&article=154468&visual=5&tm=1&Top=17Futebol+Nacional

tiago araújo disse...

eu mudei o endereço do meu blogue, o nome é Campeões F.C.Porto, mas agora o novo endereço é:

http://www.campeoesfcporto.blogspot.com

situacionista mude por favor o endereço
Abraços

Azzulli disse...

Ontem o Jorge Batista, na SIC Noticias, espumava de raiva contra o “xito” (esta palavra é nova para mim…) que o presidente do CJ e o FC Porto estavam a preparar na reunião, contra os dirigentes que estão no cargo à 20 anos, e elogiando a atitude do bando dos 5.
Hoje o José Manuel Delgado diz o mesmo na bolha.
Eles querem à viva força culpar o presidente do CJ de estar de ideias pré-concebidas.
Sobre os vogais vermelhos nada a declarar. A confusão estratégica que eles montaram, para provocar o encerramento e posterior “continuação” da reunião sem o presidente, não interessa nada.

Já o Marcelo Rebelo de Sousa, muito longe de ser portista, diz que as decisões do bando dos 5 são inválidas, e que o presidente do CJ actuou correctamente.

Estes casos são óptimos para que a cor de cada comentador venha ao de cima, e saber quem coloca a verdade acima da sua cor.
E constata-se claramente o que nós, portistas, já sabíamos: está basicamente tudo controlado pelos vermelhos.
De modo a dizerem aos tolos a verdade deles.

Mas o que dizer do tal João Abreu?
Esse que se esqueceu de incluir os factos da ultima semana no seu dossier.
E os factos são: arquivamento, pelo TIC do Porto, do processo FC Porto-Estrela da Amadora ("caso da fruta") por o juiz ter considerado falsas as declarações prestadas por Carolina Salgado, dando igualmente xeque-mate à validação das escutas.
Pois… são factos que claramente inviabilizavam a manutenção da pena ao NGP. Logo, não são relevantes.
E podiam confundir os tolos…

O Contista disse...

Viva.

No meio desta $&#$% desta confusão, alguém sabe qual o próximo episódio? E sobre a UEFA?

Confesso: não percebo nada disto... Mas hão-de reconhecer que a quantidade de "Joões" envolvidos também não ajuda!

É que, com este atrasos todos, já não sei se o Ballack e o Ronaldinho sempre virão...

O Situacionista disse...

Azzulli,

Esse Burroíde Batista, há uns anos, em plena controvérsia Scolari/Baía, veio dizer “só” isto:

"Baía é apenas um produto de marketing."

Portanto, quanto a esse sujeito e, já agora, ao correligionário Cão Raivoso, só posso dizer o seguinte:

Sugiro que os vistam de castanho, os ponham a dar três voltas à pista e, depois, os façam desaparecer...


Contista,

Os epísódios ainda estão a ser escritos...

O Contista disse...

Sendo assim, esperemos que os "argumentistas" não se lembrem de fazer greve outra vez. Senão, ainda ficamos sem "Óscares"!... :-))

O Situacionista disse...

Pelo que percebi ... lá vai o futebol inteiro para o Tribunal Administrativo ver qual das actas é ... “maior do que a outra” ... ou, se preferirem, "mais grande que a outra", ...

Portanto, tudo como dantes...

Azzulli disse...

Que confusão...
Venha é o futebol dentro das 4 linhas, que isto não é vida...

E venha o João Balack e o João Ronaldinho, como o Contista quer!
Já agora também um João Pato, ou um João Kaka...

O Situacionista disse...

À escolha do freguês:



Diz o Record:

"Notificações avançam com 2 actas do CJ

BOAVISTA E PINTO DA COSTA RECEBEM DECISÕES CONTRADITÓRIAS

O Boavista e o FC Porto, na pessoa do presidente Pinto da Costa, estão a ser notificados das decisões do Conselho de Justiça da FPF mas recebendo as duas actas da reunião (ou reuniões) da última sexta-feira.

Assim, recebem não só a acta assinada pelo presidente do organismo, Gonçalves Pereira, e pelo seu vice-presidente, com também a resultante do encontro que os 5 vogais decidiram continuar após a saída dos dois principais responsáveis do CJ."

( http://www.record.pt/noticia.asp?id=794466&idCanal=2497 )

O Soldado Azul disse...

Caros,
É verdade que a opinião de Marcelo é peremptória: a decisão não é válida, o que deve fazer "espumar" muitos vermelhos! Mas parece-me que as circunstâncias não nos são muito favoráveis, pelo que "deitar foguetes" será.. prematuro! Ainda para mais depois da conferência de imprensa desse Madaíl que tal como o próprio Marcelo disse (e muito bem) deveria ter-se demitido antes de recrutar o futuro seleccionador mas que como no passado continua "agarrado" ao lugar...: a Federação não tem competência para julgar o que se passou; Aguardemos portanto pelos desenvolvimentos das instâncias competentes... (que não a Direcção da Federação...) Pois bem, mais tempo passará, as ligas iniciar-se-ão e nós andamos por aqui a ver passar o comboio... Haja paciência para a "pouca vergonha" que se passa no futebol!!!!

O Soldado Azul disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dragon4 disse...

A bronca vai rebentar no dia 14, o mais tardar a 30 de julho. O tribunal vai decidir que só houve abuso de poder.... E que afinal o apito dourado já era....Esta pressa toda de todos os orgãos tem a ver com o que o tribunal juizes vão decidir. Vejam a pressa que a Liga teve em incluír o abuso de poder nos novos castigos disciplinares.
O chato disto é que a comunicação social deveria ter investigado, onde estiveram e com quem estiveram os vogais da FPF, e o que os fez voltar as 23 horas. Isso é que era interessante. Pagava para ver. Será que jantaram para os lados de sintra?

Justiceiro Azul disse...

Ouvi dizer que no CJ o Benfica tinha maioria de 4-3. Quer dizer que saindo O João Abreu ficaria 3-3 e o Presidente teria voto de qualidade?

Azzulli disse...

Foi o que ouvi também, Justiceiro.
Por isso acusam o presidente do CJ de coação, má fé, etc.

Esquecem-se é de se questionarem o porque de 4 votarem a favor do benfica, logo na semana em que nos Tribunais as coisas ficam mais claras e a darem razão ao NGP.

Tiago Araújo disse...

Caros,
É verdade que a opinião de Marcelo é peremptória: a decisão não é válida, o que deve fazer "espumar" muitos vermelhos! Quanto ao poortos estámos no caminho certo para ganhar o tetra.