sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Começar a vencer...

Não vale a pena estarmos com rodeios.
Este domingo temos de vencer.
E nem quero saber se jogamos bem ou não.
Vencer. É o que importa neste momento.
Para o resto temos tempo.

Só vencendo jogo atrás de jogo é que:
(clicar para aumentar as fotos)
..........................................................Vamos ter novamente um...
.
.
.
Vamos continuar a atemorizar
os nossos adversários europeus...



....................Vamos ver a "lagartada" a lamentar-se
....................como de costume...



.
E os "abutres" a conquistar
a sua habitual "dobradinha"...

Mai nada!!!

.
.

Alguns momentos da antevisão de JF sobre o jogo:
Dificuldade acrescida
Este vai ser, seguramente, um jogo mais difícil do que o da Supertaça. No final do jogo de Aveiro, tive o cuidado de dizer que o jogo tinha sido muito difícil e que seria ainda mais difícil o mesmo jogo passado uma semana. Para ganhar domingo teremos de ser muito melhores do que na Supertaça”.

Pressão mantém-se
No FC Porto temos a nossa área de trabalho, as nossas vitórias e os nossos objectivos. Independentemente do que se passa à nossa volta, no exterior, só quando começar a competição é que poderemos saber se os nossos adversários são melhores ou piores do que nós. Aquilo que nos interessa é a nossa equipa e, depois disso, o adversário que vem a seguir no nosso caminho. A pressão deste início de época é igual à de qualquer outro”.

Grupo motivado
O FC Porto é o campeão, tem quatro títulos consecutivos e é a única equipa que pode conseguir o Penta. Nesta perspectiva, o que para nós é importante é o que a nossa equipa produz e aquilo que pode vir a produzir. O que estamos a fazer é preparar os jogadores para a equipa. É evidente que a possibilidade de ganhar quatro títulos consecutivos, e dessa forma entrar para a história do futebol português, é uma motivação adicional para mim. No grupo, estamos todos motivados e todos com o mesmo espírito”.

Para mim a equipa principal seria:
Helton;
Fucile, Bruno Alves, Rolando e Álvaro Pereira;
Fernando, Raul Meireles e Belluschi;
Mariano, Hulk e Farias (merece esta oportunidade e permite dar maior liberdade a Hulk);

Aceito outras opiniões sobre esta matéria. ;)

Um abraço a todos e um forte POOOOORTOOOOO!!!

5 comentários:

Ricardo de Sousa disse...

Completamente de acordo.
Para estes primeiros desafios, muito mais importante que jogar bem, é ganhar.

Abraço

Pedro disse...

também estou completamente de acordo! e o meu onze inicial era igual...!

rapariga do norte disse...

Parabéns pelo post.
Também estou de acordo com o 11, sendo que nesta altura da epoca as vitorias são mais importantes que as exibições...

Orgulhoazulebranco disse...

Boas,

concordo com o 11 e com a ideia transmitida no post:nesta altura,quando já se jogam pontos,o importante mesmo é vencer!
Lá mais para Setembro,olhamos para as exibições.Estou certa que vão melhorando de semana para semana.

Abraço =)

Azzulli disse...

Pode ser esse onze...

Se bem que para mim, um onze em que conste Mariano nunca é um onze perfeito.

Ouço tantos elogios ao Valeri que gostava de o ver de inicio neste jogo.

Estando o Porto com tracção atrás, os médios são importantissimos. Espero que se apareçam bem na frente, e a finalizar.