quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Que ao menos sirva de lição para VENCER em alvalade

.
Helton, Sapu, Pedro Emanuel, Bruno Alves, Fucile; Fernando, Tomas Costa, Meireles e Luxo; Rodriguez e Hulk;
.
E só pedia, assim como quem não quer a coisa, um nadinha de nada de ... CONCRETIZAÇÃO DE OPORTUNIDADES ... e de ... POSSE DE BOLA ...

17 comentários:

O Contista disse...

Ainda bem que se lançou um tema, assim como quem não quer a coisa, para, por momentos, esquecer a noite de ontem!

Para Domingo, sugiro apenas duas alterações ao onze proposto: manter Rolando (vinha a consolidar-se, e não me parece justo tira-lo agora; isto esperando que a "cachaporrada" recebida ontem sirva "para o fazer crescer", como sabiamente alguém disse ontem...), e manter Licha, por troca com Rodriguez. Afinal, ainda é dos pouco que nos garante algum esforço...

O Situacionista disse...

Meu caro Contista,

:-)

Quanto a domingo, confesso que tinha e tenho uma grande dúvida, Rodriguez ou Lisandro. Decidi-me por Rodriguez apenas porque Lisandro me parece triste, adormecido e muito perdulário (embora sempre esforçado).

Quanto a Rolando, a quem nada tenho a apontar, escolhi-o porque, neste momento, alguém tem de sair para entrar o líder Pedro Emanuel. Nada mais. Até lhe digo que só não tirei o Bruno Alves porque ele ontem estava totalmente desgovernado e, como tal, merece e precisa de jogar rapidamente para sair do trauma.

Depois, espero bem que o Luxo esteja clinicamente a 100% e fisicamente apto (ontem tive dúvidas), porque de outra forma, na melhor das hipóteses, banco. E aí joga o Rodriguez a volante e na frente Hulk e Lisandro.

O Situacionista disse...

Ah, espero bem que a nossa equipa faça, pelo menos, 20 faltas !

Azzulli disse...

Na frente o Lisandro é intocável.
Todos sabemos que é um jogador fabuloso.
Não tem marcado, mas voltará a marcar.
De resto, continua a jogar por 2 ou 3...

Não retirava o Rolando.
Na defesa só colocava o Fucile no lugar do Benitez.
Com essa alteração, o BA já podia concentrar-se nas suas funções, pois ontem teve de jogar por ele e pelo Benitez. Daí só termos tido meio BA...

Ontem, a saida do Fernando e do Meireles foi uma péssima decisão. E, como se viu, passamos a bombo da festa...

Para jogar com 2 na frente, não interessa o Rodriguez.
Tem de ser outro ponta.
E do que temos, terá de ser Hulk.
Isto para que se um se movimentar, haver outro lá na frente.

De resto, o 442 é a melhor escolha, e com o meio campo que indicas.

E o mais importante: CORRER! LUTAR! E... MARCAR!!!

nelote disse...

"E só pedia, assim como quem não quer a coisa, um nadinha de nada de ... CONCRETIZAÇÃO DE OPORTUNIDADES"

SE OUVESSE CONCRETIZAÇÃO DE OPTURNIDADES TNHAS LEVADO UNS 12 OU 13.
HA HA HA HA HA HA HA
EH EH EH EH EH
IH IH IH IH IH IH
ESCACHO-ME A RIR....

Eterno Dragao disse...

A minha equipa para Alvalade é: Vítor Baia, João Pinto, Jorge Costa, Aloísio e Fernando Mendes; Paulinho Santos, André, Maniche e Deco; Derlei e Lisandro.

Percebeu a mensagem Professor Jesualdo?

É que se não percebeu, e para manter a "onda", prefiro o Rui Barros a treinador!

Eterno Dragao disse...

Nelote... que saudades!

O Soldado Azul disse...

Eu ainda estou a recuperar não obstante ter previsto a derrota, mas nunca por estes numeros nem a jogar desta forma...
Eu nem sei que equipa colocar em Alvalade: por um lado acho que o PE deve jogar pela forte razão que não temos um lider...
O Lucho também (se e concordo estiver apto fisicamente, coisa que ontem com total sinceridade não me pareceu...)
O que mais me chateou ontem foram os laterais! Um autêntica nulidade !!! Na 1ª parte o Arsenal atacave sempre pelo nosso lado esquerdo e na maioria das vezes com sucesso...
A nossa ala direita foi igualmente uma nulidade! Nós não tivemos laterais !!! Ponto !!!!
Ora assim sendo e se continuarmos assim, não me surpreende que em Alvalade aconteça nova derrota (nunca pelos mesmos nºs até porque a lagartada não tem tanta competência...) mas com a vulnerabilidade dos laterais não temos qualquer hipotese...
Depois, não podemos ser perdulários !!! Mais uma vez o Lisandro não concretiza quando tem possibilidade...
Eu gostava de ver a titular o hulk no meio com o lisandro numa das alas, recuando o Rodriguez se em 4-4-2 !!!
Mas antevejo serias dificuldades...
A 2ª parte foi desastrosa a todos os níveis... Eu confesso que já não via um jogo tão mal desde (nem sei bem...) talvez o Nacional no Dragão com o Fernandez... Nem sei !!!
Ah, vá lá que o outro jago acabou em empate e estamos em 2º ! Do mal o menos...

Paulo Pereira disse...

Pois,

Parece k já tudo foi dito e dissecado. Mais do k encetar, nesta fase, uma caça às bruxas, importa apoiar a equipa Domingo.

Essa será, sem dúvida, a prova de fogo, após o desastre de Londres, para aferir se ficaram sequelas da humilhação imposta.

Confesso que, tal como muitos, não me lembro de um Porto tão acomodado, cobarde, apático, alvo de chacota. E isso é k custa, mais do que os 4 golos...

Fui, e ainda continuo a ser, em parte por mera teimosia, um dos defensores de Jesualdo. Não vi aquilo k me apontavam. O medo primário nos jogos importantes. A mudança de sistema táctico, sempre k a dificuldade de um jogo aumentava. E os desaires. Um campeonato - o 1º - ganho numa aflição tremenda. As eliminações aos pés de Fátima e Atlético. O s desastres em Inglaterra, com Liverpool e Arsenal.

Jesualdo tem passado por um período difícil. Sozinho, enfrentou o Apito Dourado. Sem k ninguém da SAD saísse a terreiro, em 2 longos anos de roubalheiras, foi a voz do treinador a única k clamou na imprensa por uma imparcialidade k nunca existiu. Novamente, apesar de tudo, o clube continua refém de um silêncio difícil de digerir. Lucilio Calabote Baptista foi escolhido, cirurgicamente, para o clássico de Domingo.

Apesar do passado do árbitro em causa, novamente emudecido o Porto se mantêm. E, apenas por isso, pela bravura na luta que tem demonstrado no futebol fora das 4 linhas, é k vou tolerando Jesualdo.

Mas já começa a fartar. Esta equipa tem que jogar mais. Muito mais. Para que noites como a de ontem, vergonhosas, sejam apenas uma triste lembrança.

Tiago disse...

O que acontecia com o sindrome da ponte D. Luís, está a tornar-se no sindrome além-fronteiras.

É inegável que falta ambição à nossa equipa técnica e a gritante incapacidade em motivar a equipa quando ela mais precisa, é inegável que a qualidade do plantel é inferior a 2007/2008 e contratações como Benítez (suplente no Lanús), Guarín (suplente no St. Ettiene), Mariano (suplente no Palermo...e no FCP), e as dispensas de Ibson, Paulo Machado, Adriano, Pitbull etc. são mais uma prova da má gestão de activos.

Espero que a vergonha de 3ª feira seja o tónico para despertar o brio e o orgulho de todos os jogadores, e sobretudo da equipa técnica. Uma derrota contra o zbordem abriria ainda mais brechas na estrutura desportiva, e criaria ainda mais problemas entre adeptos (sejam fanáticos, pipoqueiros, etc.) e a equipa/treinador.

Barba azul disse...

Nelote, tem que se reconhecer que este foi um dos teus melhores comentários, tiveste piada! Muito bem apanhado, sim senhor!
E desta vez, quase conseguiste chegar ao fim sem erro nenhum, não fosse o azar de tropeçares aquela palavra mais difícil...

nelote disse...

Mas tu também és corrector ortográfico?
1ºEu tenho uma teoria que está quase confirmada cientificamente, que há uma tendência para a homossexualidade nas pessoas que tem por hábito corrigir os erros ortográficos de terceiros quando não tem capacidade para contra-argumentar as ideias.
2º Que autoridade moral tem um "BAZAROCO" que não distingue um "B" de um "V" para ser corrector ortográfico.
Passe bem e ponha as barbas de molho, pode ser que esse sarro de vinho lhe saia.

Eterno Dragao disse...

Nelote... que saudades!

nelote disse...

Estás sempre com saudades minhas, verdade?
Isso passa com o tempo,deixa lá.

Eterno Dragao disse...

Não, Nelote. Isto com o tempo agrava-se!

nelote disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Barba azul disse...

Nelote, dado que não contraargumentei a tua ideia - a concretização de oportunidades de golo ter-nos-ia sido globalmente desfavorável neste jogo - porque até concordo com ela, e visto que pelo "quando" que inseriste isso parece ser condição necessária para a verificação da tua quase científicamente comprovada teoria, deduzo com alívio que escapo a essa fatalidade.
Obrigado por chamares a atenção para o meu erro, faço sempre esta confusão entre o "b" e o "v" (coisa de gente do Porto, sabes como é...): corrijo, não é palavra, é palabra.