quarta-feira, 24 de janeiro de 2007

O Apito Avermelhado e o Despacho de MJM !

1. Tinha a Maria José Morgado (MJM) como séria. MANTENHO !

2. Tinha a MJM como pessoa com forte personalidade. Alterei para “com personalidade” !

3. Tinha a MJM como competente. Passei para “esforçada” !

4. Tinha a MJM como conhecedora da realidade humana. Alterei para “crente” !

5. Tinha a MJM como fria e calculista. Agora .... criativa !

6. Tinha a MJM como uma péssima utilizadora da língua portuguesa escrita. Confirmei !

7. Tinha a MJM como inteligente. Bem ... aqui nem vou dizer o que penso actualmente ....

8. O despacho. O que nos “diz” (em sentido amplo) então o despacho ?

Bom, começando pelos sinais exteriores, que são um belíssimo indicador, eu diria que ver, no “Dia Seguinte”, o Fernando Seara a “agarrar-se com as duas mãos” ao despacho, tentando, “ao transe”, retirá-lo do segredo de justiça e torná-lo do domínio público (para do conteúdo do mesmo poder falar...), e dele dizer, ao mesmo tempo que procurava “mostrar” toda a sua convicção, elevada a limites quase desumanos, que, e passo a citar de cor,: “a sua construção jurídica é EXCEPCIONAL” é o melhor indício da “(des)qualidade” do despacho em questão....

Querem outro indício ?
O Sportugal ficou tão e tão RADIANTE com a reabertura do inquérito que, de IMEDIATO, quis publicar o despacho na net (aliás, este site teve, durante meses, na sua “home page”, as declarações do NGP prestadas ao Tribunal de Gondomar quando lá foi ouvido).
Claro que a restante comunicação social anti-portista, mais experiente, inteligente e avisada, como percebeu o que o despacho (não) dizia, não descansou enquanto um dos seus membros (Sportugal) não retirou o despacho da net ! Porque terá sido ?.....

Quanto aos sinais...interiores.... já li e reli algumas vezes o despacho.
Já me informei o suficiente para poder dizer, com um mínimo de rigor, o seguinte:

Alguns aspectos a considerar na análise:

1) Jorge Nuno Pinto da Costa terá andado a ser ESCUTADO e VIGIADO cerca de 1 ano (UM ANO) !!! Coisa pouca....

2) O jogo FC Porto-Estrela deve ter sido o jogo mais INVESTIGADO da história.
.
É absolutamente INDESCRÍTIVEL as provas que tentaram recolher no que toca a este jogo:
- diligências de prova circunstancial, inquirição de testemunhas, declarações para memória futura, reconhecimentos fotográficos, regulamentos de arbitragem, informação policial, visionamento da gravação do jogo, informação policial sobre os factos ocorridos durante a noite subsequente ao mesmo, buscas (SAD do FCP, entre outras), relatório de peritagem, inquirição de peritos, testemunhas, relatório policial, as 17 leis do jogo e inquirição dos arguidos.

(há, aliás, uma curiosidade interessante que, embora não conste deste despacho, consta do que arquivou o processo - a arbitragem foi alvo de avaliação pelos elementos da PJ.
Resultado – O FC Porto foi beneficiado.
Depois a arbitragem foi objecto de perícia por ex-árbitros - Jorge Coroado, Adelino Antunes e Vitor Pereira.
Resultado – O FC Porto foi prejudicado ! ....QUE GRANDE CHATICE !!!!
Claro que esta “segunda” perícia foi muito importante e levou os anti-portistas, na altura, ao DESESPERO.
Ainda este fim de semana o gel(oso) do vermelho Rui Santos, radiante com a reabertura, dizia, espumando, no seu
artigo, o seguinte:
“É tudo isto que está em causa, muito mais do que a ‘opinião técnica’ de especialistas como Vítor Pereira e Jorge Coroado, que terão tido o seu quinhão para o arquivamento daquele processo”).

Mas mesmo com este ARSENAL IMPRESSIONANTE de (tentativas de) provas NADA CONSEGUIRAM !! Daí o arquivamento.

3) Mesmo que o quisesse, A MJM não podia, e ela assume-o e bem, reanalisar as “provas” até ali existentes.

4) Para além do magistrado do MP que subscreveu o arquivamento (agora “desarquivado”), o mesmo foi aprovado pelo superior hierárquico daquele.

5) Portanto a MJM, literalmente, SÓ tinha a Sr.a D. Carolina.

6) Qualquer processo só pode ser reaberto perante DADOS (efectivamente ) NOVOS, RELEVANTES e ....CREDÍVEIS, mas não chega, esses dados têm também de “DEITAR POR TERRA” as razões/motivos do arquivamento !!!! (sob pena de, a não ser assim, qualquer processo arquivado ser reaberto simplesmente porque alguém aparece a dizer o que sabe que “interessa” ao.... MP, podendo assim, brincar, a seu belo prazer, com a Justiça. O que seria, de todo, INACEITÁVEL !!).

7) Aqui chegados...chegámos à melhor parte:

E é a melhor parte porque, segundo o despacho, a Sr.a D. Carolina diz isto:

““Na prova testemunhal junta aos autos, (...), a testemunha aí identificada, afirma ter presenciado várias visitas de árbitros de futebol à sua residência (...).
“Esclareceu que as visitas não eram de mera cortesia, tendo sempre como pano de fundo a preparação de desafios de futebol. Em que fosse interveniente o FC Porto.”
“Salientou que era o António Araújo quem tratava de contactar directamente com os árbitros, mas sempre a mando do Jorge Nuno”.
Estes contactos serviam para combinar prendas, em dinheiro, mas também em objectos ou de favores sexuais”.
“Esclarece que para assegurarem a descrição nos contactos estabelecidos, usavam termos como “fruta”, “fruta de dormir” e “café com leite”.
“Estes termos correspondem a, além de entregas de dinheiro, a serviços de acompanhamento sexual, praticados por raparigas contratadas pelo António Araújo. Também o Reinaldo Teles e o Joaquim Pinheiro, intermediaram este tipo de serviço, indo buscar as “meninas” a bares da cidade do Porto.”
“A pergunta feita respondeu que estes serviços de prostituição, tinham como objectivo pagar arbitragens favoráveis ao FCP. Aliás, esclarece que os favores das arbitragens favoráveis eram pagos em dinheiro, sendo as meninas um complemento.”
(...) “A pergunta feita acrescenta que, uma das situações que envolveu raparigas, teve a ver com um jogo entre o FCP e o Estrela da Amadora, arbitrado pelo Jacinto Paixão.””

INACREDITAVELMENTE, repito, INACREDITAVELMENTE, foram estes os factos NOVOS .... que terão levado à reabertura do processo.
A última frase, então, que terá sido DECISIVA, é de BRADAR AOS CEÚS !!!
A MJM estava à espera que a Sr.a D. Carolina respondesse o quê ?????????

Daí que eu já aqui tenha dito o seguinte:
“(...) da forma que o despacho está feito, com a matéria que aborda e as conclusões que retira, direi que, se a Sr.a D. Carolina, perguntada, tivesse dito que o NGP se tinha reunido com A, B ou C, para combinarem malandrices, e que essa reunião tinha tido lugar em Marte, repito, em Marte, seria considerado a maior verdade do século (deste e, como ainda é recente, do anterior ).... e, como tal, levaria à reabertura do inquérito.... porque a Sr. D. Carolina tem (tinha), e passo a citar, “notória proximidade doméstica com os acontecimentos, o modo como os viveu junto de alguns dos arguidos - situação essa que, longe de lhe retirar credibilidade, lhe atribui verosimilhança e verdade material” !!! Percebem porque Marte seria verdade ???!!! Alguém duvida que se perguntassem à Sr.a D. Carolina como é que eles iam para Marte ela diria ... de foguetão e via Rússia, porque a Nasa dava muito nas vistas...

Mais, MJM, em relação à credibilidade da Sr. D. Carolina, diz que: “Aliás, a credibilidade da testemunha resulta da razão de ciência dos seus conhecimentos, e não doutras considerações mais ou menos estranhas ao objecto dos autos.” (realçados meus)

Como ???? Perdão ???
Para a credibilidade de alguém,
Não importa saber se a motivação (da testemunha) é vingança ???
Não importa saber se a motivação (da testemunha) é despeito ???
Não importa saber se a motivação (da testemunha) é ..... dinheiro ???
Não importa saber se.....

Não importa saber, sendo a motivação (da testemunha) qualquer uma das anteriores, algumas ou todas elas, o perfil da pessoa em questão, para se perceber do que ela é capaz (de dizer, inventar, fantasiar...) para atingir os seus fins ???

Parece-me tão evidente, que nem sequer vou responder....

P.s. - Estou cada vez mais curioso, para o bem e para o mal, com o que dirá sobre o assunto o livro que vai sair da Felícia Cabrita e da Ana Sofia Fonseca.

P.s. 2 – Entretanto, alguém sabe se já começaram a investigar o Estorilgate e respectivo campeonato ?

P.s. 3 - Fiquei também curioso ontem com o "caso Bragaparques".... e sua relação com ...a EPUL .... a construção do galinheiro da luz .... as empresas envolvidas nessa construção..... os negócios do orelhudo ..... o caso Mantorras....
.
P.s. 4 - Reitero a recomendação que já foi feita para lerem, quer os dois últimos posts do Zé Luís no blog do Zirtaev, quer a crónica de ontem do MST que está publicada no blog do Blue Boy !
.
P.s. 5 – (No seguimento do post sob o título “antiportismo senil”,) Avanço já com o vencedor do Óscar para melhor filme de ficção: And the winner is…. Carolina Salgado, no filme “A professora de “Ciências” e o meu aluno mais tótó” (M65), no qual (ridiculariza, vacina, sacode as pulgas e) contracena com o .... Cão Raivoso.....

21 comentários:

Hugo Cunha disse...

Olá a todos.
(por sugestão do situacionista, que agradeço, repito aqui o post colocado num artigo anterior)

Apesar da leitura diária deste blog, é apenas a 2ªa vez que escrevo, e para falar do tema do momento para os nossos inimigos, o famoso apito. Tenho estado á espera que o apito evolua por forma a seguir para as bandas da 2ª circular, mas como posso ficar cansada de tanto esperar gostaria destacar algo que julgo não ter tido o destaque devido na nossa intragável comunicação social: o facto de Saldanha Sanches, marido da justiceira e imparcial?? Maria José Morgado, ser nada mais nada menos que fiscalista (penso ser este o termo) das empresas de LFV.
Só eu é que reparao no óbvio conflito de interesses que esta situação acarreta? E se MJM começar a encurralar LFV, será que este não poderá ameaçar dispensar os serviços de SS e com isto potenciar uma forma de pressão do marido para com a impoluta esposa?
E que dizer daquela "tirada" do PGR quando disse que "...e equipa de MJM ainda não está completa...era como se o benfica jogasse sem o Simão,he,he,he..."!!! Com a restante marallha que assistia a bater palmas e a rir!!!! Que país de merda é este? Quem controla esta investigação "imparcial" (dizem eles)????
Gostaria que os nossos defenssores (nomeadamente os que estão em votação aqui na coluna da drt.)vincassem estas incongruências, porque mesmo sabendo que os portistas estão atentos, temos de demonstrar aos outros (anti-portistas, desportistas e populaça em geral) que não andamos a dormir e que estamos de olhos bem abertos.
Peço descupal se me alonguei no post.

Cumprimentos portistas e vamos ver o que os próximos dias trazem de novo para os lados do DRAGÃO (sim, estou a afalar dos reforços). Até lá, bons posts para todos

Anónimo disse...

Situacionista, agradeço-te muito a explicação, ou deverei dizer a o de desmascarar, da vergonha que foi a reabertura deste processo, já que não tive oportunidade de o ver nem sequer teria capacidades para o entender. Assim este teu post é precioso no que a este caso diz respeito e mais palavras a acrescentar ao que já disseste seriam apenas para enfeitar. Parabéns mais uma vez.

Um abraço.
PS: Obrigado pela referência aos posts do meu blog, mas ainda bem que o fazes já que tb eles desmascaram muitas das mentiras que se tentam mostrar neste país de invejosos.

ausentista disse...

Situacionista:
fundamentalmente de acordo com tudo o que escreveu, recordo-lhe a nossa amistosa querela sobre a justiça há uns tempos atrás.
cada vez mais me parece que no futebol como noutros casos (a casa pia, para não falar de outros), a justiça está à beira da ruptura. no futebol, a intervenção dos juizes, quer nos conselhos de discliplina quer nas direcçoes da federação, liga e clubes (lembra-se daquele presidente do conselho fiscal do benfica dos saudosos tempos de vale de azevedo?) nada têm trazido de bom.
a justiça espectáculo, a justiça vingadora, a justiça robin dos bosques, a justiça zorro, não são próprias de uma sociedade justa. quando a justiça não é justa, o povo pergunta-se então para que serve. é por isso que está a haver um levantamento cívico contra os juizes, e torres novas não é mais do que o topo do icebergue. sei que isto não parece ter a ver com o futebol, mas tem. há uma pergunta fundamental: porque é que MJM ainda não cuidou de investigar as gravaçoes veiga/vieira? não as acha relevantes? não tem tempo? não sao crediveis? não fazem parte do mesmo processo? tudo o resto acaba por ser acessório e ilusório, mesmo para quem como eu, gostava que tudo fosse investigado e esclarecido para que no final, as nossa vitórias não pudessem mais ser denegridas.

Contista disse...

Boa tarde.

Não sendo eu da área, não sei se esta questão fará algum sentido, mas vou coloca-la na mesma: para os ilustres blogueiros e leitores que eventualmente tenham alguma experiência nestas coisas da justiça, qual é a vossa opinião pessoal sobre a matéria, afinal? Há motivos para preocupação, ou, se as COISAS SEGUIREM O SEU RUMO NORMAL, este processo terminará como o primeiro?

Obrigado.

Menphis_child disse...

Ontem tive uma conversa com alguém dentro deste caso todo, e que me garantiu que nem o dinheiro das vendas do livro irá dar para pagar as indemnizações que ela vai ter de pagar.

E o problema do PC é que deixa sempre muito dinheiro na mesinha de cabeceira das mulheres com quem ele anda ..ah e ir a Espanha tratá-las, acho que existem boas clínicas por lá...mas não é de abortos.

Pinto da Costa disse...

Vocês não acham curioso o facto da Carolina Salgado só conseguir comentar um caso (FC Porto - Estrela Amadora) que é reconhecidamente do domínio público devido à violação do Segredo de Justiça?!

Então uma testemunha cuja "credibilidade (...) resulta da razão de ciência dos seus conhecimentos" e que viveu com PdC este tempo todo não tem nenhum facto a acrescentar para além dos que foram escritos nos jornais?

É que ela nem acrescenta rigorosamente nada, apenas se limita a "dizer que sim" às conversas que vieram escarrapachadas nos jornais.

Das duas uma, ou a Carolina Salgado, como todos nós, leu as transcrições das conversas telefónicas pelos jornais (não possuindo, se assim for, um conhecimento de causa, maior do que qualquer um de nós), ou presenciou conversas entre PdC e os outros intervenientes na 1ª Pessoa, ou ouviu a história recontada pela boca de PdC (uma vez que estas conversas foram telefónicas e a Carolina Salgado não deve estar dentro do telefone).
O problema é que se o caso fosse uma das duas últimas situações, não deveria Carolina Salgado saber mais factos e pormenores para além daqueles que são reconhecidamente do conhecimento público?!

E para MJM, o facto de uma "testemunha-chave" no processo não saber mais do que o que veio nos jornais não a torna irrelevante, nem sequer suscita dúvidas quanto à veracidade do depoimento?!

Ou o facto de ter vivido na mesma casa de PdC, significa que qualquer coisa que possa inventar (e esta é uma situação que não é despicienda devido ao despeito natural de uma mulher enjeitada) constitui indício plausível?

Se os argumento desta senhora são estes escusa de ir testemunhar a tribunal porque o seu testemunho vale ZERO para um juiz imparcial.

Isto partindo do princípio que o juiz será imparcial. Do que eu não tenho dúvidas é de que vai haver acusação porque esta MJM acabou de provar que é claramente parcial e tendenciosa, senão a palavra da Carolina Salgado não valeria mais do que a do PdC.

Mas se é só isto que a acusação tem vão ser TRUCIDADOS em tribunal. Isto, mais uma vez, se o juiz for imparcial. Mas nunca se sabe até onde se estende o polvo benfiquista...

Eles começaram por comandar a Investigação. Como não encontraram provas de nada, subiram o nível e já controlam também a Acusação.
Só lhes falta mesmo controlarem o Julgamento e não tenho dúvidas que também o tentarão fazer.

Mas isso ninguém está interessado em investigar...

Resta-nos confiar na Felícia Cabrita e é fundamental não assistirmos a isto tudo calados.

Anónimo disse...

É exaustivo, até cansativo, desmontar estas alegadas perícias mas torna-se compensador pelas conclusões que se tiram.
Não é pela credibilidade da testemunha-chave, muito menos os doutos aconselhamentos do Seara a que já não assisto. A Carolina já se desmentiu tanto quanto a Morgado já se enredou na falsa pesquisa da quebra do segredo de justiça.
A Morgado deveria preocupar-se com o facto de, no dia seguinte a cada inquirição da Carolina, o teor das mesmas serem noticiadas nos jornais.
Mas umas vezes escrevia-se que a Carolina contou tudo, ou que mostrou documentos ou outra coisa qualquer.
Prova testemunhal nova e sólida não há, mas este tipo de averiguações dá para usar um poder discricionário que está patente: ouve-se uma pessoa repisar coisas que são do domínio público por causa do que já foi revelado no processo todo. Prendas, gajas, árbitros, visitas, telefonemas, etc.
Usa-se um livro de merda para suportar acusações que também nada trouxeram. Não há nada documental a dizer que Martins dos Santos isto ou Augusto Duarte aquilo.
Bastou-me saber que no tal livro a Carolina falava desses dois árbitros que iam lá a casa "entre outros" e perceber-se que dos outros não se lembra o nome. E também não revelou mais nomes à Morgado. Nem tem fotos, nem gravações áudio nem sequer rasto do dinheiro vivo que alegadamente o presidente escondia entre as cuecas e as meias numa gaveta, sabe-se lá se de roupa suja (já que alegadamente se peidava) ou roupa lavada.
Como provar isso, que já vinha no livro, é que quero ver.
Agora, fazer de conta que se furou o segredo de justiça quando se fez de conta que não se violou nada (nem a Carolina...) quando ela falava em privado com a Morgado, é para enganar tolos.
Depois, a Carolina que fala por despeito e vingança, foi "mulher" de PC não tem credibilidade alguma em tribunal algum. Um familiar póximo não tem razão de ser testemunha em tribunal algum.
Ergueu-se mais uma vez um bezerro de ouro para os parolos adularem. Ressuscitou-se um nado-morto para vir a morrer na valeta do descrédito.
Este processo é uma merda. Cheira mal mas aos outros interessados em encontrar-se culpados (atenção que a Morgado não condena, não é juíza e terá de provar se leva alguém a tribunal para ser julgado por quem de direito) é que terão de reter a respiração a ver se sai alguma coisa que os anime de facto.
Mas por todo este trabalho, parabéns camarada.

F.C.Limpa Tudo disse...

Caros Bloguistas

Quem, quando vem ao Porto, vem incógnita, não passando duas vezes pela mesma rua, acompanhada por segurança?
Quem quando vai prestar depoimentos ao ministério publico no Porto, se desloca em viatura da policia, sempre com alta segurança, e quando está em Lisboa, deixa-se fotografar, toda risonha com um copo na mão, junto dos seus amigos?

“Quem não se sente não é filho de boa gente”.

Frase paradigmática, que deverá servir-nos, para dizer um BASTA !
Basta, de nos considerar um grupo de malfeitores, marginais, arruaceiros.
Basta, de nos considerar trapaceiros.
Basta, de nos considerar cidadãos de 2ª.
Basta! Basta! Basta! Basta!

Não pertencemos a essa gente, somos pessoas de bem, homens e mulheres, de grande carácter, sérios, honestos e honrados, não somos vilões.

Por todos estes BASTA, proponho a todos, que, com mais ou menos responsabilidade, nas suas profissões, nos cafés, nos blogs, em qualquer sitio, denunciem este atropelo à lei, à justiça e ao bom nome de todos os portistas.

Desafio também pessoas como o ausentista, que ainda não foi saneado, que tem muitas mais responsabilidades que qualquer um de nós, a dar um murro na mesa, porque não é ao presidente Pinto da Costa que pretendem atingir, mas sim ao nosso F.C.Porto, único baluarte da cidade e do Norte que ainda não capitulou perante a cidade do império.

Desafio também, bloguistas de eleição, como Situacionista, Zé Luis, Zirtaev, blue boy, Azzuli, Eterno Dragão, Fanático, Penta, Soldado Azul entre muitos outros, que com o dom indelével da sua escrita, tentem passar a mensagem para lá destes blogs.

Saudações Portistas

Ps.- Post extraordinário de um Portista que já merece o Dragão de Ouro.

meirelesportuense disse...

Devo fazer antes de mais um elogio ao trabalho do "Situacionista" pessoa com quem mantive acesa polémica há bem pouco tempo atrás, porque sinceramente, para além de alguma possível má leitura da minha parte relativamente a um ou outro texto seu, supunha-o um elemento infiltrado no Blogue, como outros que me confundem", com as mudanças constantes de raciocínio e com isso ter feito pairar no ar alguma incompreensão entre nós! Esclarecido que foi em devido tempo esse erro de apreciação minha e postas as "partes" em paz e bom entendimento, eis que o seu artigo em comentário me "obriga" a fazer este reconhecimento! Parabéns pelas suas palavras e presumo por elas que eventualmente tenha conhecimentos jurídicos muito acima daqueles que são os meus, que assentam única e exclusivamente no que penso ser o "bom senso" retirado do que se considera ser o "senso comum". Do despacho de reabertura que esteve patente no site Sportugal ligado - acredito num raciocínio instintivo meu- à Sportv(?) pareceu-me perceber que havia um pré-juizo no comportamento da Procuradora MJMorgado: o da necessidade de "mostrar" serviço após a sua tão badalada nomeação! Aliás não me é de todo surpreendente este posicionamento da senhora em questão - sempre me pareceu gostar de mostrar alguma evidência, tal como acontece com o seu querido e extremoso esposo Saldanha Sanches, que debita "bitaites" atrás de "bitaites", sempre que lhe dão uma oportunidadesinha em qualquer orgão de comunicação Social- e achei que a sua nomeação se baseou precisamente, nesse pressuposto de mostrar serviço para convencer a opinião pública do seu "afastamento" em relação aos "presumíveis" réus! Já me parece de duvidosa boa-fé o reconhecimento que é dado por ela ao depoimento da "menina" Carolina, tendo em linha de conta que esta "menina" foi uma das - como direi- figuras operacionais mais actuantes de pelo menos, a agressão efectuada a Ricardo Bexiga, segundo o seu próprio depoimento! Isto é, alguém enterrado até às "orelhas" numa pretensa agressão de um autarca, vem colocar-se na posição de assumir toda essa terrível culpa com que intenção? Expiar num gesto de simples arrependimento, pura e simplesmente os seus supostos crimes? Ou apenas incriminar alguém que lhe terá feito, segundo o seu critério, alguma ofensa imperdoável ? É evidente que me parece ter sido o segundo pensamento que esteve subjacente à súbita disposição da menina Carolina em efectuar declarações em Sede de Justiça! Se assim foi e sendo tomadas como boas, as sua declarações, pergunto porque não está essa menina detida nos calabouços e porque pelo contrário - sem mostrar sinais evidentes de nenhum arrependimento ou tristeza- continua a circular como de uma autêntica "heroína" se tratasse, pelas ruas deste País e andasse previligiadamente acompanhada por figuras de relevo, indiscutivelmente ligadas à Instituição que parece ter estado na génese e querer vir claramente a beneficiar, de todo este "imbróglio jurídico"? Não teria sido sensato e Juridicamente correcto que a Procuradora MJMorgado mostrasse algum sentimento de distância em relação a esta estranha personagem, depois de ser do conhecimento público algumas destas circunstâncias? Não seria também sensato da sua parte, renunciar a este Processo ou calar definitivamente as vozes que repetidamente fazem circular a teoria, não desmentida por ninguém, de que o seu extremoso marido é pessoa muito ligada a Luís Filipe Vieira, com quem mantém interesses que se podem julgar possuir carácter de cumplicidade material ou financeira? À mulher de César...
- Porque razão sabendo como devia saber - dada a sua tão exaltada experiência- das permanentes e constantes fugas informativas, distribuiu dados tão importantes por tanta e tão boa gente sem ter ponderado melhor nas consequências de tal acto? Será que é justo podermos pensar que assim a culpa pode morrer definitivamente solteira? E porque razão não parece ter dado nenhuma importância a declarações gravadas pela PJ e tornadas públicas, feitas por dirigentes de alta nomeada nacional, no âmbito do tão propalado tráfico de influências? Poderemos pensar como legítimo, que existe unicamente o propósito de esmagar alguém que se tem mostrado "rebelde" ao longo dos anos, perante o cortejo de tantas e tão importantes personalidades que vagueiam - é o termo- sazonalmente pelas tertúlias ou cadeiras do Poder instituído? Seria importante e imprescindível que a senhora Doutora Maria José Morgado nos esclarecesse relativamente a estas pertinentes dúvidas, para podermos ficar tranquilos quanto à sua tão desejada Isenção!

O Situacionista disse...

Mal possa venho cá fazer alguns comentários ao que aqui vem sendo dito.

Entretanto, “sugiro” 3 leituras obrigatórias:

1) O post de hoje do Blog do Zirtaev;

2) JOB (Jorge Olímpio Bento) na Bola de hoje !! Cheio de classe.... a arrasar...

3) Este artigo de Manuel Tavares, OJogo, Sábado passado:

“Lisboa, Porto e o Paraíso
Qual será a boa Maria José Morgado ? A de Lisboa ou a do Porto ? Porque raio haveria a procuradora de sentir-se ameaçada numas reuniões de trabalho no Porto ?

Quando o "Correio da Manhã" publicou uma extensa foto-reportagem sobre o primeiro dia de Maria José Morgado como procuradora geral adjunta especialmente incumbida de tratar do "Apito Dourado", disse para os meus botões: "Imprudente!". Mas fiquei de meditar um pouco mais na questão, dividido, como sempre ando, entre os formalismos do Direito e da Justiça e a necessidade de o Povo saber quem são e como são os seus polícias e os seus juizes.

A tal foto-reportagem pelas ruas de Lisboa tinha a bondade de nos mostrar uma senhora como tantas outras, vestindo de forma "casual" e tomando o pequeno-almoço na confeitaria do costume. E este aspecto da questão, este diálogo com o Povo, digamos assim, acabou por vencer a minha preferência pela Justiça austera e longínqua dos bens terrenos, os quais, como sabemos, já não se resumem às terras e aos mares e também assumem aspectos tão imateriais como a imagem pública.

Estava eu razoavelmente sossegado com a minha alma, quando na sequência da visita de Maria José Morgado ao DIAP da minha cidade, o Porto, me instalei na leitura atenta dos jornais de ontem. E eis o que pude ler no mesmo "Correio da Manhã":
"A segurança a Maria José Morgado incluiu carros de apoio da PJ que estavam prontos para enfrentar qualquer contratempo". Ou ainda: "As deslocações entre a PJ do Porto e o DIAP fizeram-se ontem [anteontem] à tarde com percursos alternativos, devido a razões de segurança, apurou o CM".

Volto a ter a alma dividida: Qual será a boa Maria José Morgado ? A de Lisboa ou a do Porto ? Porque raio haveria a procuradora de sentir-se menos à vontade no Porto que em Lisboa ?

Até prova em contrário, como convém reter quando se trata do bom nome das pessoas – e das cidades –, não há estatística que prove ter o Porto maior taxa de criminalidade que Lisboa.

Refiro-me, é claro, à criminalidade nas nossas ruas. E para o caso basta porque a outra, mais grossa, é internacional e, tanto quanto sei, é "nuestro hermano", o juiz Baltasar Garzón, quem anda a tentar dar-lhe caça. De Paraíso em Paraíso... Fiscal.”

O Situacionista disse...

Afinal são 4 leituras... passem no blog do Blue Boy !! Obrigatório !

Fanático disse...

Grande trabalho!!!
É assim que se desmascara a vergonha dessa gente que tem como objectivo único abater o NGP e prejudicar o nosso FCP.
Mas nós não deixaremos!
E posts desta qualidade só nos dignificam.
Mas é exactamente com este panorama que temos vencer em Leiria para poder reforçar a liderança e não permitir aproximações, nomeadamente dos ensanguentados, porque senão ainda nomeiam a MJM para presidente da Comissão de Arbitragem da Liga para acabar, de uma vez por todas, a vantagem do FCP na Liga!!!

Eterno Dragao disse...

Subscrevo a "P.S." do "F.C. Limpa Tudo": estão lançadas as bases do "MASDO" - Movimento de Apoio Situacionista a Dragão de Ouro".

Já dei os parabéns pessoalmente, mas aqui fica o reconhecimento: é, muito provavelmente, o melhor post deste blogue!

Quanto à essência da questão: "Largos dias têm 100 Anos"... Penso que o fascínio que as luzes mediáticas exercem sobre Maria José Morgado ainda vão "virar-se contra o feiticeiro". Salvaguardando as devidas diferenças e sem a mínima intenção de ofender, às vezes estabeleço o paralelismo com os concorrentes ao Big Brother...

O Soldado Azul disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
O Soldado Azul disse...

Bom,
Já cá faltava eu para comentar mais um post do Despertar:) Situacionista! O Post é efectivamente bom quanto ao trabalho de pesquisa! Nota-se "trabalho suplementar" para o desenvolvimento do mesmo, o que me apraz salientar! Contudo, se o Situacionista e os demais me permitirem, confesso que não sou apologista de posts demasiadamente extensos, uma vez que (por uma questão de timings) dificulta a respectiva critica, com todo o respeito pelas divergências!
Não vou comentar as 4 leituras obrigatórias como a sugestão (pelo menos para já...), apenas tentar sintetizar, reafirmando "grosso modo" que a principal ilacção a retirar deste é a "cabala" montada pela Comunicação Social e pela Justiça (!!!) (via MJM) pela reabertura de um processo relacionado como um jogo (FCP-Estrela) que tão somente esteve ISENTO de casos de arbitragem!!!! Pergunta: se não houveram casos, como se comprovam (causa/efeito) as chamadas telefónicas / fruta, "fruta de dormir", "café com leite" com esse jogo?!?! Penso que está tudo dito...
A reabertura deste processo em detrimento de outros casos que nem sequer se traduziram (até hoje) em processos judiciais objecto de igual investigação(também já aqui mencionados do MO e demais...) são altamente indiciadores da dita "cabala" !
Saudações

Anónimo disse...

Caro Situacionista... parabéns por mais um excelente trabalho, e para não variar, vai ser o cabo dos trabalhos para a SAD do FCP para oferecer um 'Dragão d'Oiro' a tantos e tantos defensores da honra azul-e-branca que pululam por estes blogs. Mas isso, é um problema que não é nosso... nosso, só mesmo o direito a receber um tal troféu pelo amor, dedicação e carinho que colocamos na defesa, sem qq tipo de proveito, que não a honra e orgulho que sentimos no nosso pulsar de Dragão.
Como disse atrás... parabéns por tal trabalho de opinião, que desmonta todo o 'o ninho de vespas' que se formou para nos 'atacar'.
Esquecem-se eles é que aqui no Porto, habita um povo que pode ser atacado, pode ser injuriado, pode ofendido... mas nunca humilhado, porque nunca baixaremos a guarda na defesa e honra do bom nome do nosso FC Porto.
Todos nós, todos sem excepção, temos que nos manter muito alertas, porque o perigo espreita-nos na 1ª esquina... nunca confiar nas palavras deles... mas sim unicamente nas nossas palavras sentidas!
aKeLe aBrAçO
http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

O Situacionista disse...

Meus caros,

Hugo Cunha,
De facto também já me soou aos ouvidos essa ligação do orelhas ao Saldanha Sanches.
SE for verdade, espero que o ilustre fiscalista já tenha tido o bom senso de se afastar, pelo menos, temporariamente, de tais companhias.

Quanto ao episódio que refere do PGR, não fazia a menor ideia que tinha tido lugar.
Diga-me só uma coisa, leu isso nalgum jornal ? Viu na TV ? Onde é que ele disse isso ? Gostava sinceramente de saber.

Quanto aos nossos defensores, como saberá bem que eu tenho tentado ACORDÁ-LOS !!! Mas, infelizmente, não é fácil !!!

Ausentista,
Lembro-me bem da nossa querela. E não lhe retiro uma vírgula. Portanto, continuo a acreditar na Justiça, onde há, como em todos os campos, melhores e piores, mais sérios e menos sérios, mais competentes e menos competentes.

(Antes de prosseguir dois apartes:
1) Sei de quem fala, Cândido Gouveia.
2) Cuidado, olhe que o exemplo de Torres Novas, ao contrário do que muita gente pensa (PORQUE A COMUNICAÇÃO SOCIAL ASSIM O DETERMINOU), poderá não ser assim um exemplo tão, tão, tão bom.)

Depois o meu caro amigo.... pergunta ....:
“Porque é que MJM ainda não cuidou de investigar as gravaçoes veiga/vieira ? não as acha relevantes ? não tem tempo ? não são credíveis ? não fazem parte do mesmo processo ?”
e conclui:
“tudo o resto acaba por ser acessório e ilusório, mesmo para quem como eu, gostava que tudo fosse investigado e esclarecido para que no final, as nossa vitórias não pudessem mais ser denegridas.”

Sabe o que eu lhe digo ?
Tocou num PONTO ESSENCIAL.
Só não percebo o seguinte - Quer melhor “palco” do que aquele que TEM para dizer isso BEM ALTO ? Porque não o faz ?

Vai-me desculpar, mas vou ser muito sincero - Dói-me a alma só de ver alguém com inteligência, carisma e que tem acesso a um palco de excepção, NADA FAZER...

Contista,
Não me leve a mal, mas não posso sobrecarregar as minha fontes jurídicas (que acessoraram na elaboração do post) ....

Pinto da Costa,
Seja bem-vindo !!
Concordo com muita coisa que nos diz.
Apenas faria uma ligeira precisão. Ao que sei (até pelo que veio no Público de anteontem) a Sr.a D. Carolina fá-la de mais casos para além do jogo com o Estrela.
Agora, isto em nada invalida o que Pinto da Costa refere, visto que parece que ela APENAS se refere aos casos que JÁ ERAM conhecidos de todos !!!

Realço, acima de tudo o resto, a sua última frase: “ (...) é fundamental não assistirmos a isto tudo calados”.
Precisamente.

Zé Luís,
Bem vindo também.
Parabéns pelo excelente trabalho que tem desenvolvido no não menos excelente blog do Zirtaev.

FC Limpa Tudo,
Em relação ao perigo que é vir ao Porto, onde só há criminosos (e do pior), penso que o Manuel Tavares diz tudo....

Gostei (pela atitude que simboliza) da palavra de ordem que utilizou - BASTA !

Saliento e subscrevo os seus desafios !! Todos podem fazer algo !! Por pouco que seja ! Dou especial saliência ao desafio que lançou às figuras públicas do nosso Clube ! O poder da comunicação social nos dias de hoje é absolutamente (e infelizmente) desmesurado.

Quanto ao P.S. .... vou aproveitar a sua brincadeira e o que muito bem diz o Blue Boy para dizer o seguinte: todos aqueles que têm o privilégio, a honra e o orgulho, de serem DRAGÕES, pelo que têm de lutar, pelo que têm de batalhar, até de aturar, pelo esforço, a DOBRAR, que têm de fazer para alcançarem o que quer que seja, merecem ser Dragões de Ouro.

Meireles,
É verdade.
Está tudo dito, quando termina dizendo: “Seria importante e imprescindível que a senhora Doutora Maria José Morgado nos esclarecesse relativamente a estas pertinentes dúvidas, para podermos ficar tranquilos quanto à sua tão desejada Isenção!”

P.s. - Queria fazer-vos um desafio:
Os dados são os seguintes:
1 - o Correio da Manha, dirigido pelo vermelho mais vermelho não há João Marcelino (antigo colega do Manha no Record dirigido pelo anedótico Cartaxana), é talvez, actualmente, um dos jornais com maior tiragem.
2 - O Correio da Manhã já deve ter feito uma 20 capas com o apito dourado e a Sr. D. Carolina só desde que saiu o "papel higiénico".
3 - O Correio da Manhã entende que o Porto é uma cidade de malandros (leram o texto do Manuel Tavares ?).
4 - Ontem, para mim, houve um FACTO NOTICIOSO MUITO IMPORTANTE - a Câmara da capital do país foi autenticamente "SITIADA" pelas autoridades para averiguação de negócios imobiliários.

Pergunta: Têm a certeza que o que eu disse acima no PONTO 4 é verdade ? Ou terei sonhado ?

Ora vejam hoje a capa do Correio da Manhã:

http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=228792&idselect=20&idCanal=20&p=0

Hugo Cunha disse...

Caro Situacionista,

Vi o episódio que relatei do PGR e da graçola que referi no post inicial, na TV que todos nós financiamos, a RTP1, num telejornal das 8, se ha memória não me atraiçoa.

Relativamente à "resposta" ao nosso ilustre ausentista, penso exctamente de mesma forma, embora consiga compreender que uma figura pública se tenha de resguardar um pouco.

Parabéns mais uma vez pelo excelente trabalho.

Anónimo disse...

Situacionista, Marcelino é lagarto, até prefere o porto ao benfica, mas para vender e agastar o pc faz tudo.

O Situacionista disse...

Caro Hugo,
A atitude do PGR, para além de revelar uma grande inocência, é, no mínimo, lamentável !!!

Aliás, o PGR, por este andar, e desde que, para ESPANTO GERAL, assumiu publicamente que andava a ler o "rolo de papel higiénico", vai passar, infelizmente, por muitas dificuldades...

Caro Zé Luís,
Se assim é, é uma grande surpresa. Eu leio-o há muito tempo e não me lembro de ele falar mal dos vermelhos, muito menos de não espumar com o FCPorto e o NGP.

já agora, como já constatei que tem um belo arquivo, diga-me uma coisa - por acaso não tem uma cópia da primeira página da edição de A Bola do dia seguinte à nossa vitória no Japão em 2004. Não imagina como lhe ficaria agradecido se me arranjasse essa capa !!!

Zé Luís disse...

Situacionista,
já passaram uns dias sobre este post.
E volto cá. Porque entreanto, tenho o despacho nas minhas mãos, li-o e dei com os mesmos "gatos" que tu.
Irei explicitá-los no meu blog mais tarde.
Entretnto, ainda, reparei que dois comentários meus aqui saíram como anónimo sem me ter apercebido, o das 18.32 e 20.32.
Parabéns e na próxima falarei eu deste assunto.