terça-feira, 19 de dezembro de 2006

MST – A-C-O-R-D-O-U !!!

Eu ontem pedia aqui aos portistas para ....acordarem !!!

Hoje, aparentemente recuperado de um GRAVÍSSIMA “pancada” (leia-se sono profundo) sofrida na semana passada, que motivou um ERRO CRASSO que, conforme as consequências que advirão, poderá ter sido (ou não) histórico (esperemos bem que não), eis o regresso do MST a que nos habituamos. Bem ACORDADO !!
Meu caro Miguel, que erros semelhantes NÃO SE REPITAM !!!
A primeira todos caiem.
À segunda só cai quem quer...

Diz o MST,
“Não bate a bota com a perdigota

A bota pode ser a do Ricardo Quaresma, o mais genial jogador do campeonato português - tal como já o era no ano passado, queira Scolari ou não queira. A perdigota pode ser a D. Carolina Salgado, que actualmente simboliza muito bem aqueles que chegaram ao futebol por acaso ou caminhos ínvios, dele se alimentaram para tentarem ser alguém e que a ele só trouxeram vergonha e sujidade.

Há quem prefira o futebol à maneira da D. Carolina; eu prefiro-a à maneira do Ricardo Quaresma.
Se vou para a bancada do estádio é por causa de jogadores como o Quaresma; se não me aproximo dos camarotes é por causa de pessoas como a D. Carolina, que por lá habitam.

Há três anos que venho dizendo isto e peço desculpa por me repetir: o grande embaraço do Apito Dourado é que desde o início que se tornou óbvio, para quem tenha alguns conhecimentos de direito ou algumas preocupações em ver a justiça ser feita, que as expectativas que muitos alimentaram à sua conta não encontravam correspondência nos factos do processo.

Ou, por outras palavras, o grande objectivo de 80 por cento daqueles que obcecantemente falam, escrevem e sonham com o - Apito Dourado - a saber, o entalanço de Pinto da Costa e do FC Porto - esbarram miseravelmente no pouco interesse que despertam as manigâncias do FC. Gondomar e de um pequeno exército de sombras gravitando à roda do major Valentim Loureito.

E isso, manifestamente, não interessa aos entusiastas do Apito Dourado: não é o Gondomar que interessa, é o FC Porto; não é Valentim Loureiro, é Pinto da Costa.

Que chatice, não bater a bota com a perdigota !

Com grande esforço e voluntarismo, alguns magistrados do Ministério Público fizeram o que puderam para chegar onde a maioria queria: descobriu-se um árbitro que terá ido beber um café a casa de Pinto da Costa, antes de um palpitante FC Porto-Rio Ave para a Taça de Portugal, e outro que terá pedido a alguém que pediu a alguém ligado ao FC Porto duas meninas para se entreter antes de arbitrar o terrível FC Porto-Estrela da Amadora, disputado numa altura de 2004 em que o FC Porto já tinha uma vantagem irrecuperável para ser campeão e estava a dias de ganhar a Champions, enquanto o Estrela da Amadora já não tinha forma de evitar a despromoção.

Eis um problema sério: como encontrar aqui interesse em corromper um árbitro, como descobrir o móbil do crime ?

Segunda contrariedade: quem é que as escutas telefónicas revelaram como grande pivot do Apito Dourado, verdadeiro patrão do jogo de sombras do futebol português ? Valentim Loureiro.

E quem é que deu o poder a Valentim Loureiro e com ele dividiu os cargos e influências na Liga de Clubes ? O Benfica e Luís Filipe Vieira.

Quem é que as escutas apanharam a escolher com ele ao telefone o árbitro que convinha ao seu clube ? Luís Filipe Vieira.

Quem é que lhe telefonou a pedir a interdição do campo do adversário e depois lhe prometeu «um beijinho» pelo favor feito ? José Veiga.

Que chatice, querem ver que a Justiça é cega ?

Mas eis que agora, subitamente, um sirocco de esperança varre as almas justiceiras ! Ainda nem tudo está perdido, ainda se pode fazer justiça ! Graças à chegada aos acontecimentos de duas mulheres, já há benfiquistas que desabafam comigo que para o ano o FC Porto estará na II Divisão, tal como a Juventus, em Itália (já lá vai o tempo em que eles acreditavam poder vencer-nos: agora querem-nos é longe da vista e dos relvados...).

Carolina Salgado, juram-me, vai ser a «testemunha-chave», «mulher de coragem», como atestam a Leonor Pinhão e aquele Dr. Bexiga, ex-vereador de Gondomar, que, depois de a ouvir confessar que contratou e pagou aos que lhe deram uma coça, chegou à conclusão que ela era «um exemplo cívico» (mais uma coça e ele ainda a propõe para a Ordem do Infante...).

O povo espera, obviamente, que o governo abra uma excepção às restrições orçamentais e que aplique parte do dinheiro dos nossos impostos e do nosso trabalho a garantir adequada protecção e recompensa a esta testemunha preciosa, cuja credibilidade, desinteresse e carácter moral estão amplamente expostos naquela coisa edificante a que a Editora D. Quixote resolveu chamar «livro» e que deve ser, com certeza, um modelo daquilo que os novos admiradores da D. Carolina gostariam de ver exposto acerca de si próprios, no dia em que os seus cônjuges resolvessem vingar-se deles.

Valha-nos Carolina Salgado para perceber em que campo moral cada um se situa e como o futebol português é, de facto, o território do «vale tudo» !

Mas o povo também espera que a Dr.a Maria José Morgado faça jus à sua fama de arrasa-criminosos e consiga descobrir finalmente o móbil do crime portista, nem que para isso tenha de mandar torturar, um por um, todos os árbitros portugueses, incluindo até Lucílio Baptista e todos os que apitaram jogos do Benfica, na gloriosa caminhada rumo ao título de 2004/05.

Dela se espera bem mais do que aquele caricato episódio de um juiz de instrução a ouvir três peritos em arbitragem para ver se eles conseguiam detectar, no vídeo do célebre FC Porto-Estrela da Amadora (4-1), provas concludentes sobre a corrupção do árbitro, coisa que, estranhamente, não se tornou patente.

Mas há uma coisa que, nem que Cristo descesse à terra para dirigir pessoalmente as investigações do Apito Dourado, se conseguiria desfazer: é esta chatice da verdade do futebol jogado dentro dos relvados e que todas as semanas pode ser constatada por quem segue o assunto e ainda gosta de futebol.

E aí, nesse território da verdade, o que a memória dos últimos largos anos nos diz é que, tirando esporádicos intervalos, o FC Porto é a melhor equipa portuguesa a léguas de distância das outras e uma das melhores equipas da Europa e do Mundo.

Não deve ser coincidência que quem por lá passa, seja jogador ou treinador (e, em especial, se vindo dos rivais directos), não se cansa de repetir que ali encontrou uma organização, um espírito de equipa e uma cultura de vitória como em lado algum.

E, depois, há equipas como a do Baía, do Ricardo Carvalho, do Deco, do Derlei, ou esta do Helton, do Pepe, do Quaresma e do Anderson, que todas as semanas mostram num canal perto de si que só por absoluto fanatismo e má-fé é que é possível pretender que não é a eles que se devem as vitórias, mas sim aos árbitros - aqui, na Europa e no Mundo.

O FC Porto de Jesualdo Ferreira acaba de encerrar de forma brilhante dois ciclos de jogos, com uma interrupção de dez dias pelo meio, em que foi o único representante português a ultrapassar a fase de grupos na Champions e se afirmou internamente como o grande candidato ao título.

Foram 13 jogos, quase todos sem Anderson, alguns arrostando com arbitragens prejudiciais, outros encaixando a quase violência dos adversários, e apenas cedendo, no final, dois empates: um em Alvalade, no campo de um rival directo, e outro contra o Arsenal, em que só o azar impediu a vitória.

Nunca o Apito Dourado deu tanto jeito para desviar as atenções !”
(realçados meus)
(A Bola, hoje)
.
Digo eu, PORTISTAS A-C-O-R-D-E-M !!!!

27 comentários:

Eterno Dragao disse...

O meu único comentário é o seguinte: julgo que, nestes casos, também não existe "estatuto de arrependido".

Sinceramente, parece-me que, no nosso blogue, damos demasiada atenção ao que MST escreve. Aliás, é engraçado porque o NGP também manifesta sempre grande consideração por ele. É uma espécie de "menino mal comportado" que é sempre querido.

Para mim, o tratamento é semelhante ao concedido ao Hélder Postiga. Quando ele marcar 20 golos numa época, perdoo os muitos jogos para esquecer. Com MST é a mesma coisa: se ele estiver um ano sem escrever disparates...

O Situacionista disse...

Eterno,
A tua posição, quanto ao MST, não me surpreende minimamente !!
Limitas-te a ser coerente.

E por paradoxal e estranho que possa parecer a muita gente (onde não te incluo), eu estou totalmente de acordo contigo (excepto quanto à comparação que fazes, a qual, aliás, me parece francamente injusta.... para o Postiga !!!).
Eu tenho boa memória.
E então o último parágrafo do artigo da semana passada do MST, por representar bem todo o artigo, não me sai da cabeça.

O que não invalida que eu reconheça que o homem, aparentemente, acordou para a VIDA REAL.
E a vida real são os FACTOS INDESMENTÍVEIS que ele tão bem aponta e que eu tanto me tenho fartado de repisar.
Factos esses que traduzem a VERDADE e que nós temos de SABER DEFENDER.

CUSTE O QUE CUSTAR, SEJA CONTRA QUEM FOR !!!

P.s. - Curiosamente, hoje, os ANTI-PORTISTAS já se BABAM novamente de FÚRIA pela FALTA de CREDIBILIDADE do MST .... que há escassos 8 dias era a pessoa mais credível do mundo ... a seguir à sua (deles) heróina Sr.a D. Carolina...

O Soldado Azul disse...

Situacionista,
Este teu apelo para os Portistas acordarem parece-me francamente exagerado com base nos teus argumentos! Passo a desenvolver (e que fique claro que falo por mim): que há uma campanha contra o Porto clube e contra o NGP parece-me por demais evidente mas não é desde a publicação desta pseudo-obra a que intitulam livro! Foi intensificada desde que o NGP foi constituído arguido no âmbito do Processo Apito Dourado!!!! É como diz o MST (e bem) não interessa o F.C. Gondomar nem o Major mas sim o FCP e o NGP!!!! Que o MST foi londe demais ao pedir a demissão do NGP também me parece por demais evidente nem eu considero (que me rectifiquem se estiver errado) que alguém (comentador deste espaço)concordou com ele... Esta tendência de analisarmos todos os assuntos relacionados com o nosso clube e com o NGP, tendo sistemáticamente como base a permissa da comparação com os benfiquistas é que na minha óptica é totalmente errada!!!! Parece um complexo de inferioridade! Faz-me lembrar o slogan dos Super "E quem não salta é lampião" quando estamos a jogar contra ... o Paços de Ferreira! Não devemos valorizar quem não tem valor!!! As nossas posições devem ter como base aquilo que realmente somos! E o que somos? Superiores! Lideres! O melhor clube português! Um dos melhores clubes da Europa e do mundo! Somos bi-campeões do mundo! Os outros é que são inferiores e que necessitam de comparações!!!! Neste contexto continuo a afirmar que o simples facto do NGP ser arguido num processo judicial de suspeição de corrupção é prejudicial para a imagem do clube a nivel INTERNACIONAL, independentemente da culpa! No seguimento desta análise, contrariamente ao que concluis mas com todo o respeito, não considero que os Portistas estejam a dormir!!
Saudações

O Soldado Azul disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
meirelesportuense disse...

Eu confesso, não resisti e fui hoje de manhã ler o tal livro(?) da Sim Carolina òi-ó-ai e saí da Bertrand -O senhor que dirige a mencionada loja que me desculpe- sem ter de gastar um único tostão e completamente remoçado...Aconselho não comprem, mas peçam a um vosso amigo Benfiquista mais chegado leiam-no e verão que tenho razão quando menciono aqui o alívio que senti ao acabar de ler tal texto...Foi a consulta de Psicoterapia mais barata que tive em toda a minha vida! E digo isto porque o alarido foi tal que eu até receava olhar -tal a majestade das atitudes dos Inteligentes(?) deste pobre País- aquelas malditas palavras e nelas encontar alguma justificação para todo este aparato e teatro trágico e cómico Nacional...Realmente a Justiça Portuguesa está mesmo pelas ruas da amargura, coitada da Mizé que fraca tarefa lhe destinaram. Fizeram isto por certo para a queimar de vez! D. Maria José, peça para reabrir os Processos Casa Pia e Camarate e talvez assim dignifique o seu currículo, de outro modo devo confessar, que fico muito orgulhoso e satisfeito por nunca ter tido a mínima atração pelas teorias Maotsetunguistas e por aqueles horríveis trajes "todos diferentes todos iguais"... Este livro, caro Zirtaev e restantes confrades, parece a história da Gata Borralheira contada por um analfabeto e a verdade é que de um homem(?) que anda para aí a roubar à sucapa os pobrezinhos dos elefantes de Sete Rios não se pode esperar outra coisa que não seja um autêntico Pneu Careca... D. Maria José nem tenho coragem para lhe pedir encarecidamente que mande requerer uma notificação para que os elefantes do Zoo venham depôr imediatamente a Gondomar no âmbito deste Processo...E não tenho coragem porque tenho pena dos pobrezinhos dos bichinhos: terem de fazer uma tão longa viagem para estacionarem ali em frente ao Monte Crasto a olhar para o Ferrugento sem saber o que denunciarem primeiro se a surripiadela das moedas, se a intromissão abusiva e nocturna do "dito cujo" a altas horas -provavelmente a coberto do calor da noite- sem autorização superior. Força senhor JNPdaCosta, ela não mereceu os bilhetinhos que lhe escreveu...Ela vai ter o castigo que merece:No final da novela terá de casar com o Zé Beiga! Recomendo ao Dr. Rui Rio que aconselhe o Felipe Lá Féria a aproveitar esta "obra-prima" para a abertura da nova temporada do Rivoli...Chamem-lhe, Confissões de uma Gueixa!

meirelesportuense disse...

PS:No fundo o Jorge Nuno Pinto da Costa só demonstra ser um pouco angélico e demasiado confiante: Influências do Seminário.Quanto ao artigo do MSTavares só tenho a dizer o seguinte: Assim já te reconheço!...Agora até os comemos...Com batatinhas cozidas...

Alvaro disse...

Gosto do MST. O homem escreve bem, sabe o que quer e não tem medo de ter muitas vezes uma opinião contrária à maioria dos portistas. O problema é que, como todos nós, nem sempre tem razão!
Aquilo que escreveu na semana passada foi de uma estupidez de bradar aos céus e só alguém com os olhos fechados podia ter feito um pedido daqueles.
Mas felizmente que esta semana acordou! Sendo assim só me resta esperar que não se deixe adormecer outra vez. ;)

O Situacionista disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
O Situacionista disse...

Meus caros,
Isto sim é um LIVRO !!!
Sabem qual é o TÍTULO da pág. 149 da biografia do NGP, que saiu este fim de semana, e da qual, como não podia deixar de ser, já tenho aqui nas minhas mãos um exemplar ?
Cá vai - “Bi-campeão mundial” !!!!
É verdade !!!

Só pude ainda folhear, mas já deu para ver que tem imensas e espectaculares ilustrações.
Recomendo vivamente !!!
Já tenho prenda para dar a algumas pessoas !!
(ao que sei só está à venda nas lojas do Clube)

P.s. - Mais tarde venho cá comentar o que aqui se tem dito (especialmente pelo Meireles, que compra estórias....gratuitamente..:-))) )

Fanático disse...

1) Parabéns soldado azul: muito bom comentário e reflecte o que penso sobre o MST.
2) Quero acreditar que o MST tenha recuperado da aura amnésica da semana passada..

Azzulli disse...

O artigo de hoje do MST está excelente.
Eu gosto bastante de o ler, não só desportivamente, e concordo muito com ele.
A semana passada foi uma autêntica paragem cerebral...
Bom tê-lo de volta rápidamente, e em força!

Quanto ao RMoreira, ontem esteve bastante moderado... O programa fez-me lembrar o fim do jogo com o Arsenal: jogar para o 0-0...

Quanto ao que diz o Soldado, não me parece que nos comparemos com os vermelhos. Eles é que querem denegrir o nosso valor. A nossa imagem sai afectada, mas penso que internacionalmente nem tanto. Um italiano lembra-se do FCP ter vencido a Lazio naquele jogo chuvoso por 4-1, um inglês lembrar-se-á do golo do Costinha em Manchester, um Russo nem se quer lembrar, um francês muito menos, os alemães também têm levado que contar... and so on...
Para não falar da origem dos melhores jogadores do mundo espalhados por essa europa fora!

O Situacionista disse...

Relacionado com o tema, e pela pertinência e até pelo humor (que lhe desconhecia) e, ainda, já que alguns portistas, muito estranhamente, parece que estão noutro planeta (uma vez que não os ouço dizer uma única palavra sobre estes FACTOS ESSENCIAIS), vale bem a pena ler o excelente artigo de hoje do verde JAL (José António Lima).
(já vos estou a imaginar, “ó diabo, lá vem este com “literatura” ", mas tem de ser, há que acordar para a vida real .... aqui entra o Soldado “estou bem tramado, este não quer deixar dormir ninguém....”).

“A COR DO PAI NATAL
(....)
(....), há pouco MAIS DE UM MÊS, Luís Filipe Vieira prometia que «TODOS OS BENFIQUISTAS IRÃO FICAR A SABER PORQUE É QUE O PAI NATAL É VERMELHO".

Passadas cinco semanas, a que significativo acontecimento, entretanto ocorrido, se estaria a referir o presidente benfiquista ?
À ascensão do Benfica ao terceiro lugar da tabela ?
À passagem da equipa para a Taça UEFA ?
Ao aparecimento do livro de Carolina Salgado, enquadrada pelos festejos de uma claque benfiquista conduzida pelo Barbas ?
À sua própria constituição como arguido no caso Mantorras ?
Ao caso de doping de Nuno Assis analisado em Lausana pelo Tribunal Arbitral do Desporto ?
Ao eventual regresso de Manuel Fernandes à Luz ?
À hipótese de José Veiga estar de volta ?

Com tantos e tão diversificados episódios e emoções no universo benfiquista, não é fácil discernir a qual deles se queria referir Luís Filipe Vieira quando prometeu aos adeptos que todos iriam perceber a razão da cor vermelha do Pai Natal.

Ainda que o mais provável seja a antevisão que o presidente do Benfica já estaria a fazer sobre o impacto do lançamento do livro da ex-companheira de Pinto da Costa.

Vale, aliás, a pena fazer, sobre este caso, duas notas de prevenção e alerta.

A primeira para sublinhar que, até agora, Carolina Salgado não apresentou, nem no livro nem nas múltiplas entrevistas que entretanto concedeu, qualquer documento que consubstancie qualquer testemunho que fundamente as mais graves acusações que lançou sobre Pinto da Costa. O que reduz tudo, por enquanto, ao grau de credibilidade que se quiser dar à sua palavra.
(....)

Sobre a novela de José Veiga, apenas duas dúvidas.

A primeira para estranhar que Veiga não tenha esclarecido a opinião pública e os desassossegados adeptos benfiquistas em particular, dos motivos que levaram o Banco Dexia, do Luxemburgo, a retirar dos tribunais a queixa que, há anos, contra ele movera, reclamando 1,5 milhões de euros.

Houve algum pagamento nesse montante ?

Não passou tudo de um equívoco do banco luxemburguês, que lhe pediu desculpas pelo processo?

A segunda dúvida para questionar se há condições para o regresso de José Veiga ao Benfica antes de se esclarecer o seu envolvimento no caso da transferência de João Pinto.

E enquanto a sua empresa Superfute surgir no topo da lista de devedores ao fisco, com dívidas de milhões.

Nada disso é razão impeditiva para o regresso ?

Nesse caso, só resta desejar a todos um Bom Natal.”
(realçados meus)
(A Bola,)

Fanático disse...

Muito bom o texto do JAL.É destes verdes que eu gosto!Não podemos deixar de estar atentos e malhar sempre nos ensanguentados.E viva os azuis do Restelo!

O Soldado Azul disse...

Caro Azzulli,
Não nos podemos esquecer que o nosso clube está envolvido em Organizações Internacionais como por ex., o G-14 e neste contexto, tal como afirmei, ter um Presidente como arguido não me parece que seja favorável, muito pelo contrário! Foi com base nesta perspectiva que considerei a imagem negativa a nível internacional!
Saudações
P.S. Situacionista, ainda não estou com o sono em dia, de maneira que vou dormir mais um bocado... :)

meirelesportuense disse...

Caro Situacionista estou à espera do seu comentário sobre os meus comentários e já estou a sentir muito frio...

O Situacionista disse...

Meu caro Meireles,

Tem toda a razão !! E como o prometido é devido...

Quanto ao dito livro, sinceramente continuo muito longe de o ler (se por acaso algum verde ou vermelho o tiver...).

Sabe porquê ? Nem é por ter receio (de quê ????) do que lá vem dito, é porque....”é pá”, tenho aversão à violação da vida privada. Então da intimidade...

Quanto à sua "falta de coragem" ....subscrevo !! Pobre Mizé !!

Quanto ao filme que propõe, digo-lhe já - o seu enredo é fantástico...e o final apoteótico !!!!

Lá Féria ????? Nem pensar !!!

Proponho um muito melhor - Meireles Portuense !!! Já ouviu falar ?

P.s. - Se o tivesse comprado e lhe tivesse dado o destino certo, não estaria a sentir tanto frio...

P.s. 1 - Meu caro, já agora não vai levar a mal que lhe peça um favor - para facilitar a leitura dos seus comentários, separe o texto (por frase, parágrafo, como quiser).
Eu, pelo menos, prefiro que ocupe mais espaço mas seja mais facilmente lido. Obg

meirelesportuense disse...

Sinceramente Situacionista não o compreendo, está a querer sugerir que seria melhor eu comprar o livro da D. "Creolina" ainda que para depois o lançar à fogueira? Há aí algo de estranho: então sugere que eu subsidie a dita senhora? Ou por arrastamente atenue as despesas que o Benfica está a ter com esta publicação? Estará o meu amigo a sugerir que eu sou fantazioso naquilo que escrevo? E se é assim diga então em que é que acha que eu fui longe de mais com o meu espírito criativo...Ainda hoje passeando ppor alguns blogues portistas averiguei indicações do tipo: O marido da MJM é consultor das empresas de LFV!!!A MJM é Benfiquista!...O Hermínio Loureiro é Benfiquista e até foi ele que tratou do "encontro" entre a comitiva Benfiquista e o Durão durante uma das campanhas eleitorais anteriores!...O PGR é reconhecidamente Benfiquista!...Então acha que tudo aquilo que eu disse não tem fundamento? Meu amigo não nasci agora e sei bem da matéria que constitui os seres humanos...Diga o que tem a dizer mas claramente mas sem subterfúgios...Fico a aguardar, cada vez mais enregelado que a temperatura desce, desce...

meirelesportuense disse...

Bom como se mantém silencioso, devo admitir que não sabe o que deve dizer-me e quem não sabe o que argumentar não deve meter a colher numa discussão, porque senão arrisca-se a ficar com a colher na mão sem a conseguir utilizar...Já percebe melhor Situacionista? Tenho a sensação que fui mal entendido ou estou a ser confundido com algum submarino "amarelo"! E já agora o que quer dizer Situcionista? Antigamente no tempo do Salazar, situacionistas eram os Pides,os GNRs, os GuardaFiscais, os Bufos,os membros da União Nacional, os Presidentes da Junta, enfim toda uma fauna giríssima....E nos tempos que correm quererá dizer Benfiquista?...

Eterno Dragao disse...

Ó amigo meirelesportuense... Essa última parte do "comentário" era dispensável (benfiquista... "não habia nexexidade"). Para quem lê a sequência dos comentários, parece que há "mal entendido", sem qualquer razão. Era capaz de garantir que o "post" do Situacionista pretendia elogiar a sua engraçada "história", mas ele o dirá, se assim o entender.

Neste blogue, todos somos Situacionistas e dá para ver que o amigo meirelesportuense também é (e muito). Mas apenas num sentido: o nosso regime é o Futebol Clube do Porto e servimos essa paixão com dedicação e da forma mais esclarecida que nos é possível.

O andar dos tempos é inexorável... A nossa geração (porque, neste blogue, temos todos a mesma idade, aproximadamente) sabe bem a conotação que a palavra Situacionista tinha (no mínimo, há 30 anos!), mas já a utiliza sem qualquer tipo de complexo ideológico. A geração a seguir à nossa nem sequer sabe quem foi Salazar e não faz a mínima ideia se "Situacionista" se escreve com "s" ou com "c"...

Volte sempre! Diga o que tem a dizer (eu, pessoalmente, acho que os seus contributos enriquecem muito este blogue), que nós fazemos o mesmo. Aqui não há subterfúgios. Mas... não nos chame benfiquistas, mesmo quando se "zangar" connosco (sem razão - como me parece ser o caso -, ou com razão, como poderá acontecer).

meirelesportuense disse...

Eterno Dragão eu nunca fui Situacionista nem em relação à Política e muito menos em relação ao Desporto. "No tempo em que festejavam o dia dos meus anos" tudo à minha volta era maioritáriamente Vermelho ou Verde, com algum branco -para amaciar- pelo meio. Hoje já não será tanto assim dizemos, mas pelo que podemos observar não terá mudado tanto quanto por vezes julgamos...Não me considero Situacionista apenas pelo facto de o meu Clube de eleição ganhar com muita frequência: Acho apenas natural que isso aconteça, pois considero como sempre considerei que não somos inferiores a ninguém, talvez um pouco mais pobres e menos influentes. E não estou zangado com ninguém, não sou do género de embeiçar, bem pelo contrário aprecio uma boa luta e tenho amigos com quem lutei árduamente, antes de com eles vir a fazer profunda amizade...Sou dos que pensam que se levarmos os conflitos ao extremo percebemos melhor quem temos pela frente e essa consciência, muitas vezes permite passar da conflitualidade para a amizade e a partir daí o respeito é bem maior e sentido. Por conseguinte para mim está tudo bem, só continuo sem perceber o que é que o Situacionista queria dizer quando sugeria que eu estaria bem na "pele" do Felipe La Féria, personagem que eu acho execrável...Já reparou que a ser verdade temos: O PRca vermelho, o 1ºMinistro vermelho, o PGR vermelho,o PGAdjunto "vermelha", o marido dela Fiscalista do LFViera, vermelho, o PrLiga vermelho, o PrFPFutebol vermelho, o PrCMPorto axadrezado/vermelho; o PrCMGondomar verde/axadrezado, e por aí fora...Dava mesmo muito jeito ser Situacionista... Um abraço e um bom Natal para todos vós.

Eterno Dragao disse...

meirelesportuense: julgo que nós portistas estamos "conformados com a situação" - agrada-nos ganhar e isso acontece com bastante frequência. Esperemos que continue a ser assim!

O "Situacionista" falará sobre esse "pomo de discórdia" (La Feria), se assim o entender.

Em relação à "troupe" de vermelhos que refere, tenho algumas dúvidas quanto a Saldanha Sanches. Não sei se viu, recentemente, na SIC Notícias, um debate em que ele acusou LFV de ser o proprietário dos terrenos de Marvila que foram objecto desta "habilidade" da Câmara Municipal de Lisboa (os tais terrenos por onde irá passar o TGV). Pouco tempo depois, veio pedir formalmente desculpa... Parece que os terrenos não eram de LFV, mas sim de uma empresa... Claro que pode ter sido tudo para disfarçar.

O que acabei de dizer não invalida que eu considere que ele se rege pelo princípio "olha para o que eu digo, mas não olhes para o que eu faço", como já tive ocasião de escrever noutro comentário.

Em todo o caso, Saldanha Sanches será o elemento "menos preocupante" da "troupe" que refere...

meirelesportuense disse...

OK Eterno -como eu- Dragão, eu nem estou muito preocupado com o Saldanha Sanches que por "acaso" também foi da extrema esquerda no período revolucionário. O que me preocupa é esta conjuntura ocasional de "muitos" figurões desse tipo e ainda por cima Benfiquistas, ocuparem os lugares cimeiros do Poder e não conseguirem porventura abstrairem-se disso quando chegar a hora de "ajuizar" a sério. Eu acredito pouco na seriedade destas pessoas e só vou citar o exemplo do mais "ilustre" de todos no momento, o Presidente da República: Tem sido notória a sua posição no que diz respeito á necessidade de reformular os critérios quanto à idade e aos valores a dispender nas reformas dos Portugueses. Pois é do conhecimento público que ele acumula neste momento, várias reformas -quer de cargos públicos que já desempenhou, como da função de professor que já foi- com o vencimento de Presidente da República função esta que lhe vai dar direito a mais uma reformazita e choruda..."Olha para o que eu digo e não olhes para o que eu faço". Por isso eu não acredito neles -e oxalá me engane- mas no momento de decidirem, se a populaça exigir sangue, eles vão conceder-lho, sem quererem saber se é sangue inocente ou não...

O Situacionista disse...

Meireles,

(Depois de ontem ter cá passado, não tencionava passar por aqui, pelos menos, para escrever, antes de 3ª feira.
Só que há uma hora atrás recebi uma sms do Soldado sobre o blog.
Alertado, vim ver.
Como ?????)

Meu caro, que lhe deu ????????

Por vezes a vida é ingrata.
Quanto mais se elogia, mais se é criticado.
Até custa a acreditar.

Mas fique sabendo que este comentário já não vai ser feito de elogios, mas sim de críticas.

Meireles, para quem tanto fala mal, e bem, de outros tempos, felizmente (apesar de eu não os ter vivido) idos, não deixa de ser lamentável que, perante aquilo que pensa ser …nem sei bem o que pensou... sei lá, que o critiquei, que ironizei consigo...qualquer coisa...não deixa de ser lamentável, dizia, que passe a uma CONDENAÇÃO SUMÁRIA !! (sem me conceder qualquer direito de defesa)

Leu bem o que escrevi ???????

É que o seu comentário já não bastava ser totalmente infundado e injustificado é, ainda, mais grave de tudo, INSULTUOSO (e não me estou a referir ao “benfiquista”, percebeu ?).

Fique sabendo que não a (condenação) admito.
Estou profundamente desagradado consigo.

Se a sua questão é o Lá Féria, eu só o propus porque gostei tanto da sua ideia (enredo) que lhe (a si) quis dar o MÉRITO !!! E demonstrá-lo !!

Podia ter-me (auto) proposto a mim, mas como não gosto de ficar com o mérito dos outros...

Enfim...

P.s - Sobre o meu nome, terei todo o gosto em explicar porque adoptei, mas apenas quando entender por bem fazê-lo e não porque alguém (seja quem for) se lembra de o associar a disparates.

P.s. 2- Meireles, fique sabendo que se os comentários em questão não fossem seus, ou de alguém que me merecesse a máxima consideração, não teria gasta um segundo do meu tempo com eles.

P.s. 3 - 3ª feira estou de volta.

meirelesportuense disse...

Caro Situacionista acho que está a dramatizar um pouco tudo o que eu disse e a fazer-me sentir como que um louco que investiu sobre si sem qualquer contemplação nem muito menos justificação. Devo dizer que medindo melhor a sua reacção é bem possível que eu tenha cometido um erro de apreciação das suas palavras e se é assim eu devo humildemente pedir-lhe desculpa e penitenciar-me da minha precipitação. Tudo o que me pareceu estar subjacente às suas palavras era um tom jocoso e crítico a alguns dos meus comentários em que eu punha o acento tónico sobre
uns certos "senhores" que se afirmavam como sendo de extrema esquerda e que agora estão muito bem "remendados" da vida, enquanto a classe trabalhadora que eles tanto "demagogamente utilizaram" se vê aflita para conseguir sobreviver. Como o seu silêncio se fez sentir durante algum tempo eu deduzi -porque ignorava esses seus hiatos de presença- que o amigo Situacionista se estava a preparar para um ataque cerrado e eu tentei apenas apressá-lo o que consegui mas pelos vistos, no pior dos sentidos. Sinceramente nas suas palavras não vislumbrei ou senti elogio, apenas alguma mordaz e sibilina crítica àquilo que era "sugerido" -no meu entendimento- como sendo apenas produto da minha fértil imaginação...Se não foi assim devo confessar-lhe que me enganei rotundamente, fui ingrato e nada mais me resta que reiterar o meu pedido de desculpas...Devo dizer-lhe que muitas das minhas histórias são fundamentadas na realidade que vivi em tempos recuados e que outras, vêm sendo confirmadas por muitos escribas que vão aqui e além pincelando quadros da hipócrita sociedade em que nos inserimos. Para si e para todos os outros comentadores aqui passantes um Feliz Natal e até Terça Feira...E já agora dispense esse seu "Soldado" pelo menos durante a quadra Natalícia para que ele possa ir passá-la descansado com a família...

O Situacionista disse...

Caro Meireles,

Costumo dizer que o difícil não é errar, o difícil é ... saber assumir os erros.

O Meireles, sem surpresa para mim, soube fazê-lo. Com nobreza.

Por isso, da minha parte, assunto (mal entendido) encerrado.

Para si, meu caro, continuação de um FELIZ NATAL !!

meirelesportuense disse...

Caro Situacionista fico muito feliz por ter aceite o meu pedido de desculpas... Se há coisas que me fazem sentir verdadeiramente mal. uma delas é ter a consciência de ter procedido mal com alguém, mesmo que sem ter tido essa intenção...Se tudo está novamente dentro da normalidade então considero isso como uma prenda de Natal...E olhe que sofri a bom sofrer, porque durante estes dois dias o Blogue não me abria as portas e isso piorou em muito as coisas...Um abraço.

O Soldado Azul disse...

Caríssimos,
Fico satisfeito que o mal entendido não tenha no final passado disso mesmo! Não nos podemos esquecer que todos e cada um de nós comenta neste espaço porque temos uma causa em comum e, como tal, é bom que todos nos estendamos e que lutemos contra aqueles que querem denegrir e inferiorizar este nosso muito grande clube!
Continuação a todos de boas Festas!
Saudações