quinta-feira, 30 de novembro de 2006

Bi-campeões do Mundo...

Amigos, consócios e adeptos de coração eternamente azul e branco.

Após mais um período sabático e após ler e analisar os vossos comentários, por vezes divergentes entre si, mas sempre pertinentes, deles retiro, mais uma vez, a conclusão que as diferenças que nos separam apenas nos unem cada vez mais e a emoção com que os temas são debatidos só demonstra de todos os participantes são vibrantes adeptos do maior e mais maravilhoso clube, o nosso FCP!!!

Um clube conhecido, admirado, temido e com adeptos de norte a sul do País e nos 4 cantos do Mundo.

Um clube que nos faz e rir e chorar quando ganha, um clube que nos faz sofrer de tristeza quando algo não corre de feição.

O clube que mais títulos conquistou a nível interno nos últimos TRINTA E CINCO ANOS !!!

O clube português com mais títulos internacionais e mesmo a nível internacional um dos clubes com maior currículo (tantas ligas dos campeões como o Manchester United e o Barcelona, etc...).

Um clube que praticamente sem ovos consegue fazer omoletes... e que omoletes!!!

Um clube que, com tostões, luta e vence clubes de milhões!!!

Por isso, quando leio os vossos argumentos contra e/ou a favor de A ou B, mais não vejo que um imenso amor clubista e uma fervorosa vontade para que tudo corra bem ou possa melhorar ainda mais!!!

Por isso em homenagem a todos vocês, aproveito para partilhar um texto que retirei de uma fonte insuspeita, a Wikipédia, a qual é considerada a maior enciclopédia Online.

Leiam o excerto que infra vos deixo ou cliquem no link (http://pt.wikipedia.org/wiki/Futebol_Clube_do_Porto)... e retirem a vossas conclusões...

Eu por mim apenas refiro que já vivi o suficiente para ver o meu clube ganhar praticamente tudo o que é possível um clube ganhar. E não foi algo me contaram, nem que li em livros, ou a que assisti com imagens a preto e branco.

“Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Futebol Clube do Porto - (FCP) é o clube desportivo português mais representativo da cidade do Porto e do Norte de Portugal, tendo conquistado a hegemonia do futebol português nos últimos 30 anos e sendo, historicamente, o clube português com maior currículo internacional. Em diversos desportos, e essencialmente em futebol, o FCP tem acumulado diversos sucessos. O FCP foi o último vencedor da Taça Intercontinental, competição que deu lugar em 2005 ao Mundial de Clubes. Venceu por duas vezes a Taça/Liga dos Campeões Europeus e diversos campeonatos nacionais.

Foi conquistado um novo «bi» (77/78 e 78/79), com uma grande equipa onde brilhavam António Oliveira, Gomes, Seninho, Duda, Frasco, Costa e tantos outros. Jogadores extraordinários, superiormente orientados por José Maria Pedroto, afectuosamente tratado como o Zé do Boné. Muita da imagem "guerreira" e de nunca virar a cara às dificuldades, que caracterizam o jogador ideal para os adeptos portistas foi moldada por Pedroto, bem como a faceta anti-centralista e directa do clube.

1980-2006

Em 1981, o FC Porto venceria a sua 1ª Supertaça. Uma das principais estrelas do clube nesta fase era Fernando Gomes, que conquistou o título de melhor marcador Europeu, façanha que repetiria em 1986. Foi neste período que Pinto da Costa, foi eleito como presidente do clube, mantendo-se ainda hoje no cargo.

O FC Porto começou igualmente a acumular títulos noutras modalidades, nomeadamente com um «bi» na Taça das Taças de hóquei em patins, tendo ganho a principal competição em 1986. Por essa altura, o clube também crescia como instituição, tendo começado a publicar a revista a cores Dragões, de periodicidade mensal e cariz único: era a única revista em Portugal editada por um clube, e uma das poucas existentes na Europa.

Em 1984 disputa a sua 1.ª final Europeia, perdida em Basileia, frente à Juventus de Itália. Seria em 1987, orientado por Artur Jorge, que o FC Porto iria vencer a sua primeira competição europeia, tendo derrotado o Bayern Munique, na final da então Taça dos Campeões, numa final marcada por um golo de Madjer, ainda referido quando um jogador consegue marcar com o calcanhar. Aqui se iniciou um ciclo importante, com a conquista da Taça Intercontinental frente ao Peñarol de Montevideo, na chamada "Final Branca", com temperaturas negativas e um manto de neve que em algumas partes do relvado chegou ao 20cm, e também da Supertaça Europeia frente ao Ajax de Amesterdão, já sob o comando do Croata Tomislav Ivic.

Em 1997, o FC Porto consegue o seu primeiro «tri» do seu historial. Depois de 2 títulos sob o comando de Bobby Robson, cabe a António Oliveira manter o ritmo vitorioso. Depois do «tri» veio o «tetra». Já sob o comando de Fernando Santos, o FC Porto conquista um quinto título consecutivo. Numa equipa liderada por jogadores como Zahovic e Drulovic, Jardel destacou-se sendo o melhor marcador da Europa em 1999, juntando-se a Fernando Gomes na galeria dos vencedores do importante troféu.

Os dois anos seguintes, foram marcados por derrotas tangenciais no campeonato: perdia o hexacampeonato na época 1999-2000, na última jornada para o Sporting (ver FC Porto versus Sporting CP) e para o Boavista (ver FC Porto versus Boavista FC) na época seguinte, a uma jornada do fim (tendo terminado a um ponto, após derrotar os axadrezados por 4-0 no jogo que encerrou o campeonato). A época seguinte revelou-se, no entanto, desastrosa, e já em Dezembro as hipóteses de revalidar o titulo eram remotas. Com os níveis de contestação a Pinto da Costa, mais altos que nunca e perante a perspectiva de falhar um lugar que desse acesso à Liga dos Campeões, José Mourinho é recrutado à União de Leiria. Do 5.º lugar, o Porto ainda consegue recuperar para o 3.º que lhe deu acesso à Taça UEFA.

Entretanto, em 2001 começou a ser construído um novo estádio, que seria o palco do jogo de abertura do Euro 2004, organizado em Portugal. Já em 2002, o clube inaugurou o seu Centro de Estágio em Vila Nova de Gaia, considerado por muitos um dos mais modernos da Europa.Daí começou uma nova era para os dragões , conquistando títulos importante que encantou o mundo inteiro com um futebol simples e fantástico coma uma equipa construída principalmente por jogadores portugueses que acabou ganhando um certo respeito e trouxe uma nova visibilidade ao futebol português.

Com Mourinho, e uma equipa desenhada por si que incluiu diversos jogadores contratados a equipas como o Vitória Setúbal e o União de Leiria, e após reconquistar o campeonato nacional, o FC Porto venceu a Taça UEFA frente ao Celtic, numa final decidida apenas na segunda parte do prolongamento, em que Derlei marca o 3-2 a escassos minutos do fim e a Taça de Portugal vencendo o União de Leiria, antiga equipa de Mourinho. Posteriormente falhou a conquista da Supertaça Europeia, perdendo ante o campeão europeu (AC Milan) por 0-1.

Em Novembro de 2003, o FC Porto inaugurou o seu novo estádio, o Estádio do Dragão. Apesar da estreia, problemas no relvado ditaram que o estádio das Antas, continuaria a ser utilizado durante os primeiros meses de 2004. No primeiro jogo europeu, o FC Porto recebeu e derrotou o Manchester United por 2-1, na caminhada para o título que terminou com vitória por três golos sem resposta em Gelsenkirschen frente ao AS Mónaco, em que marcaram Carlos Alberto, Deco e Dmitri Alenichev.

Mas a época a seguir à conquista da Liga dos Campeões foi desastrosa devido à saída de José Mourinho e de jogadores influentes como Deco (FC Barcelona), Ricardo Carvalho (Chelsea), Dmitri Alenichev (Spartak de Moscovo) e Paulo Ferreira (Chelsea), a algumas contratações falhadas como Luis Fabiano, Hugo Leal e Areias e uma época com 3 treinadores de estilos diferentes (Luigi Del Neri, Victor Fernandez e José Couceiro), mas no entanto conseguiu terminar a época no 2º lugar e vencer a Supertaça Portuguesa, no estádio Municipal de Coimbra, derrotando os rivais do Benfica por 1-0, golo de Ricardo Quaresma. (ver FC Porto versus SL Benfica)

Como vencedores da Liga dos Campeões, o FC Porto representou a UEFA na Taça Intercontinental, disputada em Dezembro de 2004, no estádio que recebeu a final do Mundial de 2002, em Yokohama, Japão. Frente ao vencedor da Copa Libertadores, o Once Caldas da Colômbia, foi preciso um desempate nas grandes penalidades (8-7) para conquistar o troféu. A boa campanha europeia do ano de 2004 terminou com a perca da Supertaça Europeia pelo segundo ano consecutivo, frente ao Valência, por 2-1, no Stade Louis II, no principado do Mónaco e a chegada aos Oitavos de Final da Liga dos Campeões sendo eliminados pelo Inter de Milão com 1-1 em casa e 3-1 fora.

O ano de 2006, ficou marcado pelo, natural, domínio interno do FC Porto nas grandes modalidades do desporto nacional, obtendo assim diversos títulos, destacando por razões obvias o futebol. Nesta última época (2005/06), o FC Porto sagrou-se campeão nacional e vencedor da Taça de Portugal em futebol, obtendo assim a 5ª Dobradinha da história do clube. Nas modalidades, o FC Porto obteve a dobradinha no hóquei-patins, precisamente num ano em que conquistou o segundo pentacampeonato da história do clube na modalidade, e se sagrou pela 8ª vez vice-campeão europeu; no basquetebol o FC Porto venceu a Taça de Portugal, derrotando na final o Benfica; no andebol venceu a Taça de Portugal, derrotando na final o Sporting; não ignorando o bilhar, o clube também conseguiu arrecadar a dobradinha, sagrando-se campeão nacional e vencedor da Taça de Portugal. O Futebol Clube do Porto é, nos nossos dias o maior símbolo do futebol português, ocupando o 10º lugar no "ranking" histórico dos clubes europeus e, por sua vez, o 19º lugar no Mundo!

Curiosidades

· O FC Porto é o clube português com mais títulos internacionais (6)
· O FC Porto é o clube português com mais
botas de ouro conquistadas (3).
· O FC Porto é o único clube pentacampeão nacional.
· O FC Porto é o clube com mais
Supertaças Nacionais conquistadas.
· O FC Porto já disputou 22 das 28 finais da Supertaça Nacional.
· O FC Porto é o clube português com maior número de títulos no Futebol, contando actualmente 264 títulos oficiais!

· O FC Porto conseguiu, até hoje, fazer a "Dobradinha" por 5 ocasiões (1955/56; 1987/88; 1997/98; 2002/03; 2005/06), ou seja, ser Campeão Nacional e Vencedor da Taça de Portugal, na mesma época.

· O FC Porto já fez o pleno nacional ou arrecadou a "Tripla" por 3 vezes (1997/98; 2002/03; 2005/06), ou seja, ser Campeão Nacional, Vencedor da Taça de Portugal e Vencedor da Supertaça Nacional, na mesma época.

· O FC Porto é o clube português com mais participações na Liga dos Campeões com o formato actual falhando apenas na época 1994-95, e na época 2002-03, quando venceu a Taça UEFA.

· O FC Porto tem um dos 15 melhores registos mundiais de invencibilidade em campeonatos nacionais. Os Portistas estiveram sem perder um encontro entre 22-10-94 e 24-03-96.

· O FC Porto tem um dos melhores registos mundiais de invencibilidade, em casa, a nível das competições internacionais: 29 jogos (1974/75 até 1977/78).

· O FC Porto é o único clube português que conseguiu vencer na mesma temporada o campeonato e a competição Europeia onde esteve envolvido. Ainda por cima, fê-lo em dois anos consecutivos (2003 e 2004).

· O FC Porto contém no seus quadros futebolísticos, uma das maiores referências da história do futebol português e particularmente do FC Porto, Vítor Baía. Actualmente, Baía é o jogador com mais títulos da história do futebol mundial, com 30. Atrás aparecem Pelé e Rijkaard com 25 cada um.

· O FC Porto tem, segundo dados oficiais, cerca de 110 000 sócios pagantes. Sendo assim, é o 6º clube do Mundo com mais sócios pagantes.

· Segundo um estudo da empresa "EuroExpansão",o FC Porto é um dos clubes portugueses com maior número de adeptos, em que cerca de 30% da população portuguesa é adepta ou simpatizannte do clube. No caso particular do Distrito do Porto, aproximadamente 80% da população é adepta do FC Porto.

· O FC Porto é o único clube português que faz parte do Grupo G-14, o grupo dos clubes mais poderosos da Europa.
· Segundo o Ranking Histórico Mundial de Clubes, o Futebol Clube do Porto é considerado, em termos de currículo, o maior clube português, o 10º maior da Europa e o 19º maior do Mundo!

· Tendo em conta um estudo da "FutureBand", uma empresa especializada em consultoria de marcas, o FC Porto é a marca mais valiosa do futebol português. O estudo apresenta as 30 marcas da Europa mais cotadas e Portugal conta apenas com um representante, o FC Porto. O estudo teve em conta factores, como: o valor das marcas, a lealdade dos adeptos, a capacidade de conseguir aumentar a venda de bilhetes para os jogos e o valor financeiro do clube. Neste ranking de marcas europeias, o FC Porto ocupa a 1ª posição em Portugal e a 27ª na Europa.

· No que diz respeito às restantes modalidades:
o O FC Porto é o clube português que junta maior número de títulos no
andebol, hóquei-patins, bilhar, natação e, em ciclismo, é o que já venceu mais Voltas a Portugal (12).

o Tendo em conta, apenas, os designados "3 Grandes", o FC Porto é o clube português que já conquistou mais títulos no hóquei em campo e no voleibol.

o O FC Porto, em duas edições da Liga Nacional de futebol de praia, sagrou-se campeão em 2005 e classificou-se em 3ºlugar em 2006.

o No hóquei em patins, o FC Porto é o clube português com mais títulos internacionais.
o Segundo o ranking mundial de Hóquei em Patins, realizado pelo "Rink-Hockey", o FC Porto é o maior clube português, e o 3º maior clube da Europa (atrás do
FC Barcelona e HC Liceo Corunha) e o 5º maior do Mundo (atrás do FC Barcelona(Esp), HC Liceo Corunha(Esp), CD Estudantil(Arg) e Concención PC(Arg)).

Meus amigos até dá vontade de chorar!!!

Despeço-me com um abraço.

5 comentários:

O Soldado Azul disse...

Penta bem-vindo! Saúdo o regresso desta "veia poética"! Registo o final: "... até dá vontade de chorar!"

Azzulli disse...

Boa Penta!

É realmente fabuloso!

E posts deste tamanho, só o nosso fabuloso FC Porto conseguiria!

Mais nada!!!!
Até dá vontade de chorar!!!

O Situacionista disse...

Penta,

APESAR do teu post ser gigante (superaste-me !!) e de hoje estar particularmente cansado, ainda para mais a esta hora, só te digo uma coisa - se o teu post não tivesse alguns palavras com cor estranha, seria ...ABSOLUTAMENTE PERFEITO !!!

Que testemunho ARREPIANTE !!!

Fanático disse...

Vontade de chorar é pouco, é emociondamente vibrante e esmagador.
Grande Penta, fazes falta na regularidade participativa neste, cada vez mais, fabuloso BLOGUE DOS BI-CAMPEÕES DO MUNDO!!!

Anónimo disse...

Panta!!! És o Penta que eu estou a pensar?

Bem é realmente impressionante o corriculum do nosso clube. A maior parte dos adeptos não fazem ideia do que ele contem. Muitos apenas conhecem os títulos mais famosos e qd se lê algo como isto fica-se com um orgulho do tamanho do mundo e começa-se a ter a real noção de quem é o verdadeiro glorioso em Portugal.

Um abraço.
Ou seja qq resultado server :-)

Mas vou torcer por um empate ou se o Sporting ganhar que seja uma goleada daquelas...

Quanto ao nosso jogo vai ser preciso paciência de todos, jogadores e adeptos. Não vai ser fácil.

Um abraço.
http://portistasdebancada.blogspot.com/