segunda-feira, 15 de maio de 2006

A Selecção

Caríssimos,
 
Pelas razões sobejamente conhecidas, este seleccionador não tem direito sequer a que se formulem opiniões acerca das suas decisões, atitudes e comportamentos! Que ele não gosta do nosso clube, já sabemos! Que o nosso Presidente teve ainda ontem oportunidade de comprovar isso mesmo, também sabemos! Parece-me no entanto que pelo facto de não convocar o Quaresma e afins, não deixamos de gostar de futebol e de sermos ... patriotas! Ou será que o Situacionista, o Fanático, Eterno e demais, todos agueles que criticam o "sargentão" quando começar o Mundial vão deixar de ver a Selecção porque não vão ver jogadores do nosso clube, ou porque o seleccionador é quem é? Com todo o respeito que os ilustres me merecem, não me parece...
Espero, mesmo sem jogadores do nosso clube, que a nossa equipa vá o mais longe possível e vou estar a torcer para que tal aconteça...e, ao contrário do Situacionista e outros potenciais..., a selecção que entrar em campo será a minha selecção, independentemente de considerar se os jogadores em questão devem ser seleccionáveis!
 
Saudações
 
 

1 comentário:

Dragão Lisboeta disse...

Apesar de concordar com todas as críticas em relação à selecção e ao brasileiro energúmeno que a dirige, sou obrigado a concordar com o Soldado Azul. Apesar de tudo é a nossa bandeira que está em jogo, bandeira essa que é mais forte do que qualquer sargentão. E tenho a certeza que qualquer português, por muito descontente que esteja com tudo o que se passou, por momentos irá esquecer-se dessas questões e vibrar com o hino nacional. Por muito que deseje que o brasuca vá-se embora de vez, não quero que seja à custa de nos fazer passar por más figuras. Podem não estar lá todos os jogadores que eu achava que deviam estar, mas não deixam de ser os representantes de Portugal, para o bem ou para o mal.

Saudações