segunda-feira, 22 de maio de 2006

Alguns Assuntos

Diego - Acho muito bem que vá embora! A partir do momento em que o Mister Co informa claramente que não conta com ele (se nem sequer o convoca...) o caminho a seguir é o da saída! Não há nada pior do que ter jogadores desmotivados! São com certeza os primeiros a desestabilizar o balneário... Apenas não posso deixar de concordar com ele sobre a convocatória para o último jogo! Pelos desenvolvimentos ao longo da época (muitos jogos sem ser convocado, com todos os episódios "sui generis" do Pai...), com a permanência do Co sabia-se de antemão que era a despedida. Neste contexto acho que deveria ter jogado no Bessa nem que fosse uns minutos, ainda para mais quando a equipa que entrou em campo nem de longe nem de perto era a habitual titular! Mas ele nem sequer foi convocado...  Sobre o resto da entrevista, afirmar que o Fernandez seria campeão e que chegaria mais longe na Champions..., que o PC critica o Scolari..., mais não é do que adoptar uma atitude revanchista, de quem está ressabiado por ter sido preterido...
 
Selecção - Concordo que se deva criticar o Seleccionador e os seleccionáveis! Era o que faltava se não pudéssemos tecer as nossas criticas! Sobre o escolarinho penso que está tudo dito! É à base do sentimento, é a família...E quem não concorda, leva a resposta! É lastimável o episódio da troca de galhardetes com o Agostinho Oliveira! Tal só é possivel porque temos um Presidente da Federação que permite estas coisas! Deu total carta branca ao escolarinho para fazer o que lhe der na real gana! E nós temos que aturar porque é a Selecção! Intocável! Não sei se é para rir ou para chorar... Por outro lado, caro situacionista, com  todo o respeito que me merece, não me parece que ninguem confunda "o cú com as calças"! A partir do momento em que os jogadores estão convocados, esta é a minha Selecção, independentemente de quem lá esteja! Com certeza vamos todos vibrar no Mundial e não desejamos só porque não convocou o Quaresma (e neste ponto concordo em absoluto com o ausentista quando afirmou que se aceita a sua ausência face aos jogadores que para a mesma função foram convocados...), nem o Baía (sobre este já sabíamos que não iria ser...) que a nossa Selecção não chegue o mais longe possível... Se não puder falar no plural, peço atempadamente as minhas desculpas...No fundo o que critico é a sua posição face ao nosso clube (que me parece no mínimo provocatória) e não tanto específicamente pelos jogadores que não convocou (embora parece-me indubitável que o Baía é claramente por teimosia, caso não se considerem razões alheias, por interposta pessoa (Madaíl), como já se tem ouvido...)
 
Engenheiro do Penta - Não é por ser o futuro treinador do Clube da Vaca que vai deixar de pertencer à história do nosso Clube! Ficará para sempre associado ao Penta! Acredito que como benfiquista que é está nas suas "sete quintas"! Vamos ver se não fica sem elas ao longo da época...:)
 
Saudações 
 

1 comentário:

Mais Azul disse...

DIEGO...

Gostaria de felicitar o Diego pela sua correcção e profissionalismo durante a passagem pelo FC Porto. Sou adepto e sócio do porto, mas também me considero uma pessoa imparcial e suficientemente inteligente para perceber que o Diego teve um comportamento ao qual não existe nada a apontar (e lembro que nem o treinador, nem o presidente o fizeram). Fico com pena que não tenha podido render o que dele se esperava e que ainda espero que venha a render pois sou um grande admirador do seu futebol. Penso que no ano passado o Diego até esteve acima das expectativas, atendendo a que era o ano de adaptação ao futebol europeu. Também tenho noção que o seu rendimento foi prejudicado pela instabilidade que o FCP sofreu na época passada e mesmo no inicio desta época. Lamento profundamente que ele tenha desaparecido dos convocados e se tal se deveu a um critério puramente económico é muito triste.

Quanto ao seu comportamento profissional parece-me que sempre foi inatacável e só depois de saber que o treinador o tinha posto de lado, é que o seu representante e pai falou para os jornais. Antes houve outras saídas esporádicas da equipa titular, mas ele nunca as comentou e sempre trabalhou para voltar a ganhar o lugar, como grande profissional que é. Qualidade técnica não falta ao Diego, atitude profissional também não, por isso será uma questão de tempo até que se afirme numa grande equipa e na selecção brasileira. Pena fico que o F.C. Porto não tenha conseguido contribuir mais para isso, já que para mim o Diego tem lugar em praticamente todas as equipas do mundo. A propósito disso recordo quando o Mourinho pos o Porto a jogar com o que na altura eram considerados 3 números 10 (Deco, Carlos Alberto e Alenitchev), se era grandes jogadores, qualquer equipa precisa deles e o que há a fazer é tentar encaixa-los.

PS: Era mais fácil para o Diego ter saído calado ou simplesmente ter deixado meia dúzia de “bocas” no aeroporto quando estivesse a partir para o Brasil, mas mais uma vez ele optou por o caminho mais correcto, embora não fosse o mais fácil, o que é uma atitude bonita e pouco vista nos jogadores de futebol. Parabéns ao Diego e muitas felicidades.